NFL

Carolina Panthers coloca Kawann Short na injured reserve; veja mais movimentações na NFL

Kawann Short, defensive tackle do Carolina Panthers

O Carolina Panthers colocou o defensive tackle Kawann Short, um de seus principais astros defensivos, na injured reserve nesta terça-feira (1), devido a uma ruptura parcial no manguito rotador.

Short não tem jogado desde que sofreu a lesão na derrota para o Tampa Bay Buccaneers, na semana 2.

O general manager Marty Hurney disse em comunicado que Short vai passar por cirurgia e não retornará nesta temporada.

“KK fez tudo que ele podia para tentar jogar nestes últimos dois jogos, mas nós tomamos a decisão de que é no melhor interesse de longo prazo de KK e o time que ele passe por cirurgia para consertar seu ombro e focar em sua reabilitação e se preparar para a próxima temporada”, declarou o executivo.

Com o afastamento de Short, Vernon Butler deve ter um papel maior no miolo da linha defensiva dos Panthers. O DT, selecionado na primeira rodada do draft de 2016 pelos Panthers, ficou entre os inativos para os primeiros dois jogos da temporada 2019.

Para ocupar a vaga deixada no elenco por Short, os Panthers promoveram o defensive lineman Bryan Cox Jr. do elenco de treinamento (practice squad).

Duas vezes selecionado ao Pro Bowl, Kawann Short soma 32,5 sacks na carreira, além de nove fumbles forçados e seis recuperados, com 275 tackles totais e 12 passes desviados.

Antes desta temporada, na qual ele somou quatro tackles em dois jogos, Short havia perdido apenas dois jogos, ambos em 2018.

Short assinou um contrato de cinco anos, com valor de US$ 80,5 milhões, em 2017 e tem vínculo com a organização da Carolina do Norte até a temporada 2021 da NFL.

Confira mais notícias de lesões e transações nesta terça (1) ao redor da NFL:

– O linebacker Roquan Smith, do Chicago Bears, ficará fora por tempo indeterminado enquanto o time dá ao defensor o tempo que ele precisa para lidar com um problema pessoal, segundo Dan Graziano, da ‘ESPN’.

Smith não estava agindo como ele mesmo nas instalações da equipe durante a semana passada, segundo fontes.

Matt Nagy, head coach dos Bears, repetidamente chamou a situação de Smith de “questão pessoal” sem entrar em maiores detalhes ao ser questionado em 12 oportunidades sobre Smith ter ficado surpreendentemente entre os inativos antes da vitória sobre o Minnesota Vikings, no último domingo.

– As coisas só ficam piores para o Cincinnati Bengals. O wide receiver John Ross deve perder vários jogos depois de sofrer uma lesão no ombro durante a derrota para o Pittsburgh Steelers no último Monday Night Football. A informação foi apurada por Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, nesta terça.

Ross saiu durante o último quarto da derrota por 27 a 3, no MNF que fechou a semana 4, depois de fazer uma recepção para um avanço de 11 jardas. Ele recebeu três bolas para 36 jardas na partida.

Os Bengals também deram uma isenção de elenco ao guard Alex Redmond, após ele cumprir uma suspensão de quatro jogos. A equipe tem uma isenção até segunda e pode ativá-lo a qualquer momento durante este período.

– No Dallas Cowboys, Jerry Jones admitiu que é “improvável” que o left tackle Tyron Smith atue nesta semana contra o Green Bay Packers, mas o proprietário da franquia texana gostou do restante que ele ouviu sobre a lesão no tornozelo do offensive lineman.

“Nós tivemos as melhores notícias que poderíamos receber. Não poderíamos ter pedido por melhores notícias. Ansioso para tê-lo de volta lá rapidamente”, frisou Jones, segundo Jon Machota, do ‘The Athletic’.

Os comentários de Jones condizem com o que Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou na última segunda de que Smith poderia perder uma semana com uma contusão no tornozelo.

– O New York Giants agora oficialmente tem o wide receiver Golden Tate de volta ao elenco, já que o time anunciou nesta terça que ativou Tate após a suspensão de quatro jogos cumprida pelo jogador e o adicionou ao elenco de 53 jogadores.

Também nesta terça, os Giants anunciaram a promoção do linebacker Josiah Tauaefa do elenco de treinamento (practice squad) para o elenco ativo e a dispensa dos wide receivers Bennie Fowler e TJ Jones.

– No Pittsburgh Steelers, o técnico Mike Tomlin disse aos repórteres que o running back James Conner (tornozelo) e o defensive lineman Cam Heyward (quadríceps) vão treinar de forma limitada em algumas das atividades desta semana. Ambos os jogadores se lesionaram durante a vitória por 27 a 3 sobre o Cincinnati Bengals, no Monday Night Football.

O defensive lineman Vince Williams (músculo posterior da coxa), o tight end Vance McDonald (ombro) e o linebacker Anthony Chickillo (pé) têm a chance de jogar nesta semana contra o Baltimore Ravens.

– O Detroit Lions está testando o wide receiver Maurice Harris, segundo o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’. Harris foi dispensado pelo New England Patriots com um acordo de lesão depois de machucar o pé durante o training camp, mas foi recentemente liberado para jogar.

– O Tennessee Titans está testando o wide receiver Quincy Adeboyejo, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– O New England Patriots dispensou o offensive lineman Caleb Benenoch, que não chegou a jogar nenhum jogo com a camisa dos Pats, e o wide receiver Cameron Meredith também foi cortado.

– O Los Angeles Chargers promoveu o tight end Stephen Anderson ao elenco ativo, como anunciou a franquia, e colocou o tight end Sean Culkin na injured reserve, em uma decisão correspondente. A equipe também anunciou as contratações do defensive end Jeff Holland, do defensive back Quenton Meeks e do tight end Matt Sokol para o elenco de treinamento.

– O Baltimore Ravens dispensou o outside linebacker Tim Williams nesta terça, como anunciou a franquia.

– O Arizona Cardinals recontratou o retornador de chutes Pharoh Cooper, que foi um especialista em retornos do Los Angeles Rams em 2017. O time de Glendale também dispensou o defensive lineman Miles Brown e recontratou Darrell Daniels para o elenco de treinamento (practice squad).

– O Washington Redskins dispensou o wide receiver Robert Davis do elenco ativo e o cornerback Adonis Alexander do elenco de treinamento.

————————————————————————————————————————————————————

Você que chegou até aqui merece uma dica de sucesso. 

Quinto Quarto é um associado da Amazon e oferece o Amazon Prime, com frete grátis de produtos Amazon e mais filmes e séries – como o All or Nothing, que acompanha as temporadas de Carolina Panthers, Manchester City e outras equipes. Clique no link, conheça o produto, que custa apenas R$ 9,90 por mês e ajude o Quinto Quarto no processo. Ainda tem um teste grátis para você que é mais pão duro que os integrantes do Quinto Quarto.

Comments
To Top