NFL

Offensive lineman do Houston Texans, David Quessenberry termina quimioterapia

David Quessenberry, offensive lineman do Houston Texans

(Crédito: Twitter/reprodução)

Estamos muito felizes por David Quessenberry.

Lá atrás, em 2014, ele foi diagnosticado com um Linfoma de Hodgkin e, desta então, sua luta contra o câncer começou. E ela foi muito mais intensa do que qualquer confronto contra homens de linha defensiva em sua trajetória como jogador de futebol americano.

E o offensive lineman do Houston Texans saiu vitorioso da batalha, já que terminou a quimioterapia e seu tratamento oficialmente nesta quinta-feira (13).

Para celebrar o objetivo gigante conquistado, ele tocou o sino na parede e até o derrubou (não poderia ser mais emblemático ele ter conseguido isso).

“PS: este sino nunca teve chance”, escreveu Quessenberry no Instagram, ao final de uma mensagem bastante inspiradora.

cancer did NOT make me strong. cancer did NOT make my family strong. cancer did NOT galvanize my community. cancer did NOT bring rival team Head Coaches and players together to support me. cancer did NOT bring people together. cancer did NOT make people travel hundreds of miles to help me and my family in our time of need. cancer did NOT make people pray for me. cancer did NOT bring me my Angel. cancer did NOT make me thankful for my life. cancer did NOT make me a believer that there is more to this world than just our eyes can see. cancer did NOT shape me into the man I am today. Love did. It has Been more than 1000 days since my fight began. Yesterday I received my last infusion of chemo therapy. The things I have seen and the things I felt through my fight I could never forget and last night after a full day at MD Anderson I watched a video that @meeeglit put together for me. It was filled with short clips of the people I hold most dear to me that lasted for more than an hour and every second of It was absolutely incredible. I don’t know what to say to every one other than Thank You, I Love you, and I will never forget you and the kindness and Love you showed me. -DQ “Love backed by Faith is unstoppable” P.S. this bell just like cancer never stood a chance…

Uma publicação compartilhada por David Quessenberry (@davidqberry) em

Quessenberry foi selecionado na sexta rodada do draft de 2013 pelos Texans, com a 176ª escolha geral, e ainda não entrou em campo na NFL em uma partida de temporada regular.

Em setembro de 2013, ele sofreu uma lesão no pé durante um treino e foi colocado na injured reserve, o que encerrou sua temporada de calouro precocemente. E, no ano seguinte, o diagnóstico da doença atrapalhou seus planos de atuar.

Ainda não se sabe se o atleta de 26 anos de idade vai tentar um retorno à National Football League, mas ele ainda segue no elenco dos Texans, depois de passar a temporada passada inteira na lista de lesionados por razões não relacionadas ao futebol americano.

Volte ou não à NFL, David Quessenberry já é um baita vencedor…

Comments
To Top