NFL

Novo estádio do Minnesota Vikings está 95% pronto; veja manchetes do final de semana

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Novo estádio do Minnesota Vikings está 95% pronto: Mortenson Construction, empreiteira responsável pela construção do estádio em Minneapolis, espera entregar o novo espaço concluído no próximo mês de junho. De acordo com uma reportagem do “Star Tribune”, restam apenas US$ 40 milhões em obras.

– Los Angeles Rams irá encontrar Jared Goff e Carson Wentz antes do draft: faltando menos de duas semanas para o grande dia de recrutamento dos novatos da NFL, a franquia recém-chegada a Los Angeles pode estar perto de decidir quem será sua primeira escolha. A franquia, que conseguiu trocar com o Tennessee Titans a 1ª escolha geral no draft, estaria pesquisando os dois quarterbacks.

– Kevin White deve estar totalmente pronto para os treinos do Chicago Bears: lesionado antes da temporada de 2015, o cornerback pode finalmente ter sua estreia jogando pela franquia em 2016. Rich Campbell, do “Chicago Tribune”, apurou que White chegou até a apostar corrida com seu amigo Devon Blake, ex-colega de time em Lackawanna.

– Promotor geral da Pensilvânia irá rever decisão de não prestar queixas contra LeSean McCoy: no último mês de fevereiro, o running back do Buffalo Bills supostamente feriu dois policiais fora do horário de serviço feridos em uma briga de bar e, devido a controvérsia da história, o estado havia decidido não seguir com o processo contra o atleta. Seth Williams, promotor do distrito, havia anunciado no início de abril que havia provas insuficientes para acusar o running back, mas ele pode agora voltar atrás.

– Von Miller, do Denver Broncos, diz que não irá desistir de Johnny Manziel: amigo do ex-quarterback do Cleveland Browns, o linebacker dos Broncos, acredita que a situação de Manziel se assemelha com o que ele mesmo chegou a passar. “Eu me lembro de como foi para mim em uma situação similar, e foram as pessoas à minha volta que me ajudaram a ter motivação para voltar a ser o mesmo Von que eu sempre fui”, desabafou Miller para o “Morning News”.

– Mark Sanchez considera chance no Denver Broncos uma oportunidade embrulhada para presente: quarterback na NFL desde 2009, o atleta foi contratado há cerca de cinco semanas pelo antigo time de Peyton Manning, e não poderia estar mais feliz. Em entrevista ao “The Denver Post”, o quarterback se mostrou verdadeiramente animado com o novo time: “não há nada mais importante na minha vida”.

– Duane Brown, left tackle do Houston Texans, acredita que estará pronto para jogar na primeira semana da temporada regular: meses após passar por uma cirurgia no quadril depois da temporada 2015, Brown disse ao “Houston Chronicle” que está se sentindo muito bem. “Acho que estarei pronto [para jogar] assim que a temporada começar”, contou o left tackle.

– Michael Thomas, safety do Miami Dolphins, está dedicando o tempo livre da offseason para concluir seu MBA: além de trabalhar como representante da Associação de Jogadores da NFL no Havaí e participar de evento na Casa Branca, Thomas está se dedicando a aumentar seu grau de escolaridade. Na Universidade de Miami, o safety conseguiu um diploma de especialização em Negócios e Administração.

– Após a morte de Eugene Parker, ex-agente da NFL, Deion Sanders e Rod Woodson o homenageiam no funeral: “sem Eugene, não sei onde estaria hoje”, disse Woodson, que jogou na NFL de 1987 a 2003. Sanders, graças a Eugene, conseguiu um contrato de US$ 35 milhões com o Dallas Cowboys, o tornado o defensive end mais bem pago da liga. “Ele era o cara”, disse Deion.

– Para Urban Meyer, técnico de Cardale Jones em Ohio State, o quarterback precisará de energia em sua carreira na NFL: próximo de ser draftado, Jones é considerado pelo seu antigo técnico um quarterback excelente, mas seu talento não será suficiente. “Eu acho que ele terá de ter paciência, um grande treinador de quarterbacks terá que confiar nele”, disse Urban Meyer para o “Akron Beacon Journal”.

Comments
To Top