NFL

No Huddle – Trevor Siemian deverá estar no trading block

Trevor Siemian, quarterback do Denver Broncos

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Trevor Siemian, quarterback do Denver Broncos, deverá estar disponível para troca (trading block) nesta offseason. Além disso, de acordo com Ian Rapoport, a franquia do Colorado deverá ser agressiva para mudar a sua sala de quarterbacks. O jornalista ainda informou que o elenco de 2018 deve contar com Paxton Lynch e mais dois signal callers, sendo que Siemian parece não estar nos planos. Kirk Cousins, Case Keenum, AJ McCarron, Teddy Bridgewater e Sam Bradford são opções no mercado.

– Tom Benson, proprietário do New Orleans Saints e New Orleans Pelicans, recentemente foi hospitalizado por causa de sintomas de uma gripo, contudo ele já está em casa descansando.

– Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts, já está fazendo alguns lançamentos e, segundo Ian Rapoport, o jogador de 28 anos está fazendo lançamentos com bolas mais pesadas do que a bola de futebol americano tradicional como parte de sua reabilitação.

– O kicker Sebastian Janikowski fez agradecimento aos torcedores dos Raiders após deixar a franquia da Califórnia depois de 18 anos. Ele declarou que ter sido draftado por Al Davis foi um “sonho se tornando realidade”, acrescentando que essa foi sua “grande oportunidade” para alcançar o “grande sonho americano”.

– O defensive tackle Alan Branch declarou que “amo jogar futebol americano. Enquanto continuarem me pagando, vou continuar a fazer isso”. No entanto, ele ainda não sabe se será pelo New England Patriots ou não, já que o time da família Kraft tem que pagar bônus de US$ 1 milhão por estar no elenco no primeiro dia do novo ano da liga em 14 de março caso ele esteja no elenco. E isso significaria estar pronto para aceitar pagar os US$ 1,7 milhões em salário base, mais bônus significativos por desempenho.

– Elana Meyers Taylor está defendendo os Estados Unidos no bobslead nos Jogos Olímpicos de Inverno. Apesar disso, ele tem raízes no futebol americano, seu pai Eddie Meyers, defendeu os Falcons e Navy como running back.

Comments
To Top