NFL

No Huddle – Houston Texans entrevista Martin Mayhew para vaga de general manager

Martin Mayhew, executivo da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Houston Texans segue ativamente em sua busca por um novo general manager, depois de demitir Brian Gaine de forma surpreendente na última sexta. E o time está entrevistando Martin Mayhew, vice-presidente de administração de elenco do San Francisco 49ers, como apurou Peter Schrager, do Good Morning Football, programa da ‘NFL Network’.

Ex-general manager do Detroit Lions, Mayhew trabalhou nos Niners nas últimas duas temporadas. Os Lions somaram 41 vitórias e 79 derrotas, indo aos playoffs em duas oportunidades, durante as pouco mais de sete temporadas dele no cargo.

Mayhew é o segundo candidato confirmado a ser entrevistado para a vaga de GM dos Texans, já que Ray Farmer, ex-GM do Cleveland Browns, conversou com a franquia no último sábado.

Os Texans também devem pedir para entrevistar Nick Caserio, diretor de administração de jogadores do New England Patriots, mas a equipe de Foxborough primeiro teria que dar autorização.

– DeAndre Hopkins, wide receiver do Houston Texans, revelou em entrevista a John McClain, do ‘The Houston Chronicle’, neste final de semana que ele não estava lidando apenas com lesões no pé, no tornozelo, no músculo posterior da coxa e no polegar que foram listadas no relatório de lesões durante a temporada 2018. Além disso, ele sofreu uma contusão no ombro na última semana do campeonato.

“O ano passado foi duro, não apenas fisicamente, mas mentalmente. Foi o ano em que estive mais baleado jogando futebol americano”, falou. “Eu estava lidando com lesões graves que muitas pessoas não teriam conseguido. Mas tínhamos um bom time que dependia de mim, e eu nunca pensei em não jogar, a menos que os médicos me dissessem que eu não podia”, completou.

– O wide receiver A.J. Green está entrando no último ano de contrato em sua nona temporada no Cincinnati Bengals. E o jogador reiterou seu desejo de permanecer na franquia de Ohio.

“Cincinnati é lar para mim. Aqui é casa tanto quanto a Carolina do Sul. Tudo o que conheço é Cincinnati”, falou Green aos repórteres na última sexta, em seu camp de futebol americano para jovens, segundo a ‘Fox 19’. “Eu não consigo me ver jogando em outro lugar ou jogando em outra cidade. Espero que eu possa estar aqui por mais alguns anos. Vamos ver essa parte”, completou.

– O quarterback Cam Newton, que passou por cirurgia no ombro nesta offseason, deve lançar bolas em todas as atividades de quarterbacks quando a equipe abrir seu minicamp nesta terça-feira (11). O anúncio foi feito pela franquia da Carolina do Norte neste final de semana.

“Isso tudo faz parte do processo de reabilitação”, disse Ryan Vermillion, preparador físico dos Panthers, segundo o site oficial da organização. “Cam tem trabalhado arduamente nesta offseason com sua reabilitação e preparação. Ele vai continuar o programa de lançamento terça-feira e vamos avançá-lo enquanto monitoramos o progresso dele. Ele alcançou todos os objetivos que definimos para ele até agora em preparação para isto”, completou.

– O wide receiver Albert Wilson, do Miami Dolphins, está se aproximando de um retorno aos gramados depois de oito meses afastado do futebol americano, devido a uma lesão grave no quadril sofrida na semana 7 da temporada passada. Ele foi colocado na injured reserve na ocasião e não treinou desde então.

O próprio recebedor disse aos repórteres na última sexta que pretende estar pronto para o início da temporada 2019. “Não há razão pela qual eu não deva estar lá na semana 1”, falou o wideout, segundo o jornal ‘Miami Herald’.

– O Washington Redskins abriu seu minicamp na última terça e sem a presença do left tackle Trent Williams, que deseja um novo contrato com o time. E Bruce Allen, presidente da organização, acrescentou ainda mais mistério à situação no final desta última semana.

“Eu sei o que Trent me disse, então eu sei qual é a verdade. Eu vou deixar minha conversa com Trent entre nós dois”, falou Allen na última sexta, segundo a ‘NBC Sports Washington’.

– Enquanto a centésima temporada da National Football League se aproxima, o Chicago Bears também celebrou seu 100º aniversário neste final de semana. E, ao término das festividades da noite da última sexta, a franquia de Illinois revelou sua nova camisa clássica, que será utilizada no Soldier Field durante dois jogos em casa (no dia 29 de setembro contra o Minnesota Vikings e no dia 5 de dezembro contra o Dallas Cowboys).

A vestimenta é inspirada no uniforme dos Bears de 1936.

– O quarterback Johnny Manziel, atualmente sem time, expressou interesse em jogar pelo novo time de Houston da XFL, liga que deverá entrar em atividade em fevereiro de 2020.

“É a poucos passos da College Station. Um monte de Aggies dirigiam de Houston para College Station. Houston é uma grande cidade que sempre estará perto e sempre será querida para mim”, falou.

Comments
To Top