NFL

No Huddle – Texans doam US$ 1 milão para cidade de Houston

Houston Texans - cartaz para ajudar vítimas do Furacão Harvey

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Houston Texans e o proprietário Bob McNair estão doando US$ 1 milhão à United Way of Greater Houston, fundo destinado a ajuda à cidade depois das inundações causadas pelo furacão Harvey nesta semana. Além disso, a NFL Foundation está doando outros US$ 1 milhão, assim como Robert Kraft, dono do New England Patriots, está igualando o valor em doação a American Red Cross.

Além disso, J.J. Watt, defensive end do Houston Texans, defendeu que a renda da partida de pré-temporada entre a equipe comandada por Bill O’Brien e o Dallas Cowboys seja revertida para os fundos de ajuda aos residentes de Houston afetados pelas inundações. Watt, que iniciou uma campanha online para arrecadar fundos, ainda viu sua meta de US$ 200 mil já ser batida (está em US$ 500 mil) e, com isso, ele aumentou a meta para US$ 1 milhão. Um dos maiores colaboradores foi Chris Paul, armador do Houston Rockets, com US$ 50 mil.

Quem também vai ajudar é o Dallas Cowboys. A equipe texana realizará um Teleton para angariar doações para as vítimas. A equipe de Jerry Jones já ajudou também cedendo suas instalações de treino para os Texans.

– Mike Evans, wide receiver do Tampa Bay Buccaneers, já sofreu com desastres naturais em Houston (furacão Katrina) e lamentou o que está acontecendo em Houston. “Houston está em um momento difícil. As pessoas estão sem energia. As casas alagadas, carros alagados, elas não podem ir para nenhum lugar. É um momento trágico agora”.

– A.J. Bouye, cornerback do Jacksonville Jaguars, começou sua carreira nos Texans e se solidarizou com Houston. “Eu rezo por eles. Eu vi fotos e tudo mais. Sei que está muito ruim. Conversei com meus ex-compenheiros de equipe e espero que todos estejam bem”.

– Adolphus Washington, defensive lineman do Buffalo Bills, foi considerado não culpado da acusação de um delito de transportar indevidamente uma arma de fogo escondida por um tribunal em Cincinnati, nesta segunda-feira.

– O Denver Broncos perdeu o quarterback Paxton Lynch para as primeiras partidas da temporada e o head coach Vance Joseph não descartou a contratação de Colin Kaepernick. “Todas as opções serão consideradas”, disse o treinador ao ser perguntado sobre a possibilidade do time do Colorado assinar com o ex-jogador dos Niners.

– O Cleveland Browns teve diversos quarterbacks nos últimos anos e o calouro DeShone Kizer, que será o titular, quer acabar com essa história. “Você vê essa lista crescendo e crescendo e você ouve as pessoas falando, então entrando nesta lista, espera acabar com isso”.

– Com o running back Spencer Ware fora da temporada, o Kansas CIty Chiefs irá apostar suas fichas no calouro Kareem Hunt, que se disse preparado. “Isso significa tudo. Significa que (o head coach Andy Reid) confia e acredita em mim. Estou animado para assumir um papel tão importante e estou pronto para o desafio”.

– Vontaze Burfict, linebacker do Cincinnati Bengals, foi suspenso por pancada ilegal em Anthony Sherman, fullback do Kansas Cty Chiefs, e declarou que espera que a punição seja reduzida após a apelação. “Estou cruzando os dedos e esperando o melhor. Só tive uma pancada ilegal no ano passado. Nós acreditamos que essa foi uma pancada legal. Eu acertei ele no ombro”.

– O calouro Nathan Peterman é o único quarterback saudável no elenco do Buffalo Bills e falou como está a sala dos signal callers agora. “Definitivamente está diferente, parece uma pequena cidade fantasma. Perdi Tyrod Taylor e T.J. Yates. Espero que eles voltem rapidamente”.

– Eric Reid, safety do Kansas City Chiefs, foi questionado sobre qual o objetivo dos protestos durante o hino nacional e sua resposta foi clara: “mudança. Mudar a opressão que acontece nesse país”.

– O safety Harrison Smith classificou o desempenho defensivo do Minnesota Vikings contra o San Francisco 49ers como “terrível”. “Nós acordamos após sermos atingidos na boca algumas vezes. Você não pode começar (a partida) assim”.

– Com a temporada chegando, Jay Cutler, quarterback do Miami Dolphins, falou como está se sentindo. “Mentalmente eu me sinto muito bem. Fisicamente eu me sinto muito bem. Acho que os próximos dias, recebendo mais repetições (será importante)”.

– Bobby Wagner, linebacker do Seattle Seahawks, acredita que o safety Earl Thomas voltou melhor da lesão que ele sofreu na última temporada. “Eu acho que na semana passada ele voltou ainda mais forte do que ele era, o que é assustador”.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top