NFL

No Huddle – Terrell Suggs: derrota para os Bengals foi uma das mais devastadoras

Terrell Suggs, linebacker do Baltimore Ravens

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Baltimore Ravens perdeu a chance de disputar os playoffs ao perder para o Cincinnati Bengals e o pass rusher Terrell Suggs falou sobre o jogo da semana 17. “Foi como um pesadelo. Em 15 anos como jogador dos Ravens, eu diria que essa foi uma das mais devastadores. Eu vou lembrar dessa (derrota) para sempre”, disse Suggs.

– O defensive end Michael Bennett não tem certeza se o Seattle Seahawks irá trazê-lo de volta para a temporada de 2018. “Eu provavelmente não voltarei no próximo ano”, disse ele ao ‘Tacoma News Tribune’. “Apenas parece que é um esporte para jovens. Eu posso ver eles rejuvenescendo, com jogadores mais jovens. Faz parte do jogo”.

– O linebacker James Harrison comentou sua estreia pelo New England Patriots. “É como começar tudo de novo. É como começar seu ano de calouro. Novo game plan. Você precisa pegar as coisas. Quando você é calouro, você tem as OTAs e minicamp. Eu tive quatro ou cinco dias para me preparar”.

– O head coach Dirk Koetter admitiu que os proprietários do Tampa Bay Buccaneers não tiveram uma decisão fácil ao mantê-lo no cardo. “Foi preciso muita coragem para a família Glazer me trazer de volta e trazer o staff de volta com essa campanha (5-11), mas é algo que eu aprecio. Vamos começar o processo de avaliação amanhã. O pessoal vai sair de férias e começaremos a trabalhar em 2018”.

Além disso, Koetter afirmou que ele não irá abrir mão da função de chamar as jogadas. Ele também disse que não há definições sobre a comissão técnica apesar de ele esperar o retorno de Mike Smith como coordenador defensivo e Todd Monken como coordenador ofensivo.

– Kenyan Drake, running back do Miami Dolphins, jogou o seu capacete após briga na partida do domingo e comentou sua atitude. “Isso foi definitivamente estúpido de minha parte. Ainda tínhamos a chance de vencer o jogo. Eu deixei a situação levar a melhor sobre mim”, disse o jogador de 23 anos que foi expulso.

– O wide receiver Mike Wallace não sabe se voltará para o Baltimore Ravens, mas sabe que seu objetivo na free agency é encontrar uma equipe para ganhar o Super Bowl. “Eu ganhei muito dinheiro… (mas) isso não é o mais importante para mim. Eu quero ganhar. Isso vai ser a chave para mim: me colocar na melhor situação para que eu possa ganhar o Super Bowl”.

– O tight end Eric Ebron não sabe o que o futuro lhe reserva em relação do Detroit Lions, que aceitou sua opção para uma quinta temporada no contrato de calouro. “Eu não sei. Eu honestamente não sei (sobre o meu futuro). Eu gostaria de ter uma melhor compreensão (sobre meu futuro), mas não sei”.

– Cameron Meredith, wide receiver do Chicago Bears, ainda está se recuperando de grave lesão no joelho que sofreu na offseason, mas ele confirmou que estará de volta aos gramados no training camp.

Comments
To Top