NFL

No Huddle – T.Y. Hilton culpa linha ofensiva por problemas no ataque

T.Y. Hilton, wide receiver do Indianapolis Colts

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Indianapolis Colts viu seu quarterback levar dez sacks na derrota para o Jacksonville Jaguars por 27 a 0 neste domingo. Para o wide receiver T.Y. Hilton, a linha ofensiva é um dos motivos do ataque da equipe de Chuck Pagano estar sofrendo. “Nós estávamos ganhando nossos duelos. A linha ofensiva precisa jogar melhor”, disse ele ao ser questionado sobre a dificuldade de se achar um ritmo de jogo.

T.Y. Hilton, que só fez duas recepções para 27 jardas, também foi perguntado sobre o que os wideouts poderiam fazer para ajudar o quarterback Jacoby Brissett. “Nada pode ser mudado. Temos que ter orgulho na frente e bloquear. Temos que começar lá na frente. Uma vez que a linha ofensiva funcionar e retomarmos o ritmo, estaremos bem”.

– A vida não está fácil nos Browns. Na noite anterior à derrota para o Houston Texans na semana 6, a franquia de Ohio mandou os wide receivers Kenny Britt e Corey Coleman para Cleveland após eles perderem o toque de recolher. A decisão foi tomada apesar da carência da equipe na posição e ambos perderam o jogo do último domingo. Desde então, Britt e Coleman conversaram com a equipe e com os treinadores para se desculparem.

– A discussão sobre os protestos dos jogadores da NFL durante o hino nacional atrasou a extensão contratual do comissário Roger Goodell. De acordo com fontes, sem os problemas o acordo poderia ter sido concretizado na reunião dos proprietários da semana passada. Apesar disso, ainda se espera que Goodell ganha sua renovação.

– Depois de não ter conseguido atingir a end zone na primeira metade da partida deste domingo, o Seattle Seahawks passou por turbulências na sideline. O wide receiver Doug Baldwin empurrou o treinador de linha ofensiva Tom Cable.

 

– DeShone Kizer, quarterback do Cleveland Browns que foi colocado no banco mais uma vez na temporada, foi flagrado em um bar na madrugada de sexta para sábado, o que não deixou o head coach Hue Jackson feliz. Ao ser questionado sobre o assunto, o calouro disse: “Eu estava saindo. Eu estava na instalação (da equipe) no dia seguinte. Não vou falar sobre minha vida pessoal”.

– Os proprietários e os jogadores da National Football League irão se encontrar para falar sobre as questões sociais na terça-feira, dia 31 de outubro, dando continuidade às conversas da última semana. Colon Kaepernick não deverá comparecer ao encontro.

– De acordo com fontes, Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys, apareceu como a única voz entre os donos da NFL a ser contra os protestos durante o hino na reunião dos proprietários na última terça-feira, que foi voltada para debater as questões sociais que preocupam os jogadores.

– Vic Beasley Jr. e Mohamed Sanu, jogadores do Atlanta Falcons continuam defendendo a causa do câncer infantil. Após jantar beneficente, o primeiro anunciou doação de US$ 10 mil. Já o segundo utilizará uma chuteira especial para a conscientização sobre a doença.

– LaDainian Tomlinson, Steve Smith, Sr. e Maurice Jones-Drew foram homenageados em suas faculdades. Os três entrara para o Hall da Fama das universidades que cursaram quando jogavam no college.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top