NFL

No Huddle – Seattle Seahawks está recebendo ligações por Frank Clark

Frank Clark, defensive end do Seattle Seahawks

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Com a aproximação do draft de 2019, os rumores de troca começam a esquentar e, a três dias da primeira rodada, o principal nome no mercado é o defensive end Frank Clark, do Seattle Seahawks, que recebeu a franchise tag da equipe nesta offseason.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou nesta segunda (22) no programa Good Morning Football que os Seahawks vêm conversando com vários times sobre uma possível troca envolvendo Clark. Entre os prováveis interessados estão Indianapolis Colts, Kansas City Chiefs e New York Jets.

É possível que uma troca envolvendo Clark saia e tem sido noticiado que os Seahawks estão buscando pelo menos uma escolha de primeira rodada do draft para ceder o pass rusher. Na semana passada, o general manager John Schneider deixou claro que estava disposto a ouvir propostas por Clark.

Nesta segunda, Schneider afirmou aos repórteres que seria “viável, mas muito desafiador” para os Seahawks manter Clark, o linebacker Bobby Wagner, um All-Pro, e o defensive tackle Jarran Reed no longo prazo.

– O ex-quarterback Donovan McNabb esclareceu seus comentários sobre Carson Wentz, um dia depois de o offensive tackle Lane Johnson, dos Eagles, criticar o ex-atleta do time por questionar o futuro do atual signal caller na organização.

“Para vocês que interpretaram mal, não entenderam, ficaram confusos ou simplesmente não gostaram dos meus comentários, deixe-me esclarecer para vocês. Deixe-me começar dizendo que não há briga ou má vontade em relação a Carson Wentz ou os Eagles. Meus comentários foram estritamente baseados na experiência e entendimento”, escreveu McNabb em uma série de tweets. “De como funciona o negócio do futebol americano. Você é consistentemente avaliado todos os dias, todos os jogos e se você é confiável e/ou saudável para jogar. Sei que, às vezes, para jogadores e fãs pode ser confuso se livrar de um jogador amado, mas devido ao negócio da saúde”, completou.

Os comentários de McNabb foram feitos no final de semana, quando o ex-QB disse que os Eagles deveriam considerar draftar outro quarterback caso Wentz não consiga levar o time além da segunda rodada dos playoffs nas próximas duas temporadas.

Isso levou a uma reação de Johnson via Twitter no último domingo: “Donovan McNabb (cobras)… e você se pergunta por que ninguém te respeita quando você volta”.

– Depois de assinar uma mega extensão de contrato de quatro anos, US$ 140 milhões, com o Seattle Seahawks, o quarterback Russell Wilson presenteou sua linha ofensiva com US$ 12 mil em ações da Amazon. A informação foi dada em primeira mão pelo ‘TMZ Sports’.

Em uma carta enviada a todos os 13 homens da linha ofensiva que protege Wilson, o jogador mais bem pago da NFL expressou sua gratidão.

“Vocês sacrificam seu bem-estar físico e mental para me proteger, o que em contrapartida permite que eu sustente e cuide da minha família. Isso não passa despercebido e nunca é esquecido”, escreveu Wilson, observando que ele desejava dar aos seus offensive linemen algo para impactar na vida de suas famílias no longo prazo. “Vocês investiram na minha vida, este é o meu investimento na de vocês”, completou.

– O técnico Doug Marrone, do Jacksonville Jaguars, afirmou nesta segunda que ele finalmente conversou com o cornerback Jalen Ramsey, um dos principais astros do seu time, que vem se mantendo afastado dos treinamentos voluntários de offseason para ficar mais tempo com a família. E, aparentemente, o head coach aparou as arestas, depois de entrar em contato com Ramsey na semana passada e não ter sucesso. Acabou que Marrone estava com o número errado de celular do defensive back.

“Tive uma ótima conversa. Ele está treinando com seu irmão. Está em Nashville. Ele está passando tempo com sua família. Ele disse que vai voltar na melhor forma física em que já esteve, e está todo animado. Essa foi basicamente a conversa. Foi uma boa conversa. Eu estava preocupado, obviamente, porque estava mandando mensagens de texto para um número que eu achava que era dele e ele não estava retornando”, frisou Marrone.

– Kelly Stafford, esposa de Matthew Stafford, quarterback do Detroit Lions, anunciou neste último domingo que ela já está em casa depois de passar por uma cirurgia para remover um tumor no cérebro mais cedo nesta semana. Stafford disse que ela foi diagnosticada com um neuroma acústico no início deste ano, depois de lidar com vertigens em janeiro. Exames revelaram o tumor e ela anunciou o diagnóstico no começo de abril.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

This Easter is the beginning of a new life for me. I wanna take a second to thank all of you for all the prayers. They have worked. I know they have. When they opened me up, I had an abnormal vein.. maybe abnormal for other neurosurgeons, but not the one We chose. He had seen it before and written a paper on it. That’s truly God’s work. The prayers for my family, I’m beyond thankful for. A six hour surgery went to 12 hours and although they were anxious and scared, your prayers got them through. Thank you. Thank you so much. Now I am home and learning my new norm. It’ll take some time, but I really just wanted to say thank you. Thank you for all your support, thoughts and prayers. It means more than y’all will ever know. #cupscrew

Uma publicação compartilhada por Kelly Stafford (@kbstafford89) em

– O quarterback Dwayne Haskins, de Ohio State, que está sendo cotado para ser selecionado na primeira rodada do draft de 2019, completou suas visitas pré-draft e parece ter ficado impressionado com o Washington Redskins, que possui a 15ª escolha geral.

“Há, definitivamente, alguma coisa lá. Eu sinto que há um ótimo relacionamento com os Redskins. Meu mentor Shawn Springs jogou pelos Redskins. Grande relacionamento com o (proprietário) Sr. (Daniel) Snyder e o resto dos proprietários dos Redskins. Qualquer que seja o time que me escolher, eu estarei animado para fazer parte, mas definitivamente há algo aqui em D.C.”, afirmou Haskins nesta segunda, no programa Up to the Minute, da ‘NFL Network’.

– O Arizona Cardinals, detentor da primeira escolha geral do draft de 2019, está se preparando para fazer sua escolha. Mas ainda restam dúvidas. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou que o comando dos Cards – o general manager Steve Keim, o técnico Kliff Kingsbury e o proprietário Michael Bidwill – fará uma reunião final nos próximos dias para debater as opções da franquia para a primeira escolha. Rapoport acrescentou que a organização de Glendale recebeu ligações recentes de times querendo acertar uma troca para subir à primeira posição.

– O defensive tackle Jerry Tillery, de Notre Dame, que passou por cirurgia no ombro no começo de março, é uma incógnita dias antes do draft de 2019. O jovem atleta recentemente se consultou com um grande especialista em ombro, o Dr. Peter Millett, no Colorado, e foi determinado com o defensive lineman está adiantado no processo de reabilitação e que ele deve estar pronto para participar de todas as atividades no começo de julho. A informação foi apurada por Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

O draft deste ano está recheado de talentos defensivos, sobretudo na DL, mas Tillery ainda é considerado um dos principais prospectos de sua posição.

 

Comments
To Top