NFL

No Huddle – Sean Payton renova com os Saints por cinco anos

Sean Payton, técnico do New Orleans Saints

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O técnico Sean Payton fechou uma extensão de contrato de cinco anos com o New Orleans Saints, como anunciou a equipe neste domingo. E isso faz com que uma das parcerias mais bem-sucedidas de um técnico na NFL continue pela segunda década.

Apenas Bill Belichick, do New England Patriots, está há mais tempo com seu time do que Payton. O head coach dos Saints foi contratado em 2006 e tem um retrospecto de 119 vitórias e 74 derrotas em jogos de temporada regular chegando para o jogo deste domingo contra o Los Angeles Rams.

Nos playoffs, Payton soma oito vitórias e seis derrotas, incluindo o título do Super Bowl XLIV, na temporada 2009.

Sean Payton e New Orleans Saints chegaram a ter um pequeno estremecimento na relação com três campanhas 7-9 entre 2014 e 2016, mas o head coach então expressou sem compromisso com o time em janeiro de 2016 e renovou seu contrato logo depois. Desde então, os Saints conquistaram títulos da divisão NFC South em 2017 e 2018.

O time chegou a 13-3 no ano passado e só não foi ao Super Bowl devido à derrota controversa na final da NFC contra os Rams.

– O running back Adrian Peterson, do Washington Redskins, subiu à quinta posição da história da National Football League em touchdowns corridos depois de anotar um TD de uma jarda anotada no segundo quarto da derrota para o Dallas Cowboys, neste domingo. Com o TD, ele desempatou com Jim Brown.

Foi o 107º touchdown corrido da carreira de AP. E foi um dos únicos grandes momentos de Peterson no jogo, já que ele somou apenas 25 jardas em 10 carregadas durante a derrota por 31 a 21.

O próximo na lista é Walter Payton, com 110 touchdowns terrestres na carreira.

– O wide receiver Antonio Brown, do New England Patriots, se recusou a assinar um acordo de mais de US$ 2 milhões para encerrar uma acusação de agressão sexual feita pela ex-treinadora do recebedor. A informação foi apurada por Jeff Darlington, da ‘ESPN’ norte-americana.

Brown tinha um prazo até o domingo, dia 8, à noite para assinar o acordo antes que os advogados de Britney Taylor entraram com uma ação civil contra o atleta. Como A.B. não assinou o acordo, a ação foi apresentada na última terça.

– Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys, caracterizou uma extensão de contrato com o quarterback Dak Prescott como iminente após a vitória do time na semana 1 contra o New York Giants. Mas, até agora, nada.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou que o tempo de acordo de uma potencial extensão pode ser o problema nas negociações entre os Cowboys e seu franchise QB. Assim, as conversas parecem ter esfriado.

– O quarterback Lamar Jackson, do Baltimore Ravens, estabeleceu uma nova marca para QBs que ameaçam tanto com os braços quanto com as pernas. Neste domingo, durante a vitória por 23 a 17 sobre o Arizona Cardinals, o camisa 8 produziu a maior quantidade de jardas corridas (120) por um jogador que também lançou para mais de 250 jardas no mesmo jogo, segundo o ESPN Stats & Information.

Comments
To Top