NFL

No Huddle – Ryan Shazier ainda sonha com o Hall da Fama

Ryan Shazier, linebacker do Pittsburgh Steelers

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Ryan Shazier, linebacker do Pittsburgh Steelers, sofreu uma grave lesão na coluna vertebral há menos de dois anos e, desde então, nunca mais atuou em uma partida da National Football League. Mas o defensor não desistiu da sua meta de retornar aos campos.

E o camisa 50 não apenas quer voltar a jogar em alto nível como tem uma meta ambiciosa.

“Eu ainda quero entrar para o Hall da Fama, ainda quero ser o melhor linebacker da NFL”, declarou Shazier, segundo o ‘South Florida Sun Sentinel’. “Eu não estou desistindo dos meus objetivos, e os médicos disseram para eu não desistir dos meus objetivos, então não há problema de fazer isso. Eu simplesmente vou continuar a trabalhar e, tomara, eu poderia voltar o mais rapidamente possível”, completou.

Desde a contusão grave, Shazier tem demonstrado um progresso imenso na reabilitação e, em abril, ele chegou a dar um belo salto em caixas para mostrar que está voltando à velha forma. Mas um retorno efetivo à NFL ainda não parece tão próximo

Por enquanto, Shazier vai passar sua segunda temporada consecutiva na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) dos Steelers e continuar com sua recuperação. E ele vai ajudar a comissão técnica do time e trabalhar com os linebackers do elenco da equipe.

– Tom Brady pode ter 41 anos de idade, mas ele ainda tem um braço invejável. O quarterback do New England Patriots publicou na última quinta, em seu Instagram, uma foto da tela de um radar móvel com a velocidade de 61 mph (pouco mais de 98 km/h). Presumivelmente, é a velocidade de um de seus lançamentos.

A legenda de Brady, que diz “ele vai cair de um penhasco”, acompanhada de uma bola de futebol americano e emojis enigmáticos indicam que Brady leva em conta algumas críticas que ouve. E, novamente, o camisa 12 certamente vai utilizar tudo como combustível motivacional.

Em uma curiosidade aleatória, a velocidade de 61 mph no lançamento de Brady o deixaria em segundo nas velocidades de passe registradas no NFL Scouting Combine desde 2008, atrás apenas das 62 mph registradas por Josh Allen.

– Ken Behring, ex-proprietário do Seattle Seahawks, morreu na última terça aos 91 anos de idade, como anunciou a franquia nesta sexta.

“Nós estamos tristes pela perda do ex-proprietário dos Seahawks Ken Behring. Nós mandamos nossas condolências do fundo do coração para a família e amigos do Sr. Behring”, afirmou a organização, em nota oficial.

Behring foi proprietário do Seattle Seahawks de 1988 a 1997, tendo comprado o time, juntamente com o parceiro Ken Hofmann, da família Nordstrom, que era o grupo fundador da franquia.

Durante a passagem de Behring como dono do time, os Seahawks somaram 61 vitórias e 83 derrotas, indo aos playoffs em apenas uma oportunidade.

– O quarterback Eli Manning, do New York Giants, não se mostrou afetado pelas palavras do técnico Pat Shurmur, que afirmou antes das férias de meio de ano que haveria uma disputa entre Manning e o calouro Daniel Jones pelo posto de titular para a temporada 2019.

Durante a Manning Passing Academy, Eli disse a Rhett Lewis, da ‘NFL Network’, que não acredita que está lutando com Jones para manter seu emprego.

“Eu quero dizer, não, não sinto que é uma competição. Eu sinto que tenho que fazer meu trabalho e tenho que competir todos os dias e tentar melhorar todos os dias. É dessa maneira que tem sido durante toda a minha vida e essa é simplesmente a maneira como eu sempre encarei os treinos todos os dias para melhorar, para conquistar meu espaço no time, para conquistar o respeito dos meus companheiros de equipe e fazer isso a cada ano”, declarou Eli Manning, em uma entrevista que vai ao ar no programa Total Access, da ‘NFL Network’.

– O running back Lamar Miller, do Houston Texans, deixou claro que pretende ajudar mais no jogo de passe.

“Quando você agarra a bola, eu só acho que você faz um cara errar ou perder os tackles. Acho que é um fator importante. Nesta offseason, essa é uma das coisas em que estou trabalhando, apenas executando rotas saindo do backfield”, falou Miller, segundo o ‘Houston Chronicle’. “Eu sinto que isso é algo que eu posso ajudar este time a fazer. Então, indo para o training camp, eu vou trabalhar na minha rota e na minha velocidade, como sempre, para tentar fazer grandes jogadas e tentar encontrar uma maneira de vencer”, completou.

– O defensive tackle David Onyemata, do New Orleans Saints, foi suspenso pelo primeiro jogo da temporada 2019, como anunciou a NFL nesta sexta, e será desfalque da franquia da Louisiana contra o Houston Texans, no dia 9 de setembro.

Ele foi suspenso sob a política de abuso de substâncias da liga. Vale lembrar que ele foi pego por posse de maconha em fevereiro.

– O offensive lineman Aaron Neary, do Los Angeles Rams, foi suspenso pelos primeiros quatro jogos da temporada 2019 devido a uma violação da política e programa de abuso de substâncias da NFL. A punição foi confirmada nesta sexta pela liga.

Comments
To Top