NFL

No Huddle – Andy Reid vê vantagem com Patrick Mahomes caso nova regra seja aprovada

Patrick Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, e o técnico Andy Reid

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O técnico Andy Reid, do Kansas City Chiefs, não se mostrou claramente um fã da proposta de regra que permitiria que os times mantivessem a posse de bola após uma pontuação ao converterem uma quarta para 15 jardas (como alternativa ao onside kick). Entretanto, o head coach da franquia do Missouri acredita que o quarterback Patrick Mahomes pode ser um trunfo para seu time ter sucesso neste tipo de lance caso a mudança seja aprovada.

“Temos um cara que pode fazer quartas para 15. Ele nos daria a oportunidade de fazer isso”, declarou Reid nesta sexta-feira (22).

Sob a proposta de regra, apresentada pelo Philadelphia Eagles, um time teria a opção de fazer uma jogada ofensiva a partir da sua linha de 25 jardas, em vez de chutar a bola. A equipe precisaria ganhar pelo menos 15 jardas para manter a posse.

Os proprietários de times vão votar na proposta de regra em uma teleconferência no dia 28 de maio.

Apesar de reconhecer que Mahomes pode dar uma vantagem aos Chiefs neste tipo de lance, Reid admitiu ter certas incertezas em relação à regra, deixando claro que ele não é um fã de tirar o componente dos special teams do esporte.

“Para manter a integridade do jogo, você gosta dessa parte. Sendo um cara velho, eu provavelmente ficaria com a integridade do jogo como está agora, mas também posso ver onde a outra parte também pode ser empolgante”, frisou

– Aliás, sobre a proposta de mudança de regra mencionada acima, o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, apurou nesta sexta que a nova redação da proposta de mudança de regra tirou a exigência de que um time precise estar atrás do placar para utilizar o recurso.

Isso aumenta as possibilidades e parece ser a decisão correta. Mas lembrando que o recurso deve ser limitado a duas utilizações no máximo por time em uma partida.

– O Cleveland Browns está oferecendo aos torcedores a chance de chamar jogadas do time em um jogo de pré-temporada.

Através do All In Challenge, a franquia de Ohio dará a duas pessoas a chance de ajudar a desenhar as primeiras 15 jogadas ofensiva de uma partida de preseason. Um dos ganhadores será determinado via leilão e o outro através de um sorteio.

Os recursos arrecadados irão para os programas No Kid Hungry, America’s Food Fund, World Central Kitchen e Feeding America durante a pandemia do novo coronavírus.

O técnico do Browns, Kevin Stefanski, convidará ambos os vencedores para ajudar ele e o coordenador ofensivo Alex Van Pelt a desenhar as 15 jogadas para abrir um jogo de pré-temporada. Os vencedores, assim como um convidado do vencedor do leilão, também serão convidados para um jantar e reunião de equipe na noite anterior ao jogo, percorrerão o túnel com os jogadores e receberão autorização para ficar na sideline no pré-jogo.

Até a tarde desta sexta, o All In Challenge há tinha arrecadado US$ 45,7 milhões.

– Também como parte do All In Challenge, o anel de Robert Kraft, proprietário do New England Patriots, de campeão do Super Bowl LI foi vendido na noite da última quinta pelo valor de US$ 1,025 milhão. Isso fez o item um dos mais caros a ser leiloado na iniciativa.

Além do ringue, o vencedor recebe uma visita pessoal com Kraft em seu escritório do Gillette Stadium, em Foxborough, Massachusetts. A equipe enviará seu avião particular para transporte, se necessário.

Houve 35 ofertas totais para o anel da Kraft, passando de US$ 75 mil para US$ 1,025 milhão nos últimos 12 dias.

– O Denver Broncos teve suas esperanças renovadas nesta offseason, com as perspectivas do desenvolvimento do quarterback Drew Lock em seu segundo ano na NFL e um draft interessante em termos de adição de armas ofensivas, sobretudo. E a defesa deve melhorar também em relação a 2019, quando Vic Fangio estava em seu primeiro ano como head coach.

E quem está empolgado com 2020 é o defensive tackle Shelby Harris.

“Temos essa liderança de veteranos e estamos trabalhando com a comissão técnica. Estou dizendo que vamos ter 16-0 até que vocês provem que estou errado. Acho que o Broncos Country deveria estar realmente empolgado porque adicionamos algumas peças no ataque que realmente precisávamos”, disse o defensor, ao jornalista Troy Renck, do ‘Denver7’. “Penso que na defesa temos a adição de Jurrell Casey com vários jogadores que já tínhamos. Acho que vamos chocar a liga”, frisou.

– Em preparação para possíveis diretrizes de distanciamento social dos estádios, o Pittsburgh Steelers está vendendo apenas metade de seus ingressos individuais disponíveis em 2020.

“Estamos retendo 50% do estoque individual de vendas de ingressos para jogos porque estamos nos preparando para possíveis cenários de distanciamento social este ano na Heinz Field”, afirmou Burt Lauten, diretor de comunicações do Steelers.

Acredita-se que os Steelers, que colocaram os ingressos à venda nesta sexta de manhã, sejam a primeira equipe da NFL a restringir a venda de ingressos por precaução, optando por evitar um problema potencialmente maior se mais ingressos forem vendidos do que os fãs permitidos nas arquibancadas.

Comments
To Top