NFL

No Huddle – Jalen Ramsey pede aos Jaguars para ser trocado

Jalen Ramsey, cornerback do Jacksonville Jaguars

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Jalen Ramsey deseja sair de Jacksonville. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou na noite desta segunda-feira (16) que o cornerback pediu para ser trocado depois de ficar mais e mais frustrado com a franquia da Flórida.

De acordo com Rapoport, o cornerback, um All-Pro na carreira, está insatisfeito em relação a como ele vem sendo usado e também com o técnico Doug Marrone, após uma discussão com o head coach na lateral de campo durante a derrota por 13 a 12 para o Houston Texans. E isso veio piorando e piorando.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2016 pelos Jags, com a quinta escolha geral, Ramsey logo se estabeleceu como um dos principais CBs de toda a liga. Em quatro temporadas na NFL até agora, contando a atual, ele soma nove interceptações (uma retornada para TD), 45 passes defendidos e 202 tackles combinados.

Em 2019, o camisa 20 ainda não fez interceptações e defendeu apenas um passe, com nove tackles ao todo em dois jogos.

– Inativo nos primeiros dois jogos do Dallas Cowboys em 2019, o defensive end Taco Charlton utilizou suas redes sociais para fazer um pedido à franquia texana: de que o libere.

Após tweetar aquela mensagem, o post foi apagado, mas Charlton então publicou outro tweet pouco depois: “acreditem em mim, a última coisa que eu quero fazer é ter que ir às redes sociais para conseguir o que quero para jogar futebol americano novamente”.

Os Cowboys têm tido conversas sobre trocar Charlton, selecionado na primeira rodada do draft de 2017, mas nada chegou perto de um fechamento, de acordo com Todd Archer, da ‘ESPN’. Charlton deve faturar um salário-base garantido de US$ 1,376 milhão nesta temporada e US$ 458 mil na temporada 2020.

– O advogado do wide receiver Antonio Brown, do New England Patriots, afirmou que o jogador nega uma acusação de má conduta sexual contra uma artista que estava trabalhando em sua casa na Pensilvânia em 2017.

A acusação foi parte de uma reportagem da ‘Sports Illustrated’ que detalhou incidentes domésticos envolvendo Brown, um roubo de leilão de caridade e várias dívidas não pagas.

A reportagem se dá após Jeff Darlington, da ‘ESPN’, noticiar que Brown se negou a fechar um acordo de mais de US$ 2 milhões com sua ex-treinadora Britney Taylor para encerrar uma acusação de agressão sexual.

– Após os erros em dois extra points durante a vitória do Indianapolis Colts sobre o Tennessee Titans por 19 a 17, o kicker Adam Vinatieri recebeu um voto de confiança público por parte do técnico Frank Reich, que conversou com repórteres em uma teleconferência nesta segunda para esclarecer o status do kicker de 46 anos com a franquia de Indiana.

“Adam é nosso kicker. Nós temos zero preocupação. Ele não é apenas nosso kicker, ele é um líder importante em nosso time”, frisou o head coach, segundo Stephen Holder, do ‘The Athletic’.

Reich acrescentou que Vinatieri, um dos maiores kickers da história da NFL, vai chutar com a camisa dos Colts no próximo domingo, contra o Atlanta Falcons.

– O técnico Pat Shurmur, do New York Giants, não garantiu Eli Manning como quarterback titular do time para a semana 3 contra o Tampa Bay Buccaneers. A outra opção seria usar o calouro Daniel Jones, selecionado com a sexta escolha geral do draft de 2019, no jogo fora de casa.

Eli foi titular em ambos os jogos dos Giants nesta temporada e lançou dois passes para touchdown e cometeu três turnovers. Manning não conseguiu produzir mais de 20 pontos em cada um dos dois jogos.

– O defensive end Chris Smith, do Cleveland Browns, vai jogar no Monday Night Football desta noite contra o New York Jets mesmo depois de sua namorada falecer em um acidente de carro na semana passada.

“Eu vou jogar nesta noite porque é algo que ela gostaria que eu fizesse. Ela gostaria que eu continuasse fazendo o que eu amo e continuasse forte”, falou Smith, segundo Mary Kay Cabot, do ‘The Plain Dealer’. “Eu vou jogar para ela hoje à noite. Ela é minha razão”, completou.

Comments
To Top