NFL

No Huddle: Proprietário dos Ravens não quer Colin Kaepernick; GM nega

Steve Bisciotti, dono do Baltimore Ravens

(Crédito: Baltimore Ravens/divulgação)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Muito tem se falado da possibilidade do quarterback Colin Kaepernick ir para o Baltimore Ravens, inclusive o general manager Ozzie Newsome e o head coach John Harbaugh se mostraram favoráveis. Contudo, o proprietário Steve Bisciotti vem mostrando resistência à uma possível contratação.

“Estamos passando por um processo e nós não tomamos uma decisão”, disse Newsome. “Steve Bisciotti não nos disse que não podemos assinar com Colin Kaepernick, nem bloqueou o movimento. Quem está fazendo essas afirmações está errado”.

– Von Miller, linebacker do Denver Broncos, quer ser o primeiro jogador a ter 30 sacks na temporada e já tem uma estratégia. “Eu acho que é possível. Você precisa sair e conseguir 10 (sacks) no primeiro mês. Você tem que ter 10 no primeiro mês, o que é possível”.

– Cameron Jordan, defensive end do New Orleans Saints, alfinetou o quarterback Blake Bortles, do Jacksonville Jaguars, ao falar de Drew Brees. “Isso ajuda a defesa. Não é como quando você vai enfrentar o Blake Bortles. Não é como se fosse que Brees fosse ser interceptado”, afirmou Jordan ao ser perguntado se enfrentar o ídolo dos Saints ajudava a defesa.

– Marvin Jones, ex-jogador do New York Jets, falou sobre os recentes comentários do running back calouro Jamal Adams. “Quando eu estava no college e entrei na liga eu fiz comentários similares. Quando você cresce – ele ainda é jovem – seu ponto de vista muda”, afirmou Jones, que ainda disse que Adams “queria impressionar”.

– O calouro Myles Garrett teve o seu primeiro snap com a defesa titular do Cleveland Browns. A primeira aparição do defensive end se deu justamente no dia em que o Hall of Famer Bruce Smith visitou o treino da franquia de Ohio.

– Os quarterbacks Sam Bradford e Teddy Bridgewater têm contrato com o Minnesota Vikings até 2018 e o general manager Rick Spielman espera ter uma escolha difícil a fazer no próximo ano. “Espero que, no final da temporada, tenhamos essa difícil decisão para fazer, porque é melhor ter dois jogadores de alta qualidade do que nenhum”.

– Lane Johnson, right tackle do Philadelphia Eagles, quer se provar e já sabe o que fará se vencer o Super Bowl. “Eu tenho muito a provar na cidade. Eu acho que tivemos alguns grandes anos e fomos aos playoffs. Se ganharmos o Super Bowl, vou dar cerveja para todo mundo”.

– Jay Gruden, head coach do Washington Redskins, elogiou seus wide receivers. “Eu gosto de recebedores grandes na end zone e aí podemos fazer algumas (rotas) fades. Eu adoro fades”, declarou.

– Terry Peluga, proprietário do Buffalo Bills, já sabe o que ele quer na temporada. “Minha expectativa é que ganhemos algum respeito em campo. Eu acredito que isso é importante. Eu realmente acredito nisso”.

– Brandon Williams, nose tackle do Baltimore Ravens, se mostrou favorável à contratação de Colin Kaepernick. “Quero dizer, eu receberia ele de braços abertos. Eu definitivamente acredito no (general manager) Ozzier Newsome e no (treinador) John Harbaugh para fazer o melhor trabalho. Se eles acharem que é o tipo de jogador que precisamos, então nós o teremos. Seria legar ter ele”.

– T.Y. Hilton, wide receiver do Indianapolis Colts, acredita que ele não vem sendo tratado como deveria. “Outro camp e continuam me desrespeitando. Não se preocupe, continuem duvidando de mim”, publicou ele no Twitter. “Eles ainda não me veem como um wide receiver top 5. No final do dia, minhas estatísticas falam por elas mesmo”.

– John Reaves, ex-quarterback da NFL, morreu aos 67 anos. A causa da morte ainda está sendo investigada. Ele terminou sua carreira no college como líder em passes da NCAA e posteriormente teve problemas com o álcool.

Comments
To Top