NFL

No Huddle – Odell Beckham Jr. acusa Gregg Williams de ensinar golpes sujos

Odell Beckham Jr., wide receiver do Cleveland Browns

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Odell Beckham Jr. acusou o coordenador defensivo do New York Jets, Gregg Williams, de ensinar e incentivar golpes baixos de seus jogadores para machucar atletas adversários. Segundo Beckham, Williams teria dito para Briean Boddy-Calhoun machucá-lo de propósito no tornozelo em um jogo de pré-temporada quando o jogador estava nos Giants e Williams trabalhava, coincidentemente, nos Browns.

Essa não é uma acusação nova para Williams, que foi o principal punido no Bountygate, quando os Saints foram punidos por uma política de recompensas que tinha como objetivo premiar os defensores que lesionassem adversários e tirassem eles dos jogos.

Atualização: Gregg Williams disse que nunca faria isso porque geraria faltas e penalidades para seu time. Antes disso, brincou falando “Odell quem?”, esclarecendo que era só uma piada e estava imitando Jerry Jones.

– O Hall da Fama revelou os 122 indicados a serem imortalizados na classe de 2020, que será selecionada um dia antes do Super Bowl LIV. Entre os nomes mais famosos estão Troy Polamalu, Patrick Willis, Lance Briggs, Reggie Wayne, Maurice Jones-Drew, entre outros.

– O New England Patriots, assim como o Oakland Raiders, não estavam cientes do caso civil que Antonio Brown teria que enfrentar para responder as acusações de assédio de Britney Taylor. Ambas as partes tinham conversas antes da revelação do caso jurídico – algo corriqueiro nesses casos – e combinaram que não seria revelado nada à imprensa ou outras partes. Além de ter que se explicar para a justiça, Brown também deve se encontrar com os Patriots e o escritório da liga e pode até ser impedido de participar de atividades até a situação ser esclarecida.

– Sean McVay viu um grupo de jornalistas em torno do armário de Nickell Robey-Coleman e já mandou um “quantas vezes vocês vão fazer a mesma pergunta”. Pelo menos mais algumas, já que nesta semana os Rams enfrentam os Saints e a chamada absurda que os árbitros não fizeram da falta do cornerback em Tommylee Lewis será reprisada inúmeras vezes. Coleman também está ligeiramente de saco cheio e disse que viu a jogada “mais de 4 mil ou 5 mil vezes”

– A NFL iniciou um programa que dará 3 milhões de dólares para a pessoa ou empresa que criar um capacete mais seguro impedindo pancadas que podem levar a uma concussão. O desafio dura até 2021, com 2 milhões sendo dados para o desenvolvimento e 1 milhão como prêmio para quem apresentar a ideia e ela passar pelo laboratório.

Comments
To Top