NFL

No Huddle – NFL está investigando equipe de filmagem dos Patriots

Bill Belichick, técnico do New England Patriots

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– A National Football League está investigando um incidente envolvendo uma equipe de vídeo do New England Patriots que estava gravando na área reservada à imprensa durante o jogo de domingo contra Cincinnati Bengals e Cleveland Browns, em Cleveland, segundo apurou o jornalista Dan Graziano, da ‘ESPN’ norte-americana.

A equipe foi credenciada pelos Browns para gravar um vídeo de uma web série chamada ‘Do Your Job’ e a equipe de relações com a mídia dos Browns estava ciente, segundo informações de Adam Schefter, também da ‘ESPN’.

Uma fonte disse à jornalista Dianna Russini, da ‘ESPN’, que um funcionário dos Bengals estava assistindo a um cinegrafista, que se identificou como funcionário de Robert Kraft, proprietário dos Patriots. O funcionário dos Bengals alega que as imagens no monitor do cinegrafista eram dos treinadores e da lateral do campo do time de Cincinnati durante todo o primeiro quarto.

O técnico Zac Taylor, dos Bengals, foi questionado nesta segunda sobre os rumores de uma suposta gravação ilegal dos Patriots de sua comissão técnica e respondeu: “estou ciente de que houve um incidente. Mas eu sei que a liga está investigando, então não tenho comentários sobre isso”.

O técnico Bill Belichick, dos Patriots, disse nesta segunda na rádio ‘WEEI’ que ele não tem “absolutamente nada” a ver com a produção da série de vídeos.

No final da noite desta segunda, os Patriots emitiram um comunicado oficial sobre o assunto, confirmando que a equipe de filmagem da organização, um grupo independente das operações de futebol, filmou a vista no jogo Browns x Bengals. Segundo os próprios Patriots, eles pediram permissão aos Browns (que concederam), mas falharam em não avisar os Bengals e a NFL sobre a filmagem.

“Nós aceitamos total responsabilidade pelas ações da nossa equipe de produção no jogo Bengals-Browns”, disse a franquia, em parte da nota.

Vale lembrar que, em 2007, os Pats foram punidos pela NFL por filmar as chamadas defensivas do New York Jets durante um jogo de 2007 no Giants Stadium, que terminou com vitória dos Patriots por 38 a 14. O escândalo ficou conhecido como ‘Spygate’.

Os Patriots (10-3) visitam os Bengals (1-12) neste próximo domingo.

– O técnico Freddie Kitchens, do Cleveland Browns, disse que não quer que seus jogadores falem sobre lesões dos companheiros publicamente. A declaração do head coach se dá depois que o quarterback Baker Mayfield comentou sobre a hérnia esportiva do wide receiver Odell Beckham Jr., frisando que a comissão dos Browns poderia ter lidado de maneira melhor com a contusão do seu recebedor.

“(Mayfield) entende que não queremos que ele aborde lesões de outros jogadores desta maneira especialmente. Odell e nossa comissão fizeram um trabalho tremendo de preparar Odell para o jogo em todas as semanas até este ponto. Por isso, eles fizeram um bom trabalho. Entendo que todo mundo quer fazer um monte de perguntas sobre isso. Mas essa é realmente a única informação que tenho sem entrar em detalhes sobre o que Baker e eu conversamos, mas isso foi abordado e ele entende como lidar com coisas como essa daqui em diante”, falou Kitchens.

– O New England Patriots foi prejudicado pela arbitragem durante a derrota de domingo para o Kansas City Chiefs, quando os árbitros incorretamente anularam um touchdown recebido pelo wide receiver N’Keal Harry, alegando que ele pisou fora do campo. E, também, quando pararam a jogada depois de uma recuperação de fumble que, provavelmente, teria resultado em um TD.

Mas o quarterback Tom Brady preferiu não focar nestes erros.

“Eu nunca dou desculpas e, certamente, nunca culpo os árbitros”, falou o camisa 12 nesta segunda, em sua entrevista semanal no The Greg Hill Show, da rádio esportiva ‘WEEI’. “Quando você pratica esportes por tempo suficiente, acho que, às vezes, você é o destinatário das coisas que surgem no seu caminho. E você também está do outro lado. Para mim, não penso muito sobre isso”, frisou Brady, referindo-se às marcações dos árbitros.

Comments
To Top