NFL

No Huddle – Mike Vrabel reitera que Ryan Tannehill é o QB reserva do Tennessee Titans

Ryan Tannehill e Marcus Mariota, quarterbacks do Tennessee Titans

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Tennessee Titans claramente não terá uma disputa pela posição de quarterback titular neste ano, já que Marcus Mariota é o QB número 1 e Ryan Tannehill é o primeiro reserva. Isso é o que fez questão de deixar claro o técnico Mike Vrabel.

O head coach reiterou neste final de semana que Tannehill, adquirido pela franquia de Nashville em troca com o Miami Dolphins nesta offseason, não vai competir por snaps como titular durante o training camp.

“Seu trabalho como um reserva – o trabalho de todos como um reserva – é motivar o cara que está à frente dele. Competir e tentar se melhorar e tentar fazer o time melhor, vendo como todo mundo responde”, afirmou Vrabel, segundo o ‘UPI’.

Este ano será o primeiro de Tannehill como quarterback reserva, já que ele foi o cara desde que chegou ao Miami Dolphins, indo ao banco mais por motivos de lesões do que pelo desempenho em si.

Selecionado com a oitava escolha geral do draft de 2012 pelos Dolphins, Tannehill foi titular em 77 partidas consecutivas nos primeiros anos de sua carreira antes de ter essa sequência interrompida devido a uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho.

A franquia de Miami, agora sob novo comando, negociou o signal caller com os Titans e o substituiu por Josh Rosen, adquirido em troca com o Arizona Cardinals, e com o veterano Ryan Fitzpatrick.

– O running back Frank Gore, agora membro do Buffalo Bills, está entrando em sua 15ª temporada na National Football League em 2019. E, mesmo com 36 anos de idade, ele não parece estar próximo de se aposentar.

Aliás, o veterano deixa claro que está levando sua carreira ano a ano. E, vale lembrar, ele está saindo de sua temporada mais eficiente desde 2012. Em 14 jogos como titular do Miami Dolphins em 2018, Gore correu 156 vezes para 722 jardas (média de 4,6 jardas por carregada).

“Eu apenas vou vendo como me sinto. Se eu sentir que não posso fazer mais isso, então eu paro”, declarou Gore aos repórteres, durante seu camp de futebol americano realizado no último sábado (6), segundo o ‘South Florida Sun Sentinel’.

Gore afirmou que fechar com os Bills nesta offseason, rival de divisão dos Dolphins na AFC East, foi uma decisão simples.

“Foi o segundo ano em que eles vieram atrás de mim. Eles mostraram que me queriam novamente. Nesta liga, especialmente na minha idade, você quer ser desejado. Essa é um fator que (entrou na decisão), especialmente saindo de uma lesão”, observou.

Frank Gore é o quarto na história da NFL em jardas corridas, com 14.478, estando apenas 521 jardas atrás de Barry Sanders, ídolo do Detroit Lions, que ocupa a terceira colocação. Ele está também 1.978 jardas atrás de Walter Payton, ídolo do Chicago Bears, que é o segundo colocado.

Comments
To Top