NFL

No Huddle – Baker Mayfield entra em contato com Daniel Jones após comentário em entrevista

Baker Mayfield, quarterback calouro do Cleveland Browns

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O quarterback Baker Mayfield, do Cleveland Browns, disse nesta quarta que ele entrou em contato com o quarterback Daniel Jones, do New York Giants, “para aliviar o clima” em relação aos seus comentários publicados pela revista ‘GQ’ sobre o calouro da franquia nova-iorquina.

Mayfield chegou a dizer à publicação que dava um “nó na sua cabeça” o fato de os Giants terem selecionado Jones com a sexta escolha geral do draft de 2019.

“Pareceu muito desrespeitoso, e eu consigo entender isso. Mas o que as pessoas não percebem, a conversa implicava em mim dizendo que fiquei surpreso por ter sido o primeiro escolhido geral, e então eu comecei a falar sobre avaliação de QB e a frustração do processo de recrutamento da faculdade. E, então, não teve nada a ver com Daniel especificamente sobre as vitórias e essas coisas”, frisou o astro dos Browns.

Mayfield disse que Jones era “muito legal” e “cordial”, e o calouro dos Giants disse “não se preocupe, cara” depois que o QB dos Browns mandou a mensagem de texto.

– Mario Williams, ex-astro do Houston Texans, foi detido sob uma acusação de invadir a casa de uma mulher na região de Houston. Os registros do tribunal do Condade de Harris mostram que Williams foi detido na terça e liberado sob pagamento de fiança de US$ 100.

Selecionado com a primeira escolha geral do draft de 2006, Williams passou seis temporadas nos Texans antes de ir para o Buffalo Bills e, então, para o Miami Dolphins em 2016.

Os registros do tribunal mostram que Williams recebeu ordens para se submeter a uma avaliação de saúde mental. Uma moção para uma ordem de proteção emergencial foi apresentada também na terça.

– Chuck Pagano, novo coordenador defensivo do Chicago Bears, sabe que terá uma dura missão de substituir Vic Fangio no cargo, depois que o profissional saiu da franquia nesta offseason para se tornar o novo head coach do Denver Broncos. E Pagano está pronto para encarar o desafio de manter o nível, depois que os Bears tiveram uma das melhores unidades defensivas da NFL em 2018.

“Sem dúvidas em relação a isso”, falou Pagano ao jornalista John Mullin, da ‘NBC Sports Chicago’. “Haverá grandes expectativas para qualquer um que entrar nisso. Mas absolutamente (preparado). E eu tenho grande respeito pelo Coach Fangio. Eu conheço Vic há muito tempo e ele tem feito um trabalho fenomenal há muito tempo, chamando jogadas defensivas, construindo essa defesa, trabalhando com o treinador (Matt) Nagy. Mas, qualquer vez que você entra nisso, você tem que olhar para ‘eis as expectativas e eu tenho que me provar’”, observou.

– O Miami Dolphins vai homenagear sua lenda Nick Buoniconti durante a temporada 2019 com um adesivo especial no capacete. A franquia da Flórida anunciou nesta quarta o símbolo com as iniciais “NAB” e o amuleto será estreado na estreia do time na temporada contra o Baltimore Ravens.

Linebacker membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), Buoniconti morreu no final de julho, aos 78 anos de idade. Ele foi membro do time que fez a temporada perfeita em 1972 com os Dolphins.

– A XFL revelou nesta quarta os nomes e os logotipos de seus oito times. Vale lembrar que a nova liga está planejada para iniciar suas atividades em fevereiro de 2020.

Os times são: Dallas Renegades, Houston Roughnecks, Los Angeles Wildcats, New York Guardians, St. Louis BattleHawks, Seattle Dragons, Tampa Bay Vipers e Washington Defenders.

– Stephen Ross, proprietário do Miami Dolphins, deixou o comitê de justiça social da NFL, como anunciou a equipe na última terça. Ross, que foi um membro fundador do comitê, foi criticado por sediar um evento de arrecadação de fundos para o presidente Donald Trump, inclusive sendo alvo de críticas do wide receiver Kenny Stills, de seu próprio time.

Comments
To Top