NFL

No Huddle – Marvin Lewis: John Ross deixou Andy Dalton na mão

John Ross, wide receiver do Cincinnati Bengals

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Marvin Lewis, head coach do Cincinnati Bengals, não ficou satisfeito com o wide receiver John Ross por deixar o quarterback Andy Dalton na mão em uma jogada no último domingo. “John teve uma jogada na semana passada com a qual não estávamos entusiasmados. Para Andy (Dalton), contra a cobertura para jogar a bola, ele deve entender como o quarterback se sente. Ele espera que ele esteja onde ele precisa estar. Ele deixou Andy para baixo”.

Além disso, Ross declarou que não gostou do seu começo de carreira. “Foi um começo mais lento do que o esperado, mas tudo está baseado em mim e em muitas coisas que eu tenho passado. Eu realmente não tive offseason, então acho que é meio esse tipo de transição. Tem sido uma luta, mas as coisas estão melhorando lentamente”.

– O Pittsburgh Steelers não está empolgado para enfrentar Dick LeBeau, coordenador defensivo dos Titans. “Não é apenas uma defesa. É uma defesa de Dick LeBeau”, disse o quarterback Ben Roethlisberger antes de dizer que esperava “tudo” da defesa da franquia de Tennessee. “Não estou ansioso para jogar contra LeBeau”, disse o running back Antonio Brown.

– Tom Brady, A.J. Bouye e Dion Lewis foram eleitos os jogadores da semana da AFC. Cam Newton, Adrian Clayborn e Greg Zuerlein foram escolhidos como os jogadores da NFC.

– Blake Bortles, quarterback do Jacksonville Jaguars, deu uma dica para o calouro Deshone Kizer. “Tente lançar para a sua equipe o máximo possível. É duro. Eu fiz isso (sofri interceptações) e fiz por alguns anos. Acho que qualquer quarterback vai te dizer que esta é a melhor coisa”.

– Blaine Gabbert pode ser o quarterback titular do Arizona Cardinals no próximo domingo e o head coach Bruce Arians se disse tranquilo com isso. “Estou muito confortável. Se ele é nosso cara, então estou extremamente confortável”.

– O tight end Greg Olsen pode sair da injured reserve e não quer atrapalhar o Carolina Panthers (7-3). “Espero não ficar no meio do caminho. Espero que eu não bagunce tudo”, disse ele.

– Jon Gruden falou sobre a possibilidade de voltar a ser head coach. “Eu não falei com ninguém. Tudo que eu realmente tenho na minha vida é minha família e futebol americano. Sou sensitivo com os outros treinadores, então não especulo… você nunca diz nunca”.

– Reggie Nelson, safety do Oakland Raiders, elogiou Tom Brady. “Ele é o melhor. Ele é o melhor no que faz. Quero dizer, quem vai argumentar contra isso?”

– O quarterback Robert Griffin III que jogar no Houston Texans para ajudar o calouro DeShaun Watson. “DeShaun é um jogador incrível com um futuro brilhante. Eu sinto que eu posso ajudá-lo com minhas experiências em Washington e Cleveland”.

– Anthony Lynn, head coach do Los Angeles Chargers, irá reencontrar amigos quando enfrentar o Buffalo Bills e falou sobre isso. “Estou onde eu queria estar. Fui entrevistado lá e depois eles foram em uma direção diferente. Eu não pensei que eu era o favorito por que: quantas vezes você contrata um cara da comissão técnica quando você demite o head coach? Não acontece com muita frequência”.

– Bill Belichick, head coach do New England Patriots, foi perguntado sobre o que ele gostou na vitória sobre os Broncos: “Que tal as penalidades? Que tal as penalidades”, disse ele sobre vídeo feito pelos jogadores apontando a redução nas penalidades.

– O Jacksonville Jaguars está buscando distribuir melhor as carregadas de bola entre Leonard Fournette, T.J. Yelton e Chris Ivory. “T.J. fez um bom trabalho, tivemos Chris em situações cruciais no final. Nós praticamente precisamos continuar gerenciando isso e apenas fazer um melhor trabalho com isso”.

Comments
To Top