NFL

No Huddle – Peyton Manning dá conselho importante a Joe Burrow

Joe Burrow, quarterback de LSU e prospecto para o draft de 2020

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Peyton Manning, um dos maiores quarterbacks da história da NFL, disse que Joe Burrow, provável selecionado com a primeira escolha geral do draft de 2020, terá dificuldades em seu ano de calouro. Mas que, ao mesmo tempo, isso vai ajudá-lo a ter sucesso nos anos futuros na National Football League.

Selecionado com a primeira escolha geral do draft de 1998 pelo Indianapolis Colts, Manning disse neste domingo (19) no SportsCenter, da ‘ESPN’ norte-americana, que Burrow recentemente ligou para ele para pedir conselhos sobre ser um QB calouro. Burrow, que venceu o Heisman Trophy e o título nacional universitário com LSU na última temporada, participou da Manning’s Passing Academy no ano passado.

Ele me ligou sobre algumas das coisas que eu tentei fazer como um calouro que talvez ele possa aplicar em sua carreira na NFL. Parece que vai ser para o Cincinnati Bengals. O que eu disse a ele: ‘Joe, se você é a primeira escolha no draft da NFL, você está indo para uma equipe que ganhou a primeira escolha no draft da NFL. Haverá alguns buracos lá. Há uma razão pela qual os Colts estavam em primeiro lugar naquele ano. Há uma razão para os Bengals estarem em primeiro lugar este ano’”, afirmou Manning.

O astro, ex-Colts e Denver Broncos, também observou que ele perdeu mais jogos em sua temporada de calouro do que havia perdido em suas carreiras no high school e no college de forma combinada. Apesar disso, Manning disse que a experiência no primeiro ano na NFL é inestimável.

“(O então técnico dos Colts) Jim Mora nunca me tirou. Aprendi algumas coisas no quarto quarto daquelas lavaras sobre o que era ser um quarterback da NFL e, no ano seguinte, passamos de 3-13 para 13-3. Isso não teria acontecido se eu não tivesse ficado lá e aprendido as coisas como um novato, mesmo tendo sofrido algumas pancadas e contusões”, observou. “Então foi isso que tentei incentivar Joe e todos os outros quarterbacks calouros, que seu ano de estreante não será o mesmo que seu último ano na faculdade. Mas se você aprender a rapidez com que os defensivos são, quanto tempo você tem para se livrar da bola, entender as defesas, pode se tornar um jogador melhor e fazer dar sequência um ou dois anos depois”, pontuou.

Em seu primeiro ano na NFL, Manning estabeleceu um novo recorde bastante indesejado. E, sempre bem-humorado, ele brincou que, se Burrow quiser superá-lo nessa marca, está tudo bem.

“Lancei 28 interceptações no meu primeiro ano. Ainda é um recorde da NFL. Se Joe quiser quebrar isso, eu ficaria bem com isso. Ainda seríamos amigos”, finalizou.

– Torcedora famosa do Tampa Bay Buccaneers, Jackie Riles, conhecida como a icônica ‘Pillow Lady’, faleceu aos 82 anos de idade. O anúncio foi feito pela franquia da Flórida neste final de semana.

A morte foi por causas naturais, segundo os Bucs.

Desde o início dos Bucs, em 1976, Riles tricotou mais de 4.000 travesseiros personalizados para jogadores, treinadores, membros da equipe e da mídia, o que lhe valeu o apelido do ex-técnico John McKay, de Lee Roy Selmon, membro do Hall da Fama, e de Richard ‘Batman’ Wood.

Antes de cada jogo em casa, ela esperava com o marido, John, e mais tarde com o filho, Pat, do lado de fora da entrada do time no Tampa Stadium e no Raymond James Stadium, geralmente com biscoitos, cupcakes e doces. Ostentando seu chapéu de crochê vermelho com ‘Bucs’ e muitas vezes com placas, Riles tinha opiniões fortes sobre a equipe e não tinha medo de expressá-las.

– O wide receiver David Moore oficialmente assinou sua proposta de free agent restrito com o Seattle Seahawks, neste domingo, e vai continuar na franquia do estado de Washington.

O recebedor, que está entrando em seu quarto ano na NFL, anunciou via Instagram que ele permanece nos Seahawks pelo menos por mais um ano.

Atualmente com 25 anos de idade, Moore foi selecionado na sétima rodada do draft de 2017. Ao assinar a proposta, ele deve faturar US$ 2,133 milhões em 2020 antes de se tornar um free agent novamente em 2021.

Em 31 jogos disputados na NFL, sendo oito como titular, Moore soma 43 recepções para 746 jardas e sete touchdowns.

– Bob Quinn, general manager do Detroit Lions, respondeu a perguntas relacionadas ao status atual do quarterback Matthew Stafford.

Em 2019, ele teve sua série de 136 partidas consecutivas como titular encerrada devido aos problemas nas costas e no quadril que encerraram a temporada do QB após apenas oito jogos como titular.

Agora, contudo, Quinn ressalta que Stafford está pronto para voltar a jogar.

“Matthew está indo muito bem. Ele me liga provavelmente uma vez por semana para dar novidades. Eu sei que ele está se exercitando. Eu sei que ele está se sentindo bem, então, em termos de saúde, ele está pronto para ir. Como eu disse no final da temporada, se estivéssemos iniciando nosso programa de offseason na próxima semana, ele estaria lá como participante sem limitações. Ele foi liberado clinicamente desse ponto de vista”, frisou Quinn, em sua teleconferência pré-draft da última sexta.

Comments
To Top