NFL

No Huddle – Josh McCown anuncia aposentadoria da NFL após 17 anos

Josh McCown, quarterback da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de uma carreira na qual passou por 10 times no total, o quarterback Josh McCown anunciou sua aposentadoria da National Football League nesta segunda-feira (17), após 17 anos na liga. Ele fez um texto no site ‘The Players’ Tribune’ para fazer o anúncio.

Prestes a completar 40 anos, já que faz aniversário no dia 4 de julho, passou as últimas duas temporadas no New York Jets. E ele tomou a decisão de pendurar o capacete depois de se consultar com sua família nos últimos meses.

“Eu acho que isso apenas mostra que você nem sempre escolhe o seu próprio caminho. Mas, olhando para trás, estou orgulhoso de como minha carreira se desenrolou. Eu não me esquivo do rótulo de jogador rodado. Eu o abraço, com força total”, escreveu McCown. “Porque tem sido uma baita jornada”, frisou.

Mais tarde nesta segunda, foi anunciado que McCown está se juntando à ‘ESPN’ dos Estados Unidos para ser comentarista de NFL.

McCown nunca foi um astro na NFL, mas sua carreira não deixa de ser marcante. Ele atuou por oito times ao longo de 17 anos, começando com o Arizona Cardinals em 2002. Posteriormente, ele ainda passou por Detroit Lions, Oakland Raiders, Carolina Panthers, Chicago Bears, Tampa Bay Buccaneers, Cleveland Browns e Jets. Ele também teve passagens por Miami Dolphins e San Francisco 49ers, mas não jogou por essas equipes.

Ele fecha sua carreira profissional com 60,2% dos passes completados para 17.707 jardas, 98 touchdowns e 82 interceptações em 99 partidas de temporada regular. Ele também correu para 1.108 jardas e 13 TDs.

– O defensive tackle Michael Pierce, do Baltimore Ravens, aceitou a responsabilidade por ter sido retirado de campo durante treino do time no minicamp obrigatório, na semana passada. Ele estava fora de forma, como deixou claro o técnico John Harbaugh, e o defensor culpou um erro em seu regime de treinos pela forma física atual.

“Ao longo da offseason, eu levanto peso mais do que corro. Sendo um noseguard, eu quero ser forte ou sei lá. Eu, honestamente, apenas mal administrei minhas corridas um pouco”, observou. “Por respeito ao Coach Harbaugh, ele não foi nada além de um cara justo, ele só queria que eu ficasse com os preparadores físicos e fizesse mais corridas antes de o (training) camp começar”, analisou.

Os Ravens se apresentam para o training camp daqui a um mês e meio.

– O Green Bay Packers trouxe o tight end Michael Roberts, ex-Detroit Lions, nesta segunda-feira. Roberts foi dispensado na semana passada, depois de a troca do jogador entre os Lions e o New England Patriots ser rescindida devido a um teste físico falho do jogador.

Os Packers tinham seis tight ends no elenco antes de trazer Roberts. É um grupo liderado por nomes como Jimmy Graham e Marcedes Lewis, além do Jace Sternberger, que foi selecionado na terceira rodada do draft de 2019.

– O Denver Broncos vai comemorar a vida de Pat Bowlen, seu falecido proprietário, com um adesivo no capacete durante a temporada 2019 da NFL. Joe Ellis, presidente e CEO da franquia, anunciou nesta segunda que os jogadores vão usar um decalque escrito “Mr. B” para fazer uma homenagem a Bowlen.

Um dos proprietários mais bem-sucedidos de toda a liga, Bowlen morreu na última quinta aos 75 anos de idade, depois de uma longa batalha contra o mal de Alzheimer.

– A temporada de calouro do running back Ronald Jones, do Tampa Bay Buccaneers, foi bem apagada. Mas ele espera deixar 2018 no passado.

“No ano passado, foi definitivamente decepcionante para mim e do ponto de vista do time. Definitivamente, para mim, trata-se de seguir no caminho certo. Temos um novo sistema, uma nova comissão, estamos tentando deixar a nossa marca aqui”, disse Jones na semana passada, durante o minicamp, segundo o jornal ‘Tampa Bay Times’.

Comments
To Top