NFL

No Huddle – Josh Gordon emite primeiro comunicado desde seu retorno à NFL

Josh Gordon, wide receiver do New England Patriots

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O wide receiver Josh Gordon, do New England Patriots, disse em um comunicado emitido nesta sexta-feira que ele não se concentrou em uma solução para seu vício de abuso em drogas até este ano e pediu para ser julgado pelo “que faço agora e no futuro”.

Gordon, que foi reintegrado de uma suspensão por tempo indeterminado pelo comissário Roger Goodell, no dia 16 de agosto, publicou a nota nas redes sociais dois dias antes da estreia dos Patriots na temporada 2019 contra o Pittsburgh Steelers.

Desde o retorno de Gordon, várias pessoas de dentro dos Patriots expressaram como desejam apoiá-lo como jogador de futebol americano e como pessoa.

– O jogo de abertura da temporada 2019 da NFL entre Chicago Bears e Green Bay Packers foi a abertura do campeonato mais assistida desde 2016. A vitória dos Packers por 10 a 3 na noite da última quinta (5) teve uma média de 22,7 milhões de telespectadores na ‘NBC’, bem como no canal e nas plataformas digitais da National Football League.

A audiência do jogo deste ano representou um aumento de 16% em relação ao ano passado, quando uma média de 19,6 milhões de telespectadores viram o Philadelphia Eagles superar o Atlanta Falcons.

– Matt Nagy, técnico do Chicago Bears, não ficou nada satisfeito com o desempenho do ataque de seu time durante a abertura da temporada 2019 da NFL. Os Bears perderam por 10 a 3 para o arquirrival Green Bay Packers, em pleno Soldier Field. E a ineficiência do ataque deixou o head coach de cabelos em pé (o que é impossível porque ele é careca).

“Três pontos é ridículo. Obviamente inaceitável”, falou Nagy. “Começa comigo, então isso – acabei de dizer aos caras que estão lá, isso não é quem somos. Eu fiquei orgulhoso com nossa defesa. Acho que eles ralaram a bunda nesta noite. Ofensivamente, não foi bom o suficiente. E nós vamos consertar isso. Nossos caras sabem disso”, observou.

O quarterback Mitchell Trubisky também deu sua visão sobre o desempenho do ataque comandado por ele e deixou claro que o fato de o jogo terrestre não ter funcionado também contribuiu para o mau rendimento. Foram apenas 46 jardas corridas e Trubisky teve que lançar 45 passes ao todo.

“Eu acho que, quando este ataque está no seu melhor, é um ataque equilibrado com o jogo de corrida e o jogo de passe”, analisou o signal caller, segundo Patrick Finley, do ‘Chicago Sun-Times’.

– Matt LaFleur, técnico do Green Bay Packers, fez história na abertura da temporada 2019 da NFL. E não foi (apenas) por ter vencido o Chicago Bears em seu primeiro jogo oficial como head coach. O comandante da franquia de Wisconsin se tornou o primeiro técnico da NFL a desafiar uma chamada de interferência no passe em uma partida de temporada regular.

No começo do último quarto, em uma jogada de primeira descida para 10 da linha de 42 jardas, o quarterback Mitchell Trubisky, dos Bears, foi para a direita e lançou uma bola para o wide receiver Taylor Gabriel para um ganho de 15 jardas. Então, o técnico de Green Bay desafiou o lance alegando ter visto uma interferência no passe ofensiva de Gabriel. Após a revisão, a marcação no campo (de que não houve falta) foi mantida.

Comments
To Top