NFL

No Huddle – Jordy Nelson se aposentando e Mark Davis ‘fugindo’ do Hard Knocks

Jordy Nelson, wide receiver da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Jordy Nelson está dizendo adeus à National Football League. O wide receiver de 33 anos de idade, que recentemente foi dispensado pelo Oakland Raiders, está se aposentando depois de uma longa jornada na liga que começou em 2008. A informação foi confirmada por James Jones, analista da ‘NFL Network’ e ex-companheiro de equipe de Nelson.

Nelson sempre será lembrado pela dupla que fez com o quarterback Aaron Rodgers durante suas nove temporadas no Green Bay Packers, time que o selecionou na segunda rodada do draft. Lá na franquia de Wisconsin, ele produziu quatro temporadas de 1.000 jardas recebidas (2011, 2013, 2014 e 2016), foi selecionado ao Pro Bowl em 2014 e ajudou os Packers a ganharem o Super Bowl XLV.

O wideout encerra sua carreira profissional com 613 recepções para 8.587 jardas e 87 touchdowns em 151 partidas.

– Mark Davis, proprietário do Oakland Raiders, disse que prefere demitir o técnico Jon Gruden do que ver seu time no Hard Knocks, reality show da ‘HBO’ que mostra um time da NFL selecionado durante o training camp. Para Davis, não é o momento certo para uma aparição do seu time no programa: “seria perturbador. Temos muitos negócios para cuidar, preparar-se para a temporada. Eu aprecio que eles possam pensar que seríamos ótimos para um programa de TV, mas temos algo a realizar”.

Os Raiders são um de cinco times da NFL elegíveis neste ano para o programa, juntamente com o Detroit Lions, o San Francisco 49ers, o New York Giants e o Washington Redskins.

“Eu vou apenas demitir Jon e então contratá-lo de volta (depois que outro time for selecionado)”, brincou Davis, durante o Annual League Meeting da NFL.

– Kliff Kingsbury, novo técnico do Arizona Cardinals, disse durante o Annual League Meeting que vai implementar “pausas para celulares” durante as reuniões do time. Ele fez algo parecido quando era treinador da Universidade de Texas Tech, mas vai adaptar isso para jogadores da NFL. O head coach permitirá que os jogadores chequem seus smartphones a cada 20 ou 30 minutos –  que ele chamou de “bom período” – bem por volta do tempo em que ele começa a ver os atletas perdendo o interesse.

– Conversas entre a NFL e a NFLPA (associação dos jogadores) em relação a um novo acordo coletivo de trabalho, devem começar em abril. A informação foi confirmada por John Mara, proprietário do New York Giants, durante o Annual League Meeting.

– Michael Irvin, ídolo do Dallas Cowboys, revelou em uma postagem no Instagram na última terça que ele passou os últimos dois dias em um hospital em Los Angeles passando por exames para câncer na garganta. O ex-wide receiver, que é membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), notou no post que seu pai morreu de câncer na garganta aos 51 anos de idade.

– Jerod Mayo, ex-linebacker do New England Patriots, está se juntando à comissão técnica da dos Pats, como confirmou a franquia. O jogador fez uma publicação no Instagram falando sobre sua chegada. Mayo deve trabalhar sob o comando do novo coordenador defensivo Greg Schiano.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Dear Friends, Family and Patriots Nation, It is with great excitement, passion, and sense of purpose to share with you that I have accepted Coach Belichick’s offer to rejoin the New England Patriots as a Coach. I am eager to get started and work hard alongside so many of my former coaches and teammates, all who I know to be solely focused on maintaining the winning culture we have come to know as the Patriot Way. I want to thank my loved ones, The Kraft Family, Bill Belichick and most importantly my wife Chantel and our four children, for their constant support as we enter this exciting new chapter of our lives. LETS GOOOOOOOOOO!!!!!!!! #lfg #i’mback #unfinishedbusiness #patriots

Uma publicação compartilhada por Jerod Mayo (@jerod_mayo51) em

– Demaryius Thomas, ex-wide receiver do Denver Broncos e do Houston Texans, confessou sua culpa nesta quarta de uma acusação de dirigir de maneira imprudente, resultando em lesão. Thomas esteve envolvido em um acidente de trânsito no dia 16 de fevereiro, dias depois de ser dispensado pelos Texans. O atleta terá que pagar uma multa de US$300, completar 50 horas de serviços comunitários e ficará um ano em liberdade condicional.

– O proprietário majoritário da Alliance of American Football (AAF) disse ao ‘USA Today Sports’ que a liga está sob risco de falir sem a ajuda da National Football League Players Association (NFLPA), sindicato dos atletas da NFL. Tom Dundon, que se tornou o presidente da AAF no mês passado, falou em uma recente entrevista que a NFLPA não está cooperando com sua liga se recusando a permitir que a AAF utilize jovens jogadores da NFL.

“Se a união dos jogadores não está nos dando jovens jogadores, não podemos ser uma liga de desenvolvimento. Estamos olhando para nossas opções, uma das quais é descontinuar a liga”, afirmou Dundon.

– O quarterback Lamar Jackson, do Baltimore Ravens, está focado em melhorar os lançamentos e vem trabalhando na Flórida com seus wide receivers. “Um número de recebedores foram lá treinar com ele. Ele tem outros recebedores, outros lugares – não sei quem eles são – mas ele vem lançando regularmente e acho que ele vai aumentar isso conforme for se aproximando”, declarou o técnico John Harbaugh.

– Mike Zimmer não esconde seu desejo de que o cornerback Xavier Rhodes volte a jogar no seu melhor nível. “Eu apenas não acho que ele jogou tão bem quanto pode jogar. Ele precisa jogar no nível da sua habilidade. Estamos pagando muito dinheiro a ele. Ele tem que fazer valer aquele contrato”, falou o head coach dos Vikings, durante o Annual League Meeting.

– Entrando no ano final de seu contrato com o Seattle Seahawks, Bobby Wagner tem futuro incerto. Mas o técnico Pete Carroll mostrou um tom otimista e disse que as duas partes “tiveram algumas conversas”: “ele é um jogador incrível e tem sido uma parte incrível do nosso programa e da comunidade e tudo isso. Bobby será um Seahawk”.

– O general manager Les Snead, do Los Angeles Rams, disse no Annual League Meeting que trazer de volta o defensive tackle Ndamukong Suh está “praticamente garantido como fora de cogitação”, segundo a ‘ESPN’.

– O Atlanta Falcons está mirando renovações com o wide receiver Julio Jones e o defensive tackle Grady Jarrett e, até agora, as negociações estão caminhando bem.

– Depois de utilizar a franchise tag no pass rusher Jadeveon Clowney, o Houston Texans tem até o meio de julho para tentar acertar um contrato de longa duração com o defensor. E, segundo o técnico Bill O’Brien, as negociações com Clowney serão “interessantes”.

Comments
To Top