NFL

No Huddle – John Lynch explica ‘fuga’ de Odell Beckham e Antonio Brown, e T.J. Lang se aposenta

Odell Beckham Jr., wide receiver da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de o nome do San Francisco 49ers ser ligado aos wide receivers Odell Beckham Jr. e Antonio Brown mais cedo nesta offseason, ambos os recebedores rumaram para outros lugares (Cleveland Browns e Oakland Raiders, respectivamente). E, nesta sexta-feira (29), o general manager John Lynch confirmou em entrevista que o time californiano sondou Beckham. Mas, com o New York Giants querendo a segunda escolha geral do draft, o negócio não foi selado.

“Eu acho que, ironicamente, o fato de termos a segunda escolha fez com que fosse mais difícil porque eles queriam muito. Eles queriam duas na primeira (rodada), e nós não estávamos dispostos a ceder isso. Isso é uma escolha muito valiosa, mesmo para um jogador da magnitude dele. Então, tentamos criar maneiras diferentes para reduzir e isso não deu certo, então você segue em frente”, afirmou Lynch, em entrevista à rádio ‘KNBR-AM’.

Já em relação a Antonio Brown, o GM dos 49ers havia dito em fevereiro que não teve conversas com o Pittsburgh Steelers sobre adquirir o WR em troca. Ele reiterou nesta sexta que San Francisco não tinha mesmo a intenção de trazer o talentoso wideout.

“Nós demos uma olhada rápida e depois dissemos: ‘ei, não estamos interessados nisso para o nosso time’. É onde estamos. Eu acho que nos sentimos muito bem em relação ao nosso grupo de recebedores. Sei que muitas pessoas não compartilham dos nossos sentimentos”, frisou Lynch, aparentemente referindo-se à personalidade complicada de Brown.

– Duas vezes selecionado ao Pro Bowl, o guard T.J. Lang anunciou sua aposentadoria. Em uma postagem na rede social nesta sexta, o jogador de linha ofensiva escreveu: “nos últimos 3.624 dias, eu acordei com um objetivo em mente: como posso ser um jogador profissional de futebol americano melhor do que fui ontem? Bem, esses dias estão chegando ao fim agora. A única coisa que me pergunto hoje é como posso ser um melhor marido, pai, filho, irmão, amigo”.

Atualmente com 31 anos de idade, Lang jogou dez temporadas na NFL e foi dispensado pelo Detroit Lions no dia 8 de março. Ele acumulou passagens por Green Bay Packers, time que o draftou na quarta rodada em 2009 e onde ficou até 2016, e pelos Lions.

– Sean Payton, técnico do New Orleans Saints, criticou atual tendência de contratação de treinadores na NFL e afirmou que muitos times estão com a mente fechada demais. Em entrevista à ‘NFL Network’, o head coach disse que vê “muitos erros cometidos nesse processo” quando as equipes ficam “fechadas” na busca por um tipo específico de técnicos (leia-se head coaches com mentalidade ofensiva ou clones de Sean McVay).

“E assim estamos empolgados para jogar contra esses times”, afirmou Payton, frisando que a NFL tem um “problema de diversidade” nas suas contratações de técnicos. “Não é frustrante, mas a questão que pode ser decepcionante é quando você fala com alguém e eles lhe dão o perfil. E então eu direi: ‘bem, você não está interessado em um jovem Bill Belichick ou um jovem Tony Dungy?’. Eles ficam tão rotulados, porque isso é cíclico, certo? E, então, você diria que, se fôssemos um pouco para a história, head coaches bem-sucedidos provavelmente vêm do Leste e do Oeste, do Norte e do Sul, eles provavelmente vêm de ambas as cores, e provavelmente vêm da defesa e do ataque, e são bons líderes – eles são grandes líderes”, completou.

– O cornerback Byron Jones, do Dallas Cowboys, passou por uma cirurgia no quadril nesta semana que foi descrita como uma limpeza, segundo informações de Todd Archer, da ‘ESPN’ norte-americana, e de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Jones tem chances de estar pronto para o training camp, em julho, mas ficará sob observação, de acordo com Rapoport.

– Emocionado, Malcolm Mitchell, ex-wide receiver do New England Patriots, explicou sua decisão de se aposentar do futebol americano profissional aos 26 anos de idade. “O que mais dói é que foi tão infeliz. Estava fora do controle de todo mundo. Foi apenas exatamente como deveria ser; infelizmente, não é o jeito que eu acho que todo mundo queria que fosse. Definitivamente não é o que eu queria”, disse Mitchell, depois de ler para alunos do ensino fundamental como parte do seu trabalho para incentivar o hábito da leitura entre jovens.

– O cornerback Joe Haden seguiu o caminho oposto de muitos e tirou a responsabilidade do head coach Mike Tomlin pelo drama do Pittsburgh Steelers. “Ele tem controle completo da equipe. Você tem duas situações totalmente diferentes com Le’Veon Bell e Antonio Brown. Isso é o que é. Isso é negócio. Você não pode culpar o treinador por isso”.

– Joel Glazer, co-presidente do Tampa Bay Buccaneers, revelou que a franquia da Flórida manteve o general manager Jason Licht no cargo para evitar “muita instabilidade que não leva ao sucesso”.

– O running back Derrick Henry poderá ser peça chave no Tennessee Titans em 2019 após ter mais de mil jardas na temporada e somar 585 jardas em 87 carregadas nos últimos quatro jogos do ano. “Acho que é aí onde gostaríamos de começar nosso plano. Se Derrick puder fazer o que fez no final do ano passado no começo deste ano, ele certamente terá mais oportunidades”.

– O head coach Frank Reich planeja que o Indianapolis Colts seja uma das principais equipes correndo com a bola em 2019. “Nosso objetivo é estar no top 5, top 7 em corridas”, declarou.

– Joe Bellino, ex-jogador do New England Patriots e vencedor do Heisman Trophy, morreu aos 81 anos.

Comments
To Top