NFL

No Huddle – Jogador do San Francisco 49ers testa positivo para COVID-19; time está em quarentena

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Um jogador do San Francisco 49ers que estava treinando com companheiros de equipe em Nashville testou positivo para o COVID-19. A informação foi confirmada pelos jornalistas Ian Rapoport e Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, nesta sexta-feira (19).

O grupo inteiro, que inclui todos os quarterbacks dos 49ers (entre eles o titular Jimmy Garoppolo) e outros jogadores importantes, foram testados nesta sexta e estão aguardando os resultados, de acordo com Tom Pelissero, também da ‘NFL Network’.

Pelissero ainda observou que aqueles que estavam em Nashville estão de isolados até novo aviso. Alguns jogadores estão tentando descobrir como e quando podem viajar, enquanto outros permanecerão em Nashville, acrescentou Garafolo.

“As leis federais e estaduais de privacidade proíbem nossa organização de comentar sobre a saúde pessoal de nossos funcionários”, afirmou a franquia californiana, em nota oficial.

É a última notícia de um teste positivo durante uma semana em que Rapoport e Pelissero noticiaram que vários jogadores do Houston Texans e Dallas Cowboys, incluindo o running back Ezekiel Elliott, testaram positivo para o novo coronavírus. Isso além do defensive back Kareem Jackson, do Denver Broncos, que disse a James Palmer, também da ‘NFL Network’, que ele também testou positivo para o coronavírus.

– O New England Patriots está oferecendo aos detentores de ingressos da temporada que estão no grupo de risco de infecção pelo COVID-19 a chance de pular a temporada 2020 da NFL e ainda terem seus assentos garantidos para os jogos da temporada 2021.

A política parece ser a mais generosa – ou talvez cautelosa – já anunciada por uma equipe da NFL em resposta à pandemia de coronavírus, indo além da oferta geral da liga de um reembolso total por jogos não disputados e permitindo que os fãs optem por sair com antecedência “se por causa da idade ou de uma condição de saúde subjacente (eles) estiverem em uma população que CDC identificou estar em maior risco de doença por COVID-19”.

“Ao concluir este contrato agora, a localização do seu assento estará protegida para a temporada 2021”, disse a franquia de Foxborough, em um e-mail enviado para os ticket holders nesta semana, cuja cópia foi obtida pela agência de notícias ‘The Associated Press’.

– Um dos treinadores assistentes do Tampa Bay Buccaneers testou positivo para o novo coronavírus e outros dois assistentes dos Bucs estão de quarentena. A informação foi apurada pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

O assistente não-identificado dos Buccaneers que testou positivo está assintomático, segundo fontes.

A notícia chega poucos dias depois que o técnico de Tampa Bay, Bruce Arians, e sua equipe voltaram ao centro de treinamento da equipe em Tampa pela primeira vez desde o início da pandemia de coronavírus. Os jogadores ainda não estão autorizados a retornar ao centro de treinamento.

– Um monumento em homenagem a George Preston Marshall, ex-proprietário e primeiro dono do Washington Redskins, foi removido nesta sexta do ex-estádio da franquia, o RFK Stadium.

Tendo sido previamente vandalizado, o monumento foi removido por uma equipe de construção e coletado pela Events DC.

A Events DC, dona e administradora do RFK Stadium, juntamente com o Nationals Park e o Walter E. Washington Convention Center, emitiu a seguinte declaração do presidente Max Brown e do CEO Greg O’Dell:

“Esta manhã, a Events DC removeu a estátua memorial de George Preston Marshall, que ficava em frente ao RFK Stadium. Esse símbolo de uma pessoa que não acreditava que todos os homens e mulheres foram criados iguais e que realmente trabalhou contra a integração é contra tudo o que nós, como pessoas, cidade e nação, representamos. Acreditamos que a injustiça e a desigualdade de todas as formas são repreensíveis e estamos firmemente comprometidos em enfrentar um tratamento desigual e em trabalhar juntos para curar nossa cidade e país.

“A remoção desta estátua é um passo pequeno e atrasado no caminho para uma igualdade e justiça duradouras. Reconhecemos que podemos fazer melhor e agir agora. Ouvimos muitas de nossas partes interessadas na comunidade e agradecemos. Permitir que o memorial permaneça no campus da RFK vai contra os valores de inclusão e igualdade da Events DC e é um símbolo perturbador para muitos na cidade em que servimos”.

Marshall foi dono dos Redskins desde o início da franquia, em 1932, até sua morte em 1969. Os Redskins não contrataram um jogador negro para seu elenco – Bobby Mitchell – até 1962.

Marshall é membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), tendo entrado na classe de 1963, e os Redskins ganharam dois títulos da NFL (1937 e 1942) quando ele era dono da organização.

– O tight end Colby Parkinson, calouro do Seattle Seahawks, fraturou um osso em seu pé durante um treino recente. A informação foi noticiada em primeira mão pela ‘NFL Network’ e confirmada por Jeremy Fowler, da ‘ESPN’ norte-americana.

Os Seahawks não acreditam que a lesão de Parkinson vai encerrar a temporada do jogador antes mesmo de começar.

Segundo a ‘NFL Network’, é uma fratura do tipo Jones que ele havia reparado cirurgicamente no dia 2 de junho. Uma fratura Jones ocorre no quinto metatarso do pé e quase sempre requer cirurgia.

Parkinson foi selecionado pelos Seahawks na quarta rodada do Draft NFL 2020, com o jogador tendo saído da Universidade de Stanford. Lá, ele fez 48 recepções para 589 jardas e um touchdown em 2019.

Comments
To Top