NFL

No Huddle: Joe Thomas: futebol americano não é vida ou morte

Joe Thomas, offensive tackle do Cleveland Browns

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de Jamal Adams, calouro do New York Jets, ter falado que o campo de futebol americano seria “o lugar perfeito para morrer”, Joe Thomas deu a sua visão sobre a declaração de Adams.

“Você vê uma espécie de mentalidade old school no futebol americano que é ensinado para muitos jogadores. É tudo relativo à mentalidade de guerreiro em que você tem que dar tudo pela equipe. É assim que você tira o máximo proveito dos seus jogadores”, disse o offensive tackle do Cleveland Browns.

“Mas é importante que todos os jogadores compreendam que jogamos o esporte e isso não é tão sério. Nós sempre temos que pensar na nossa saúde e segurança quando estamos lá. Ao entender que isso é um esporte de entretenimento. Isso não é vida ou morte”, completou Joe Thomas.

– Jim Gallagher, executivo do Philadelphia Eagles, morreu aos 88 anos após passar quase meio século na organização da Pensilvânia. A equipe da Filadélfia confirmou que ele faleceu na sexta-feira, mas não deu mais detalhes.

– O quarterback Derek Carr sabe muito bem o que ele quer fazer na organização do Oakland Raiders. “Ganhar um Super Bowl. E não apenas um, mas vários”.

– Robert Kraft, proprietário do New England Patriots, surpreendeu e presenteou a mãe de Tom Brady, Galynn, com um anel da conquista do Super Bowl LI. A mãe do quarterback compareceu à grande final após perder boa parte da temporada porque estava tratando um câncer.

– O Arizona Cardinals tem Carson Palmer como seu quarterback titular e Drew Stanton como reserva, entretanto o head coach Bruce Arians deixou em aberto a possibilidade de Blaine Gabbert se tornar o signal caller número 2. “Há uma chance. Mas é um longo caminho a se percorrer. Drew conhece nosso ataque muito bem”.

– Adrian Peterson não joga um snap na offseason desde 2013, contudo o running back do New Orleans Saints está com um sentimento diferente nesta temporada após mudar de equipe pela primeira vez na carreira. “Talvez eu esteja um pouco mais com vontade nessa offseason. Além disso, eu não sei como eles fazem as coisas. Se os titulares vão lá e jogam independentemente do que acontecer. Quando chegar o momento, falaremos mais sobre isso”.

– Trent Baalke, ex-general manager do San Francisco 49ers, foi contratado pela National Football League para ser consultou de operações de futebol americano, informou Adam Schefter, da ‘ESPN'. Ele terá um papel consultivo em assuntos relacionados a jogos, arbitragem, desenvolvimento e avaliação de jogadores e revisão de jogadas, disseram fontes.

– Apesar de estar fazendo um boicote ao training camp do Oakland Raiders para conseguir um novo contrato, o left tackle Donald Penn vem trabalhando com o Hall of Famer Jackier Slater no Sul da Califórnia.

– O ex-wide receiver Chad Johnson visitou o training camp do Detroit Lions e elogiou o calouro Kenny Golladay. “Eu não sou um olheiro, mas Golladay irá ser especial”.

– O Arizona Cardinals assinou contrato com os linebackers Josh Baynes e Terence Waugh.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top