NFL

No Huddle – Ídolo do Miami Dolphins, center Jim Langer morre aos 71 anos de idade

Jim Langer, ex-center do Miami Dolphins

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O center Jim Langer, membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), morreu aos 71 anos de idade, como confirmou a esposa do astro. Langer morreu na última quinta em Coon Rapids, Minnesota, em um hospital perto de sua casa. A morte foi causada por um problema relacionado ao coração.

Langer fez parte da linha ofensiva que ajudou os Dolphins a ter uma temporada perfeita em 1972. Ele jogou todos os snaps ofensivos de um time que teve 17 vitórias e nenhuma derrota.

Jim Langer foi eleito para o Hall da Fama no primeiro ano de elegibilidade, foi seis vezes selecionado ao Pro Bowl, foi quatro vezes para o time All-Pro e entrou para o time da Década de 1970 da NFL. Ele foi eleito o MVP dos Dolphins em 1975 e atuou na NFL até 1981, passando suas últimas duas temporadas no Minnesota Vikings.

– Thomas Dimitroff, general manager do Atlanta Falcons, disse nesta semana que o time continua “a estar muito próximo” de um novo contrato com o wide receiver Julio Jones, um dos principais astros do time.

“Obviamente, Julio é um jogador especial para nós e, é claro, nós gostaríamos de fechar isso o mais rapidamente possível”, falou Dimitroff, segundo o site oficial da franquia da Geórgia.

As palavras do GM vão ao encontro do que Arthur Blank, proprietário dos Falcons, disse recentemente. O dono do time frisou que ele espera fechar um acordo com Jones antes da estreia na temporada contra o Minnesota Vikings, no dia 8 de setembro.

– Bill O’Brien, técnico do Houston Texans, deixou claro nesta sexta que a prioridade da franquia em meio ao boicote que está sendo feito por Jadeveon Clowney será o que estiver no melhor interesse do time. Seja trocar o pass rusher ou deixá-lo ficar afastado por quanto tempo quiser.

– Faltas de holding ofensivo (segurada) subiram em 71% durante a pré-temporada da NFL em 2019 em comparação ao mesmo período do ano passado. Isso é o resultado de um ponto de ênfase nesse tipo de penalidade que a liga orientou seus árbitros a fazerem. A falta de holding ofensivo acarreta em uma penalidade de 10 jardas.

Comments
To Top