NFL

No Huddle – Jerry Jones: renovação de Goodell não pode ser aprovada por apenas alguns

Jerry Jones, proprietário e general manager do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de lesões de NFL do Quinto Quarto

– Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys, disse que o processo que ele está considerando arquivar contra a NFL e outros donos de equipe não tem nada a ver com o que ele acredita sobre o como o running back Ezekiel Elliott foi tratado após a investigação da liga sobre uma acusação de violência doméstica.

“Basicamente sinto que a renovação do contrato de Roger Goodell deve ser revisada e aprovada por todos os proprietários e não apenas por apenas alguns proprietários”, disse Jones.

– Ben McAdoo, head coach do New York Giants, acredita que as críticas anônimas dos jogadores ao seu trabalho não são reais. “Acho que eles estão ansiosos para jogar e voltar a campo. Quando você sofre um revés como na semana passada e há algumas fake news (notícias falsas), isso é um drama”.

Além disso, os jogadores não gostaram dos comentários feitos anonimamente. “Isso veio do lado da defesa do vestiário. Só queremos que ele venha a público e seja homem”, disse o safety Landon Collins. “É uma m**** que algo desse tipo foi dito”, completou o capitão da defesa Jonathan Casillas.

– Jermaine Kearse, wide receiver do New York Jets, acredita que é inevitável que os jogadores não se lesionem em partidas na quinta-feira. “Este jogo tem uma taxa de lesão de 100%. Essa é a verdade”.

– Russell Wilson, quarterback do Seattle Seahawks, ficou muito perto de ser sacado no jogo da quinta, mas conseguiu fazer uma grande jogada e encontrar Doug Baldwin. Ao ser questionado quantos signal callers conseguiriam fazer isso, o wide receiver disse: “um. Apenas uma”.

– Von Miller, linebacker do Denver Broncos, acredita que as penalidades que ele comete fazem parte do trabalho. “Os sacks vão vir, então os false starts e as penalidades são como impostos. Eu gostaria de manter meus impostos no mínimo”.

– Antoine Bethea e Carlos Hyde – respectivamente safety e running back dos 49ers -, e Haason Reddick e Frostee Rucker – linebacker e defensive lineman dos Cardinals respectivamente – foram multados em US$ 9.115 por violência desnecessária. Já A.J. Green, wideout dos Bengals, em US$ 42 mil pela briga com Jalen Ramsey.

– O advogado de O.J. Simpson informou que a ex-estrela da NFL foi banido do The Cosmopolitan hotel-casino, em Las Vegas. Contudo, negou que seu cliente estava bêbado ou arrumou confusão no cassino.

– Anthony Fasano, tight end dos Dolphins, parou de utilizar as mídias sociais. “Eu estava prestando muita atenção no telefone. Eu tomei uma pausa e minha vida melhorou”, afirmou.

– Cam Newton, quarterback dos Panthers, está confiante. “Estou no meu sétimo ano, você tem uma sensação especial em uma temporada. Com a liderança de veteranos que temos, sinto como se não pudéssemos fazer nada errado”.

Comments
To Top