NFL

No Huddle: Jay Cutler bem, retorno de Branden Albert e estreia de Myles Garrett

Jay Cutler, quarterback do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– De acordo com o head coach Adam Gase, o quarterback Jay Cutler pareceu o “mesmo” em seu primeiro dia de treino no Miami Dolphins. “Ele disse que se sentia bem. Ele não vai amenizar nada comigo”.

“Meu braço está bem. Ele não ficou dolorido. Antes de tudo temos que recuperar toda a força e coisas desse tipo”, afirmou Cutler.

A melhor temporada do jogador de 34 anos foi com Adam Gase como coordenador ofensivo do Chicago Bears e 2015 e o comandante dos Fins elogiou a memória do signal caller. “Ele lembra basicamente tudo do ataque. Para ele é basicamente a sensação de acelerar. É uma coisa para lançar rotas, mas ir lá, ser capaz de ter algumas repetições e ser capaz de ver tudo se desenvolver, a linguagem dos nossos jogadores e como eles correm as rotas, essa é a grande diferença”.

– O offensive tackle Branden Albert, que se aposentou na última semana após nove temporadas na NFL, se encontrou com o Jacksonville Jaguars, informou Ian Rapoport e Mike Garafolo, ambos da ‘NFL.com’. Albert teria informado a sua intenção de voltar a jogar. Nesta terça-feira, ele foi colocado na lista de reservas/aposentados. Apesar disso, a franquia da Flórida ainda detém os diretos do jogador, mas dá a entender que não tem interesse no retorno do atleta.

– O defensive end Myles Garrett quer ter uma boa primeira exibição com o Cleveland Browns. “Não importa se é pré-temporada ou scrimmage. Eu vou tentar ter uma performance dominante sempre que eu for a campo”, disse ele ao ‘The Plain Dealer’.

– Corey Coleman, wide receiver do Cleveland Browns, não será acusado por um incidente que deixou um homem com o tímpano rompido no dia 31 de dezembro, no centro de Cleveland, informou o escritório da procuradoria do condado de Cuyahoga. “As investigações de agressão criminosa falharam em produzir provas suficientes de que Corey Coleman participou do incidente”, afirmou o comunicado.

– O cineasta Spike Lee está promovendo um comício para o quarterback agente livre Colin Kaepernick. Em seu Twitter, Lee, que afirmou que não organizou o protesto, anunciou que o evento está agendado para o dia 23 de agosto no lado de fora da sede da NFL em Nova York.

– O Miami Dolphins e o Baltimore Ravens contemplaram contratar Colin Kaepernick nas últimas semanas e John Mara acredita que o quarterback irá fazer parte de um elenco da NFL em algum momento da temporada.

“Obviamente ele ainda tem futebol americano nele, eu concordo com isso, mas há outras questões que acompanham ele. Ele está disposto a se sentar como reserva? O que ele irá fazer no vestiário? Eu acredito que ele estará de volta à liga em algum momento deste ano”, disse o proprietário do New York Giants.

– Jay Cutler, quarterback do Miami Dolphins, está feliz por ter Ndamukong Suh, jogador de linha defensive, na sua equipe e não perseguindo ele. “Estou feliz por ter ele no meu time. É sempre bom ter um cara como ele do seu lado”.

– Jarvis Landry, wide receiver do Miami Dolphins, afirmou que as alegações de que ele agrediu sua namorada não são verdadeiras e que ele não quer atrair “uma atenção ruim” para a equipe. “Fiz avanços com a equipe e com as forças da lei. Espero que isso seja resolvido rapidamente”.

– Muitas vezes a primeira semana da pré-temporada serve para os jogadores veteranos tirarem a ferrugem, mas ela pode determinar o futuro do quarterback Ryan Mallett, que vem jogando mal no training camp do Baltimore Ravens. Em entrevista coletiva, o treinador John Harbaugh deixou claro que o jogador de 29 anos atuará bastante contra o Washingtn Redskins, na quinta-feira.

– O quarterback Blake Bortles ficou satisfeito com a forma como o Jacksonville Jaguars foi nos exercícios sete contra sete com o New England Patriots, contudo a franquia da Flórida não foi bem nas atividades 11 contra 11. “Não há dúvidas que algumas coisas ruins aconteceram e que devemos corrigir isso e continuar trabalhando, mas acho que se você ver o sete contra sete, não houve muitas vezes que fomos parados. Temos que encontrar uma maneira de levar isso para o 11 contra 11”.

– Algumas pessoas acreditam que o head coach John Harbaugh está pressionado após não levar o Baltimore Ravens em três das últimas quatro temporadas, mas parece que o proprietário Steve Bisciotti tem outra visão. “Eu gosto da mensagem que ele traz. Ele não fala como um cara que está aqui há dez anos. É impressionante como ele rejuvenesce a si mesmo e sua mensagem. Tenho sorte de ter um líder como ele”.

– Tyrod Taylor, quarterback do Buffalo Bills, teve o seu momento “You Like That” nesta terça-feira. Segundo a ‘ESPN’ Taylor “liderou o ataque da primeira equipe em nove jogadas e 70 jardas durante uma campanha de um minuto e 25 segundos em um treino”, após o touchdown, ele olhou para os jornalistas e disse “Write about that!” (Escrevam sobre isso).

– O New Orleans Saints ainda não definiu muito bem como será o seu backfield e listou Mark Ingram e Adrian Peterson como os running backs co-titulares antes da partida de pré-temporada contra o Cleveland Browns.

– Apesar do general manager não ter garantido a titularidade ao running back Doug Martin quando ele voltar de suspensão, o quarterback Jameis Winston tem outra visão. “Estamos jogando essas partidas por Doug. Ele não perdeu nenhuma repetição, como se ele fosse titular na semana 1. . . Ele não vai estar conosco. O que posso fazer para preencher esse buraco? O que posso fazer para ter certeza que não o decepcionarei? Porque teremos ele de volta”, afirmou o signal caller dos Buccaneers.

– Susie Adams Smith está vendendo o seu terço da participação na propriedade do Tennessee Titans. Sua irmã também tem um terço da equipe e continuará a ser o proprietário a controlar a equipe.

Comments
To Top