NFL

No Huddle – Hue Jackson ainda não decidiu entre DeShone Kizer e Kevin Hogan

Hue Jackson, head coach do Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Hue Jackson, head coach do Cleveland Browns, colocou o quarterback calouro DeShone Kizer no banco para Kevin Hogan entrar em campo no último domingo, entretanto ele não sabe que rumo tomará para a próxima semana. “Eu vou levar algum tempo e continuar a olhar o vídeo para tomar a decisão que eu acho que seja a melhor para o nosso time de futebol americano”, disse Jackson.

– Maurice Alexander, que começou a temporada como Strong safety titular, foi dispensado pelo Los Angeles Rams um dia após ser inativo para o jogo da semana 5.  O movimento abriu espaço para o wide receiver Mike Thomas, que está retornando de suspensão de quatro partidas.

– Malik Jackson, defensive tackle do Jacksonville Jaguars, foi cuidadoso ao falar sobre Ben Roethlisberger, quarterback dos Steelers, mas mesmo assim deu alguns indícios interessantes. “Ben pareceu bem para mim. Você definitivamente poderia dizer que ele estava um pouco mais velho e ele estava ficando um pouco cansado. Para mim, ele é um quarterback de elite”.

– Adam Gase, head coach do Miami Dolphins, instaurou uma nova política na equipe: ou os jogadores ficam de pé durante o hino nacional ou ficam no túnel de entrada ou no vestiário durante a cerimônia pré-jogo.

– Marcus Peters, cornerback do Kansas City Chiefs, voltou a estourar na linha lateral e o head coach Andy Reid comentou isso. “Era um jogo emocional e sabemos que ele é um jogador emocional. Isso não é um segredo. Todo mundo tem sua própria maneira de se comunicar e fazer as coisas. Alguns minutos depois ele está bem. É assim que ele funciona”.

– Joe Thomas, left tackle dos Browns, falou sobre a lesão do defensive end J.J. Watt. “Obviamente foi realmente assustador. Ver um jogador com tanta dor e tanta angústia como ele estava, e eles levaram ele para o hospital. Não consigo lembrar muitas vezes a não ser em lesões na cabeça e no pescoço que te levam direto para o hospital”.

– John Harbaugh, head coach do Baltimore Ravens, confia no cornerback Jimmy Smith. “Eu acho que Jimmy Smith irá se provar nos próximos dois anos e talvez será o melhor. Eu acredito fortemente nisso”.

– Jerry Jones, proprietário e general manager do Dallas Cowboys, achou que sua equipe deixou muito tempo no relógio para Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers, na derrota do domingo. “Sim, acho que todos nós achamos. Nós sabíamos que tinha a possibilidade de eles marcarem três pontos. Você sempre joga com a chance de um turnover, uma falta ou uma jogada como essa. Jogamos com isso e fomos pegos”.

– Bruce Arians, head coach do Arizona Cardinals, assumiu a responsabilidade pela derrota para o Philadelphia Eagles. “Este é um daqueles jogos que todos estão à procura de uma desculpa ou para quem apontar o dedo, mas eu tenho que apontar para mim mesmo porque nossa equipe obviamente não estava pronta para jogar nas três fases do jogo”.

– O linebacker NaVorro Bowman e o running back Carlos Hyde não gostaram de ser banco no San Francisco 49ers. “Eles estão fazendo o que querem fazer, não gosto disse”, disse o primeiro. “Isso não foi relacionado a lesões. Essa foi uma escolha do treinador. Não gosto disso”, completou o tailback.

– Adam Vinatieri, kicker do Indianapolis Colts, bateu uma marca da NFL ao fazer seus 10º field goal da vitória na prorrogação no triunfo por 26 a 23 sobre o San Francisco 49ers. Este foi o 27º chute da vitória dele em quarto quarto ou no overtime.

– John Harbaugh, head coach dos Ravens, não sobre dar uma atualização sobre a lesão do running back Terrance West e deu uma resposta engraçada. “Eu não sou médico, mas brinco ser durante as entrevistas coletivas”.

– Amari Cooper, wide receiver do Oakland Raiders, continua batalhando para atingir seu auge em 2017 e só teve uma recepção em duas vezes que foi o alvo no final de semana. “Eu diria que não foi por estilo de jogo que ele não foi o alvo. Eu gostaria de ver ele receber mais bolas. Para mim, trata-se de execução”, disse o head coach Jack Del Rio.

Comments
To Top