NFL

No Huddle – Ha Ha Clinton-Dix acredita que esta será sua última temporada nos Packers

Ha Ha Clinton-Dix, safety do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O safety Ha Ha Clinton-Dix revelou que acredita que esta é sua última temporada pelo Green Bay Packers. “Neste momento estou jogando cada e todo jogo como se fosse meu último. Não acho que estarei aqui no próximo ano. É assim que eu olho isso. Tenho que ser honesto comigo mesmo. Você tem que ir jogo a jogo”, declarou Clinton-Dix, que está em seu último ano de contrato.

– J.J. Watt, defensive end do Houston Texans, falou sobre a competição por sacks com seu irmão T.J. Watt, linebacker do Pittsburgh Steelers. “Isso vem sendo muito competitivo. Sempre foi assim. Esta é a primeira vez na liga que temos a chance dos dois estarem saudáveis ao mesmo tempo. Somos os maiores fãs uns dos outros. Um torce para o outro. Nós competimos, mas, no final do dia, se ele tiver 500 sacks, estarei feliz”.

– O quarterback Mitchell Trubisky não quer perder a boa fase que vive no Chicago Bears e seguirá jogando com uma cinta de compressão no ombro. “Eu tive um corte há algumas semanas e isso reabriu contra Arizona (na semana 3). Então eu cobri com isso. Você joga bem e surge alguma superstição. Vou continuar a usar a proteção”.

– Depois de falar que a jogada que gerou intercepção de Dak Prescott é “a pior jogada que você poderia fazer”, o wide reicever Allen Hurns, do Dallas Cowboys, se defendeu. “Não questionei (a jogada). Todo mundo sabe que não é uma boa jogada contra dois marcadores. Então, o que é lamentável para nós é que esse foi o único snap com marcação dupla”.

– Troy Aikman, quarterback Hall of Famer, comentou a situação vivida por Dak Prescott. “Quando você está mal, se levante, pegue o snap e tente ganhar algum ritmo como o ataque. Acho que, por outro lado, eles têm o jogo corrido e não tem um tight end. Isso os limita em algumas coisas. Ele precisa ser mais preciso”.

– Bill Belichick, head coach do New England Patriots, elogiou o ataque do Kansas City Chiefs. “Eles são todos perigosos. Você não pode parar um cara nesse ataque. Eles têm muitos caras. O quarterback não é um problema. Os running backs, os wide receivers, os tight end são os problemas. Todos são o problema”.

– O quarterback Colin Kaepernick entrou com um pedido de registro de marca de uma imagem em preto e branco de seu rosto e seu cabelo power black.

– Michael Bennett, defensive end do Philadelphia Eagles, elogiou o running back calouro Saquon Barkley, do New York Giants. “Não vi um running back assim há muito tempo. Acho que ele me lembra um par de running backs. Ele tem a mudança e os pés rápidos como Marshawn Lynch e o equilíbrio de LeSean McCoy. Mas ele também tem a velocidade de Jamaal Charles. Ele é uma ótima combinação como running back”.

Comments
To Top