NFL

No Huddle – Glover Quin está se aposentando após 10 temporadas

Glover Quin, ex-safety da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Glover Quin, ex-safety do Detroit Lions e do Houston Texans, decidiu se aposentar depois de dez temporadas dedicadas à National Football League.

Atualmente com 33 anos de idade, Quin foi uma peça importante no backfield defensivo dos Lions desde que ele fechou com o time antes da temporada 2013, tendo sido titular em todos os jogos em suas seis temporadas em Detroit. Lá, ele foi selecionado ao Pro Bowl e foi para o segundo time All-Pro em 2014, mesmo ano em que liderou a NFL em interceptações.

Entre os Lions e os Texans, Quin foi titular nos 148 jogos finais de sua carreira profissional e foi titular em 156 dos 159 jogos que disputou na carreira profissional. Ele somou 737 tackles, 24 interceptações, 85 passes defensivos, dez fumbles forçados, quatro sacks e dois touchdowns defensivos em seus 10 anos na liga.

“Jogar um esporte profissionalmente sempre foi um sonho meu. O futebol americano foi a rota que eu escolhi e Deus me abençoou para que eu fosse capaz de perseverar através dos momentos difíceis e jogar 10 anos na NFL. Eu sou tão grato pela oportunidade que tive de jogar na NFL com tantos grandes jogadores e duas grandes organizações”, escreveu Quin, em mensagem enviada à ‘ESPN’ norte-americana.

Quin também anunciou sua aposentadoria através de seu Instagram oficial.

O Detroit Lions agradeceu a Quin pelas contribuições à franquia.

– O defensive tackle Kendrick Norton, do Miami Dolphins, está começando nesta semana sua reabilitação de um acidente de carro que levou à amputação de seu braço esquerdo, ocorrido na semana passada. E a NFL está ajudando o jogador.

A liga disse na manhã desta terça (9) a Norton que todas as despesas médicas do atleta serão cobertas sob a apólice de seguros da liga e dos Dolphins, segundo Malki Kawa, agente do jogador.

Norton publicou uma mensagem no story de seu Instagram na segunda, mostrando o polegar em sinal positivo e escrevendo: “estou bem, obrigado a todos que chegaram até mim! Estou bem, obrigado pelas orações para Deus ser a glória”.

A imagem foi capturada e compartilhada por David Furones, repórter do ‘South Florida Sun Sentinel’.

– Jimmy Garoppolo, quarterback do San Francisco 49ers, está cada vez mais perto de voltar de sua ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, que o tirou da maior parte da temporada 2018. O signal caller participou de forma limitada dos treinos de offseason, mas no training camp, a partir do dia 26 de julho, ele pretende estar 100%.

“Espero que sim. A comissão técnica, os treinadores, nós meio que montamos um plano e tudo mais. Vamos avaliar a situação à medida em que nos aproximamos dela. Estou bem para ir. Finalmente”, declarou Garoppolo ao ‘Pro Football Talk’, nesta terça.

– O running back Duke Johnson, do Cleveland Browns, não está mais trabalhando com sua antiga representante, Kristin Campbell, do 40 Sports & Entertainment Group. Agora, o atleta está trabalhando sem um agente.

As informações são de Ian Rapoport, jornalista da ‘NFL Network’.

Normalmente, jogadores trocarem de agentes não é nada digno de notícia, mas dada a tentativa frustrada de Johnson de ser trocado pela franquia de Ohio, a decisão é interessante.

– Rob Gronkowski, ídolo do New England Patriots, revelou recentemente que está feliz em sua aposentadoria. Mas, ao que parece, o ex-tight end resolveu matar a saudade de agarrar passes de seu antigo quarterback.

Gronk recebeu passes de Brady durante um trabalho privado realizado na última segunda, em UCLA, como noticiou Andrew Callahan, do ‘Mass Live’. O tight end estava em Los Angeles para um jogo beneficente de basquete.

– O Draft Suplementar da NFL 2019 será realizado nesta quarta-feira (10), via e-mail, às 14h (de Brasília). A informação foi noticiada por Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Cinco jogadores estão elegíveis para serem selecionados: o defensive back Jalen Thompson (Washington State), o wide receiver Marcus Simms (West Virginia), o linebacker Shyheim Cullen (Syracuse), o tight end Devonaire Clarington (Northland – Minn.) e o defensive back Bryant Perry (St. Francis).

Thompson e Simms são os únicos dois que devem ser selecionados com escolhas de rodadas intermediárias/avançadas.

– O linebacker Jaylon Smith, do Dallas Cowboys, não está preocupado com um futuro novo contrato com o time, como disse o defensor de 24 anos de idade à ‘SiriusXM NFL Radio’, na última segunda. Smith está apenas focado na temporada 2019.

“É, definitivamente, uma realidade. Em algum momento, os jogadores de elite precisam receber seus investimentos. Para mim, trata-se apenas de abraçar a temporada em que estou. No meu ano de redshirt, quando eu estava me recuperando (de lesão), eu abracei. No meu primeiro ano voltando, eu não estava 100 por cento, mas eu dei tudo o que consegui, aprendi toda semana. Eu abracei aquela temporada. Na última temporada, foi um ano fenomenal para voltar a ser o jogador de elite que sou, eu abracei”, falou. “Quando foi a hora de Jerry (Jones) entregar o cheque, vai acontecer, sabe, mas eu só tenho que abraçar onde estou. Sou abençoado com certeza”, completou.

– A NFL anunciou nesta terça que vai realizar o NFL International Combine na Alemanha, em uma instalação esportiva de treinos perto de Colônia, no dia 19 de outubro. O evento vai ser parecido com o NFL Scouting Combine, realizado tradicionalmente em Indianápolis.

Na temporada passada, o International Combine foi realizado na Austrália.

“Após o International Combine inaugural no ano passado na Austrália, estamos empolgados em explorar os talentos internacionalmente”, disse Damani Leech, diretor de operações internacionais da NFL, em comunicado. “Desde 2017, o International Player Pathway da NFL tem oferecido aos atletas internacionais a oportunidade de competir no nível NFL e desenvolver suas habilidades, e esperamos descobrir novos talentos por meio desse evento na Alemanha”, completou.

O International Combine vai receber 50 atletas selecionados para passar por testes em frente dos avaliadores de talento da NFL.

Comments
To Top