NFL

No Huddle – Giants iam entrevistar Dorsey; Gettleman é o favorito para o cargo de GM

John Dorsey, general manager do Cleveland Browns

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– De acordo com fontes da ‘ESPN’, o Cleveland Browns contratou John Dorsey como o seu novo general manager antes de o New York Giants ter chances de entrevistá-lo. Dorsey iria conversar com o Big Blue na terça-feira. Sabendo disso, a franquia de Ohio agiu da maneira mais ágil o possível para substituir Sashi Brown e garantir o ex-executivo dos Chiefs.

– Dave Gettleman, ex-general manager do Carolina Panthers, surgiu como o favorito para ser o novo homem forte do New York Giants, que demitiu Jerry Reese e o head coach Ben McAdoo recentemente.

– O contrato assinado pelo head coach Jim Caldwell no começo do ano com o Detroit Lions oferece menos estabilidade do que inicialmente se pensava. O acordo só garante ao treinador a temporada de 2018, sendo que os anos seguintes são opções de equipe e, caso a opção seja rejeitado, a franquia de Michigan só precisa pagar o salário do ano seguinte para Caldwell.

– Segundo Mike Garafolo, da ‘NLF Network, o head coach John Fox “aceitou o seu destino”, dizendo para diversas pessoas que ele acredita que será demitido pelo Chicago Bears ao término da temporada de 2017.

– Tom Brady, quarterback do New England Patriots, se desculpou com o coordenador ofensivo Josh McDaniels pela discussão que os dois tiveram na semana passada em Buffalo. “Eu quero me desculpar com Josh pela última semana. Sei que nossos treinadores trabalham realmente duro e eles são os responsáveis por nos colocar em uma boa posição para ter sucesso. Só quero tirar isso do meu peito”.

– A suspensão uma partida de Marcus Peters dada pelo Kansas City não foi apenas pelas atitudes do cornerback em campo na semana passada. O jogador de 24 anos também cuspiu em um treinador após discussão no caminho para o aeroporto após a partida contra os Jets, informou Mike Garofolo.

– Malik McDowell, defensive lineman do Seattle Seahawks, foi preso por conduta desordeira em uma boate na área de Atlanta no começo deste domingo. A franquia do estado de Washington se recusou a comentar o caso.

– Bill Duggan, que serviu como bombeiro voluntário em New York por mais de quatro décadas, recebeu dois ingressos para o Super Bowl, que será disputado em Minneapolis em fevereiro. O homem está batalhando contra o câncer e recebeu o presente do comissário Roger Goodell.

– Baker Mayfield, quarterback de Oklahoma, foi anunciado como o vencedor do Heisman Trophy em seu terceiro ano em que termina no top 5 da votação para a premiação. Ao longo da campanha de 12-1, que culminou com o título da Big 12, ele completou 262 passes em 369 tentativas para 4.340 jardas, 41 touchdowns e cinco interceptações.

– J.J. Watt, defensive end do Houston Texans, está lidando bem com a fratura que sofreu na perna. “A grande diferença desse ano com a do ano passado é que não estou entrando em depressão, no modo injured reserve. Ainda estou otimista, me divertindo e me aproveitando. Se você ficar para baixo, daí você terá tempos difíceis”.

– A audiência de arbitragem entre o ex-general manager Scot McCloughan e o Washington Redskins foi marcado para o dia 18 de dezembro. A disputa se dá em torno da demissão do executivo, que quer recuperar o US$ 2,8 milhões que perdeu quando foi dispensado.

– Quinton Jefferson, defensive lineman do Seattle Seahawks, explicou a confusão que teve com os torcedores após ter sido expulso. “Não vou deixar alguém me desrespeitar, jogar uma cerveja só porque estou jogando futebol americano. Ainda sou um ser humano. Ainda sou um homem”.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top