NFL

No Huddle – Tight end dos 49ers, Garrett Celek anuncia aposentadoria

Garrett Celek, tight end da NFL

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O tight end Garrett Celek anunciou sua aposentadoria pelas redes sociais nesta última sexta-feira (7), após oito temporadas dedicadas à National Football League, todas vestindo a camisa do San Francisco 49ers.

“Eu não posso agradecer o suficiente à organização 49ers por me dar a oportunidade de perseguir meus sonhos e todos os incontáveis relacionamentos que fiz ao longo do caminho, especialmente com meus tight ends, obrigado por me encherem de histórias e memórias sem fim. Niner Faithful, obrigado por torcerem por mim nestas últimas 8 temporadas, amo vocês todos. Celektempo está acabando”, escreveu o jogador em uma postagem no Instagram.

Atualmente com 31 anos de idade, Celek é o irmão mais novo do ex-tight end Brent Celek, do Philadelphia Eagles. E vale lembrar que a sexta foi de notícias para a família, já que Brent foi contratado como consultor pelos Eagles.

Durante a caminhada dos Niners até o Super Bowl LIV, Garrett Celek atuou em apenas cinco jogos antes de ir para a injured reserve devido a uma lesão nas costas.

Ele fecha a carreira com 82 recepções para 1.104 jardas e 12 touchdowns.

– No Super Bowl LIV, a interceptação do safety Tarvarius Moore, do San Francisco 49ers, pareceu ter encaminhado muito bem o triunfo dos Niners. Mas fato é que o Kansas City Chiefs conseguiu sair de um déficit de 10 pontos, venceu por 31 a 20 e conquistou o título.

E, aos olhos do kicker Harrison Butker, dos Chiefs, o lance e a posterior comemoração serviram como combustível para sua equipe renascer das cinzas. Sobretudo a celebração na end zone.

“Provavelmente aquela comemoração que eles tiveram. Eu sei que isso está circulando nas mídias sociais. Não sei que parte do jogo era, mas eles abriram, provavelmente, acho que 10, quando marcaram o touchdown. E toda a equipe está comemorando na end zone. Pode ter sido depois de uma interceptação. Eu apenas senti que todo o clima no estádio era ‘os 49ers venceram o jogo’. Isso provavelmente foi em nossa vantagem, que eles estavam comemorando tanto e eu acho que eles provavelmente baixaram a guarda um pouco. Quando você tem Patrick Mahomes e nosso ataque, sabe que vamos marcar rápido – o que fizemos. A defesa fez um ótimo trabalho e antes que eles percebessem, estávamos vencendo por quatro e depois subimos para 11. Mas isso meio que ficou na minha cabeça”, falou Butker, em participação no programa NFL Total Access, da ‘NFL Network’, na última sexta, ao ser questionado sobre o que ele mais lembrava do Super Bowl.

Eis a comemoração sobre a qual Butker falou:

– Em oito temporadas na NFL, o pass rusher Chandler Jones, agora um astro do Arizona Cardinals, tem sido um dos grandes pesadelos dos quarterbacks adversários. E seu irmão, Jon Jones, é um grande astro do Ultimate Fighting Championship (UFC) e um dos maiores lutadores de MMA.

Atual campeão da categoria meio-pesado do UFC, Jon disse que ele acredita que seu irmão e ele simplesmente nasceram para serem grandes.

“Todo cara que eu já fui contra – em uma luta pelo título – acredita que ele tem o melhor campo de treinamento de sua vida”, disse Jon na segunda-feira, durante uma teleconferência do UFC. “É com isso que estou acostumado. Então, sim, é 100% o que faço. Faço isso há muito tempo e respeito muito Dominick [Reyes] e sua equipe. Mas sim, nada disso é novo para mim”, frisou.

“Os nervos – tudo isso é exatamente o que eu vivo. Acredito que nasci para fazer isso. Acredito que meu irmãozinho nasceu para ser um grande jogador de futebol americano. Meu irmão mais velho nasceu para ser um grande jogador de futebol americano. E acredito que nasci para ser um dos soldados de Deus na gaiola de artes marciais”, ressaltou Jon Jones.

Comments
To Top