NFL

No Huddle – Ezekiel Elliott pagará funeral de jovem jogador de futebol americano

Ezekiel Elliott, running back do Dallas Cowboys

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O running back Ezekiel Elliott, do Dallas Cowboys, vai arcar com as despesas do funeral de Jaylon McKenzie, um promissor jogador de futebol americano da oitava série que foi morto por uma bala perdida quando saiu de uma festa no sábado à noite, perto de St. Louis.

Elliott, que cresceu em St. Louis, entrou em contato com a família pouco depois da tragédia. Os Cowboys confirmaram que Elliott tomou a iniciativa, mas o atleta queria deixar o gesto apenas entre eles e a família McKenzie.

“Zeke é realmente um cara especial. Ele é um grande jogador de futebol americano, obviamente, mas ele é realmente uma boa pessoa e isso não me surpreende nem um pouco”, falou Jason Garrett, técnico do Dallas Cowboys, em um evento de golfe dos patrocinadores do time.

Sukeena Gunner, mãe de McKenzie, disse que seu filho estava tentando sair de uma festa em Venice, Illinois, quando uma briga começou. De acordo com a Illinois State Police, McKenzie foi atingido por uma bala perdida e faleceu em um hospital local. Uma garota de 15 anos de idade também foi atingida e segue internada em estado crítico.

– Ted Thompson, ex-general manager do Green Bay Packers, revelou nesta quarta-feira que sofreu de um distúrbio autonômico e falou que sua saúde contribuiu para que ele deixasse o cargo na franquia de Wisconsin depois da temporada 2017.

Thompson, que entrou para o Packers Hall of Fame no final de semana, emitiu um comunicado através do site oficial dos Packers.

“Eu fui diagnosticado com um distúrbio autonômico. Eu sinto que é importante mencionar que, com base nos resultados dos exames e opiniões de especialistas médicos, eles acham que eu não me encaixo no perfil de alguém que sofre de encefalopatia traumática crônica (CTE)”, falou Thompson, que foi GM dos Packers de 2005 a 2017. “No final da temporada de 2017, Mark Murphy (presidente dos Packers) e eu tivemos uma conversa sobre minha saúde e futuro com os Packers. Naquela época, nós concordamos mutuamente que era do melhor interesse de mim mesmo e da organização de me afastar da função de general manager”, prosseguiu.

Atualmente, Thompson é consultor sênior de operações de futebol americano dos Packers, no departamento pessoal da organização.

– Stephen Jones, vice-presidente executivo do Dallas Cowboys, disse que o time está “em andamento” nas negociações com o quarterback Dak Prescott e o wide receiver Amari Cooper. O executivo também expressou o desejo de acertar uma extensão com o running back Ezekiel Elliott.

Jones frisou que ele terá uma palavra de cautela para Prescott, Cooper e Elliott, assim como ele fez com DeMarcus Lawrence, antes de o defensive end assinar um contrato de cinco anos, com valor de US$ 105 milhões, no ano passado.

“Como eu disse a DeMarcus Lawrence, vou dizer a todos esses três caras: eu amaria dar o contrato máximo e dar a vocês exatamente o que desejam, porque todos vocês trabalharam duro e merecem ter um grande contrato”, frisou Jones.

– O técnico Sean McVay, do Los Angeles Rams, admitiu que ele foi vítima de se preparar demais para o Super Bowl LIII contra o New England Patriots, assistindo muitas gravações e analisando demais o oponente antes da derrota na decisão.

“No fundo da minha mente, (ao fazer o plano de jogo do Super Bowl em L.A.), eu operava sabendo que tinha outra semana. Essa urgência de finalizar completamente o plano de jogo não estava lá, e isso me levou a assistir tantas gravações que você pode quase jogar seu processo de pensamento por água abaixo”, falou o jovem head coach segundo Andy Benoit, da ‘Sports Illustrated’.

– O wide receiver Emmanuel Sanders, do Denver Broncos, continua a se recuperar de uma ruptura no tendão de Aquiles sofrida durante um treinamento no começo de dezembro. E há sinais muito positivos de seu processo de reabilitação, já que o atleta está trabalhando nos movimentos laterais e correndo 100 por cento em linha reta.

E esta última atividade tem deixado o recebedor animado. “Assim que me falaram que atingi 19,2 (milhas por hora) e faz apenas quatro meses, fiquei tipo ‘tudo bem, eu ainda tenho isso’”, falou Sanders, segundo Aric DiLalla, do site oficial da franquia do Colorado.

– O New York Giants está confiante de que Daniel Jones, quarterback selecionado com a sexta escolha geral do draft de 2019, estará pronto caso precise jogar como titular já em seu primeiro ano na liga.

“Eu acho que ele estaria pronto para ir, esta é minha opinião pessoal. Eu acho que ele tem essa capacidade”, declarou Mike Shula, coordenador ofensivo dos Giants, segundo Tom Rock, do ‘Newsday’.

– Jamal Adams, safety do New York Giants, está abraçando a ideia de uma mudança de cultura dentro da organização. Desde que entrou na liga em 2017, ao ser selecionado com a sexta escolha geral do draft, Adams fez parte de um time que somou nove vitórias e 23 derrotas. Mas, agora, o defensive back acredita que a mudança de postura do time começa nos treinos de offseason.

“Obviamente, estamos em Nova York. Esse é um tipo de mentalidade de ganhar agora e é assim que estamos encarando isso. Temos que continuar somando os dias, continuar trabalhando e acho que ficaremos bem”, falou Adams, segundo Eric Allen, do site oficial do NY Jets.

– Joe Thomas, ex-offensive tackle do Cleveland Browns, fará parte da equipe da ‘NFL Network’, como foi anunciado nesta quarta. Thomas vai participar de programa do canal da National Football League e analisar jogos e tudo mais.

Comments
To Top