NFL

No Huddle – Ezekiel Elliott não aprova piada feita por Jerry Jones

Ezekiel Elliott, running back do Dallas Cowboys

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Ezekiel Elliott não gostou da piada “Zeke quem?” feita por Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys, no último sábado e achou que foi “desrespeitosa”, segundo o agente do running back da franquia texana.

“Eu não acho que foi engraçado e nem Zeke – na verdade, achamos que foi desrespeitoso”, falou o agente Rocky Arceneaux à ‘ESPN’ norte-americana nesta segunda-feira.

Arceneaux ainda frisou que Elliott continua seu boicote aos treinos dos Cowboys, ação motivada pela busca por um novo contrato, e que o RB segue treinando em Cabo San Lucas “em uma grande instalação”.

Jones respondeu a uma pergunta sobre Elliott depois do jogo de pré-temporada dos Cowboys contra o L.A. Rams, no sábado, no Havaí, com “Zeke quem?”. Jones estava respondendo se o running back Tony Pollard, que vem fazendo um bom training camp, era o melhor truque de negociação que os Cowboys têm em suas conversas de renovação com Elliott.

– O general manager Mike Mayock, do Oakland Raiders, deu uma declaração dura no último domingo e disse que era hora de Antonio Brown estar “totalmente dentro ou totalmente fora” depois que o recebedor “esgotou todas as vias” de possibilidades em relação ao seu imbróglio relacionado ao modelo de capacete que deseja usar.

Drew Rosenhaus, agente do WR, discorda da noção de que todas as possibilidades foram tentadas nesta situação do capacete e respondeu a Mayock.

“Nós temos trabalhado de perto com os Raiders, e continuaremos a trabalhar de perto com os Raiders. Não tenho certeza se concordamos que esgotamos todas as opções, como Mike Mayock disse, mas não há dúvidas de que ainda é um processo que está se desenrolando. Estamos tentando trabalhar com o time, a liga e o sindicato para tentar chegar a uma solução, ainda não chegamos a isso. Dizer que AB está chateado com a decisão de não deixá-lo usar o capacete é algo preciso, mas ainda estamos processando isso e descobrindo. Eu não faria tanto alarde sobre ele não está lá hoje, já que nós ainda estamos tentando chegar a uma solução que funcione para todos”, frisou o agente, em entrevista na noite de domingo à rádio ‘WSVN’, em Miami.

Entretanto, parece que os comentários feitos por Mayock atingiram o jogador, já que Brown retornou ao time na manhã desta segunda, em Napa, na Califórnia, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– Os jogadores da NFL e proprietários de times expressaram uma abertura à ideia de expandir os playoffs de 12 para 14 times, uma mudança que ajudaria a compensar a perda de receita ao reduzir a pré-temporada para três jogos, o que é considerado provável enquanto as duas partes abrem mais uma sessão para negociações nesta segunda, em Chicago.

Um formato de playoff expandido ainda não foi formalmente proposto nas negociações, assim como a expansão da temporada regular para 17 ou 18 jogos, algo que os jogadores continuam a se opor. É possível que a pré-temporada seja encurtada mesmo sem a adição de jogos na temporada regular ou pós-temporada.

– O wide receiver Josh Gordon foi recebido de maneira calorosa por seus companheiros de equipe durante seu retorno ao New England Patriots, quando o wideout se juntou para um breve aquecimento para o treino de segunda.

“Nós amamos Josh. Eu amo Josh. Simplesmente feliz por tê-lo de volta. Ele parece bem. Quando você não vê um de seus irmãos por um bom tempo, e então você o vê, é definitivamente reanimador”, falou Phillip Dorsett, que se aproximou de Gordon na temporada passada.

– O Chicago Bears e o Cleveland Browns são os times mais queridos pelos apostadores nas casas de apostas para levantarem o troféu do Super Bowl. A informação é de David Purdum, da ‘ESPN’ norte-americana.

“Tem sido impressionante, o apoio (aos Bears). Toda vez que os Bears vão para os playoffs, no ano seguinte, o dinheiro é derramado. Todo mundo fica otimista”, disse Alan Berg, oddsmaker sênior do Caesars Sportsbook.

Os Bears estão com cotação de 9-1 para ganhar o Super Bowl, a quarta melhor odd atrás de New England Patriots e Kansas City Chiefs, co-favoritos com 7-1, e do New Orleans Saints, que tem odd de 17-2. Os Browns têm 10-1.

– O quarterback calouro Kyler Murray e o ataque do Arizona Cardinals como um todo pareceu desconcertado no segundo jogo da pré-temporada. Mas o técnico Kliff Kingsbury, que está em seu primeiro ano na NFL, disse em entrevista ao jornalista Peter King, do Football Morning in America, que os Cardinals estão propositadamente mantendo seu ataque real em segredo durante a preseason.

“Os jogos, estamos tentando manter tudo em segredo, obviamente. Estamos tentando deixar nossos jogadores acostumados a jogar uns com os outros. Mas é interessante para mim, porque esta é a NFL, e eu nunca comandei um jogo na minha vida em que não estivesse em modo de ataque direto. Kyler e eu estamos nos ajustando a isso”, frisou o head coach, que até então só tinha trabalhado no futebol americano universitário.

– O running back Mark Walton, do Miami Dolphins, foi sentenciado a seis meses de liberdade condicional depois de não contestar a acusação de porte de armas. Os registros do tribunal mostram que Walton entrou em acordo nesta segunda-feira. Além da liberdade condicional, o atleta precisa participar de cursos de controle de raiva e de direção, além de entregar sua arma de fogo.

Comments
To Top