NFL

No Huddle – Donovan McNabb quer ver Eagles draftando outro quarterback

Carson Wentz, quarterback do Philadelphia Eagles

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Philadelphia Eagles não tem mais Nick Foles no seu elenco e ainda há muitas incertezas em relação ao status do titular Carson Wentz. E, em meio a esse cenário, o ex-quarterback Donovan McNabb, que levou o time da Filadélfia a várias classificações aos playoffs, incluindo uma derrota no Super Bowl, deu sua opinião em relação ao que a equipe deveria fazer.

“Eu acho que, nos próximos dois anos e tal, ele precisa encontrar uma forma de passar da segunda fase dos playoffs. O que Nick Foles foi capaz de fazer, levá-lo ao Super Bowl e então, possivelmente, levá-los de volta à final da NFC prova isso, ei, algumas pessoas podem entrar naquele ataque e serem muito bem-sucedidos. (Wentz) não tem estado saudável. Ele realmente não se provou para mim, além do ano em que ele se lesionou, em seu primeiro ano, de realmente ser candidato à MVP. Ele precisa voltar àquele modo”, afirmou McNabb no The Zach Gelb Show.

“Eu acho que, pessoalmente, se ele não puder avançar da segunda rodada nos próximos dois, talvez três, anos, mas realmente dois anos, para ser honesto com vocês. Se ele não puder passar da segunda rodada, eles devem possivelmente draftar outro quarterback porque você simplesmente não sabe a durabilidade dele. Permanecer saudável é muito importante nesta liga. O time vai até onde seu quarterback o leva. E eles depositaram muitas esperanças em Carson Wentz e ele tem que provar nos próximos dois anos”, completou.

– O Seattle Seahawks ainda estão considerando trocar o defensive end Frank Clark, como apurou o jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, neste final de semana. Em troca, os Seahawks gostariam de qualquer pacote de compensação que inclua, pelo menos, uma escolha de primeira rodada do draft de 2019, segundo uma fonte.

Clark, que ainda não assinou sua franchise tag de US$ 17,128 milhões, tem sido assunto nos rumores de troca. Ele liderou os Seahawks com 13 sacks e também teve quatro fumbles forçados e uma interceptação na temporada regular de 2018. Ele também fez um sack na derrota para o Dallas Cowboys, na rodada de wild card dos playoffs.

– O tight end veterano Benjamin Watson, que pretendia se aposentar depois da temporada 2018, agora está considerando um retorno à NFL para o que seria a 16ª temporada de sua carreira profissional. A informação é do jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Watson, cuja esposa terá os gêmeos do casal nesta próxima semana, pode estar aberto à ideia de voltar à NFL na situação certa. Atualmente com 38 anos de idade, Watson é o 14º entre tight ends na história da NFL, com 530 recepções. Ele soma 5.885 jardas e 44 recepções para touchdowns em sua carreira.

– Dave Gettleman, general manager do New York Giants, não vem tendo muita facilidade ao longo de seu primeiro ano no cargo na organização nova-iorquina. Mas o profissional, que tem experiência de mais de três décadas como avaliador de talentos, está confiante de que suas decisões são as corretas para o futuro da equipe.

“Eu estiver em sete Super Bowls. Eu me sinto muito convicto de que sei como deve parecer, como deve cheirar, como deve ser o sabor. E, então, você pode olhar para mim e dizer, bem, eu sei o que estou fazendo ou tenho uma sorte imensa. Nenhuma das duas é ruim, certo? Eu gosto do meu currículo até agora”, falou o GM dos Giants ao jornalista Steve Politi, do ‘Star-Ledger’, em uma entrevista exclusiva.

– Entrando no ano final de seu contrato de calouro, Jared Goff deve faturar uma mega extensão de contrato em algum momento nos próximos 23 meses. Apesar disso (e da renovação recente de Russell Wilson com o Seattle Seahawks), o signal caller do Los Angeles Rams garantiu nesta semana que não está pensando em sua situação contratual.

“Não está na minha mente de maneira alguma. Eu conheço o negócio e entendo que eu contratei um agente por esta razão, e as coisas sempre dão certo. Você continua a jogar bem e isso vai se resolver”, falou Goff aos repórteres, segundo o jornal ‘Los Angeles Times’.

– Ex-running back da NFL e do Tennessee Volunteers, Reggie Cobb faleceu aos 50 anos de idade, como anunciou o San Francisco 49ers neste sábado. Cobb foi olheiro dos Niners nos últimos dez anos e também exerceu a função de scout nos últimos 10 anos. Os detalhes de sua morte não foram anunciados.

Cobb atuou na NFL por sete temporadas. Ele foi selecionado na segunda rodada do draft de 1990 pelo Tampa Bay Buccaneers e também vestiu as camisas do Green Bay Packers, do Jacksonville Jaguars e do New York Jets.

– O técnico Vic Fangio, do Denver Broncos, disse aos repórteres nesta última semana que Kareem Jackson, ex-cornerback do Houston Texans e contratado por Denver nesta offseason, vem atuando como safety durante o programa de offseason da franquia do Colorado.

“Nós o utilizamos como safety neste campo, pelo motivo de que há mais a se aprender na posição de safety do que na de cornerback. Ele atuou muito como cornerback em sua carreira, então eu queria que ele tivesse mais trabalho neste camp – todo o seu trabalho – na posição de safety, sentindo-se confortável lá”, frisou o head coach.

– O defensive end Montez Sweat, de Mississippi State, mudou de ideia e vai assistir o draft na Geórgia. Ele havia dito à NFL anteriormente que compareceria à cerimônia em Nashville.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top