NFL

No Huddle – Devante Adams detona Thomas Davis, que se desculpa

Davante Adams, wide receiver do Green Bay Packers

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Devante Adams afirmou que o linebacker Thomas Davis estava “caçando cabeças” quando o atingiu no capacete pelo blindside (vindo do ponto cego). “Nunca vou entender isso. O esporte já é perigoso e nós temos jogadores de Pro Bowl caçando cabeças e dizendo que ‘não queria me prejudicar’”, tuitou o wide receiver dos Packers.

“Alguém, por favor, explique-me o que é não estava tentando me macucar quando nós estamos perto da jogada e você ataca a cabeça de um jogador indefeso”, completou Adams.

“Compreendo sua frustração e peço desculpas pela pancada. De modo algum eu queria machucá-lo. Meu primeiro instinto foi virar e fazer o bloqueio. Com toda a sinceridade eu peço desculpas. Eu realmente o respeito como jogador e cometi um erro”, respondeu Thomas, linebacker dos Panthers.

– A NFL classificou a medida do árbitro Gene Steratore de usar um cartão para medir o first down como algo “muito incomum”, mas também ressaltou que ele não violou as regras da liga. Depois de usar esse artifício para medir a distância entre a ponta da bola e o poste da marca de first down, ele determinou que os Cowboys haviam convertido sua quarta descida.

“Não usei o cartão para tomar a decisão final. Ela foi tomada pela minha visão. Eu usei o cartão para nada mais do que reafirmar o que eu vi”, afirmou Steratore.

– O head coach Bruce Arians determinou que Drew Stanton será o quarterback titular do Arizona Cardinals contra o New York Giants. “Vou trocar para Drew nessa semana. Não é culpa de Blaine (Gabbert)”, disse o treinador.)

– O Green Bay Packers irá reassinar com o quarterback reserva Joe Callahan, que foi dispensado no sábado para ceder seu lugar no elenco para Aaron Rodgers. Para a movimentação ser oficial, a equipe de Wisconsin ainda precisa fazer um movimento correspondente no seu elenco.

– O New York Giants começou o seu processo de entrevistas para o cargo de general manager. O primeiro a conversar com o Big Blue para substituir Jerry Reese será Marc Ross, vice-presidente de avaliação de jogadores da equipe.

– Marvin Lewis foi vaga ao ser questionado sobre sua continuidade no cargo de head coach do Cincinnati Bengals. “Eu quero ser treinador de futebol”, afirmou ao ser questionado sobre seu futuro.

– Dez Bryant, wide receiver do Dallas Cowboys, está feliz com o retorno de suspensão de seis jogos do running back Ezekiel Elliott. “Recebemos um impulso imenso porque ele é o nosso cara. Ele é o nosso cavalo. Ele nos dá esse impulso extra de alegria por causa da sua personalidade e de quem ele é”

– Bill Belichick, head coach do New England Patriots, lembrou do confronto que teve contra o Seattle Seahawks no Super Bowl XLIX na partida do domingo contra o Pittsburgh Steelers. “Foi um final similar com o jogo de Seattle”, afirmou.

– O Philadelphia Eagles venceu o New York Giants por 34 a 29, mas não deixou o head coach Doug Pederson feliz. “Não podemos jogar assim e esperar vencer todas as semanas. Você tem que estar preparado e, quando digo preparado, digo de um ponto de vista mental.

– Vance Joseph, head coach do Denver Broncos, não está com pressa de definir o quarterback titular para a partida contra o Washington Redskins e afirmou que não sabe se Brock Osweiler ou Paxton Lynch será o titular. Segundo Joseph, as reuniões com a comissão técnica do ataque irão ajudar na definição.

– Há sete anos uma recepção de Clavin Johnson contra o Chicago Bears que daria a vitória se tornou um passe incompleto e, desde então, muito se discute sobre o que é uma recepção. Jim Caldwell, head coach do Detroit Lions, deu a sua opinião. “Acho que a regra foi modificada centenas de vezes até o ponto em que penso que está quase esgotado. E todas semanas algo surge. Não precisamos nos preocupar com isso, você pega a bola, cai e entrega para o árbitro. Simples”.

Comments
To Top