NFL

No Huddle – DeMaurice Smith é reeleito como diretor executivo da NFLPA

DeMaurice Smith, diretor executivo da Associação de Jogadores da NFL (Crédito: Reprodução)

DeMaurice Smith, diretor executivo da Associação de Jogadores da NFL (Crédito: Reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– DeMaurice Smith foi reeleito para o cargo de diretor executivo da Associação de Jogadores (NFLPA) na noite desta terça-feira por 14 votos a zero do comitê de seleção. O advogado de 53 anos ficará mais três anos à frente do sindicato, tendo seu mandato até 2021, o que coincide com o último ano do atual acordo coletivo de trabalho.

“Este sindicato está focado na liderança dos jogadores. Estou orgulhoso pelo comitê deles terem me escolhido, agradeço a confiança que eles têm em mim e estou honrado de poder servi-los. Há mais trabalho para ser feito”, disse Smith em um tuite.

– Depois de Ezekiel Elliott ter sido criticado por sua falta de esforço, o proprietário Jerry Jones disse que não é só o running back segundo anista que está precisando mostrar mais no Dallas Cowboys. “Acho que você pode apontar para Zeke, mas você realmente tem que olhar o esforço geral para perseguir a bola (após interceptação no último domingo)”, disse Jones.

– Dois dias após não conseguir pegar um punt, Kelif Raymond foi dispensado pelo New York Jets. O jogador de unidades especiais, 23 anos, havia sido adquirido na pré-temporada.

– Depois de ter papel reduzido nas duas primeiras semanas, o running back Latavius Murray falou de sua situação no Minnesota Vikings; “Acho que ainda está evoluindo. Sempre que eu estiver em campo eu preciso tirar o máximo de proveito disso”.

– Josh Tomlin, head coach do Pittsburgh Steelers, falou da falta de tempo de jogo do linebacker James Harrison. “Respeite as contribuições dos jogadores. Haverá um momento na temporada em que precisaremos de seus serviços e ele vai responder de grande forma. É parecido com o que ele fez em 2016. Vamos continuar rodando os jogadores e jogar com quem achamos adequado”.

– Charles Tillman, ex-cornerback dos Bears e Panthers, está iniciando sua carreira após a NFL e está treinando para se juntar ao FBI. A agência não confirmou a informação.

– Marvin Jones, wide receiver do Detroit Lions, acredita que a franquia de Michigan mostrou força no último jogo. “Nossa defesa fez uma grande declaração. Nós somos a defesa número 1 em declaração da liga. E é divertido ver

– Bill Belichick encontrou o ex-Saints Steve Gleason e comentou. “Steve e eu temos um amigo mútuo e ele me avisou que Steve iria no jogo. Eu tenho muito respeito por ele. É uma situação difícil em que ele e sua família estão, mas ele é uma tremenda pessoa. Ele é uma inspiração para todos”.

– O Hall of Famer Jason Taylor elogiou o Dan Quinn, head coach do Atlanta Falcons. “Trabalhamos juntos e eu amei jogar para ele. Eu sabia desde o início que ele se tornaria um head coach. Eu atravessaria uma parede por ele”.

– Ereck Flowers, left tackle do New York Giants, não vem jogando bem, entretanto diversos jogadores defenderam ele, assim como o head coach Ben McAdoo. “É mais do que um jogador”, disse o treinador ao ser questionado se planejada colocar Flowers no banco.

– Os advogados de ex-jogadores da NFL que estão elegíveis para receber pagamentos da liga por causa de concussões alegaram que encontraram que existem terceiras partes tentando tirar proveito de jogadores com dano cerebral significante.

– O Baltimore Ravens reforçou sua linha ofensiva e assinou contrato com o certer e guard Matt Skura, que estava no elenco de treino, e com o offensive tackle Dieugot Joseph, que estava no elenco de treino do Chicago Bears.

– Ron Rivera, head coach do Carolina Panthers, acredita que o center Ryan Kalil ainda tem coisas a aprender sobre a equipe da Carolina do Norte. “Infelizmente ainda tem algumas coisas que ele tem que se acostumar em termos de proteção. Ele tem que ficar mais confortável na zona e sentir mais Cam (Newton)”.

– Derrick Henry, running bacl do Tennessee Titans, está tentando ser mais físico em sua segunda temporada na NFL. “Como tailback, você sempre quer ser físico. Com os jogos, eu estou melhorando e vejo as defesas cansando”.

– Apesar de estar utilizando um quarterback calouro, o head coach Bill O’Brien diz não ter nenhuma limitação no Houston Texans. “Não sinto nenhuma limitação. Ele (DeShaun Watson) é um quarterback diferente, então acho que é relativo ao que cada um pode fazer”.

– Bruce Arians, head coach do Arizona Cardinals, disse que não utilizaria sua própria camisa. “É meio estranho eu usar uma camisa com minha cara”.

– Jason Witten, tight end do Dallas Cowboys, deixou claro que está mais preocupado em vencer do que bater recordes. “Minha menta está focada em ajudar esse time a vencer e isso é muito maior do que apenas eu”.

– O Denver Broncos começou 2-0, mas sabe que precisa trabalhar para continuar bem. “É cedo. Não queremos ficar excessivamente confiantes. É a semana 2 ainda. Nós ganhamos dois jogos, mas é uma longa temporada em uma liga difícil”, disse o head coach Vance Joseph.

Comments
To Top