NFL

No Huddle – Comitê nega pedido de Jerry Jones para donos votarem renovação de Goodell

Jerry Jones, proprietário e general manager do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O comitê de compensação da NFL negou o pedido de Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys, de que os donos das equipes tenham a permissão de participar de uma votação final sobre a renovação do contrato do comissário Roger Goodell. Além disso, o comitê voltou a afirmar que Jones deve retirar sua ameaça de processar a NFL em caso de extensão contratual com Goodell.

– Jerry Jones não acredita que a NFL esteja afetando o desempenho do Dallas Cowboys. “Eu não penso nisso de modo algum. Realmente quero ser inspirador para os jogadores e quero que eles saibam que farei de tudo para poder ajudar a equipe e a NFL”.

– Aaron Jones, running back calouro do Green Bay Packers, está enfrentando acusações e possivelmente uma punição da NFL depois de ser preso em uma blitz de trânsito no mês passado. As acusações são de dirigir um veículo com uma substância controlada em seu sistema, estar a 40 km/h mais rápido do que o permitido e dirigir um veículo sem uma licença válida”.

– O head coach Hue Jackson evitou falar se o plano a longo prazo do Cleveland Browns está funcionando. “Realmente não quero entrar nisso. Mais uma vez, acho que vocês são os melhores juízes disso. Todo mundo especula sobre isso. Isso é o que eu quero fazer: quero comandar a nossa equipe para ela ficar melhor”.

– Após a derrota do Los Angeles Rams para o Minnesota Vikings, o head coach Sean McVay assumiu a culpa. “Eu não acho que eu realmente dei uma chance de entrar em um ritmo”.

– O left tackle Andrew Whitworth teve uma abordagem bem realista sobre a derrota dos Rams para os Vikings. “É frustrante, mas a realidade é que precisávamos de adversidades. Não quer dizer que não deveríamos nos recuperar e conseguir a vitória, mas quando você joga fora de casa, este é um lugar realmente difícil de se jogar”.

– Vai ser difícil o quarterback reserva Teddy Bridgewater ter uma chance de voltar a campo com o desempenho de Case Keenum. “Será difícil tirar ele de lá agora. Ele está jogando bem. Ainda tenho esperanças para Teddy e muitas coisas acontecem ao longo da temporada. Então vamos ver como as coisas acontecem”, disse Mike Zimmer, técnico dos Vikings.

– Case Keenum deu uma resposta interessante ao ser questionado se ele deveria ser nomeado como o titular para o resto da temporada. “Se não está quebrado, então não conserte isso. É a decisão (de Zimmer). Estou aqui para jogar. Quero ser o melhor jogador para a equipe”.

– Bill Belichick, head coach dos Patriots, elogiou o wide receiver Brandin Cooks. “Ninguém trabalha tão duro como Brandin. Ele tem velocidade e aceleração para criar mismatches e faz tudo bem, de slants a passes profundos. Ele tem sido um bom jogador para nós”.

– O tight end Travis Kelce acredita que o Kansas City Chiefs precisa encarar de frente os desafios. “Temos que nos encorajar. Ninguém está apontando dedo, mas os caras têm que ser chamados e serem mais responsáveis. E isso começa comigo”.

– O Los Angeles Chargers não gostou de enfrentar o quarterback calouro Nathan Peterman, do Buffalo Bills. “Tenho certeza que nos sentimos um pouco desrespeitados. Temos pass rushers muito bons, provavelmente o melhor grupo da liga. Temos bons corners… bons safeties. Eles fizeram isso contra a gente”, disse o cornerback Casey Heyward.

– Derek Carr, quarterback dos Raiders, falou da sensação de jogar no México. “A hospitalidade foi ótima, mas na verdade não foi (um mando de campo). Não foi a mesma sensação do Coliseum. Nós adoramos vir aqui e jogar, mas pareceu mais um campo neutro”.

– Depois de ter sido criticado pela torcida do New York Giants, o cornerback Janoris Jenkins voltou a falar do assunto indiretamente. “Eu apenas saí e joguei duro. Todos jogamos juntos. Me certifiquei que corrigi minhas técnicas e obtivemos a vitória”.

– Tom Savage, quarterback dos Texans, acredita que evoluiu nas últimas semanas. “Acho que as últimas duas semanas ajudaram muito. Eu realmente bloqueei todo o barulho. Esse esporte é difícil e eles vão fazer algumas jogadas. Você não vai a lugar nenhum se baixar a cabeça”.

– Ryan Jensen, center dos Ravens, entrou em contato com o defensive lineman Kenny Clark após ter sido acusado de ser um jogador sujo pelos jogadores dos Packers. Clark precisou deixar o jogo do domingo carregado por um carrinho após lance envolvendo Jensen.

– O Baltimore Ravens irá punir o quarterback Ryan Mallett após ele tomar uma falta de conduta antidesportiva por abusar verbalmente de um árbitro na linha lateral. A punição não foi divulgada.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top