NFL

No Huddle – Chris Harris incerto sobre futuro no Denver Broncos

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O cornerback Chris Harris, do Denver Broncos, conseguiu um reajuste em seu contrato em 2019. Mas ele sabe que este ano pode ser o seu último na franquia do Colorado.

O defensive back conversou com repórteres nesta semana e foi questionado sobre seu futuro na organização, já que seu contrato termina após a temporada 2019. E, atualmente com 30 anos, ele sabe que os Broncos podem querer rejuvenescer sua equipe em breve.

“Eu sou muito grato aos Broncos. Tive ótimos nove anos aqui. O que que aconteça, vai acontecer, mas estou apenas focando em finalizar aqui bem e fazendo o possível para entrar no jogo com a cabeça tranquila e jogar o melhor que puder”, falou Harris, segundo o jornalista Troy Renck, do ‘Denver 7’.

Harris somou 54 tackles, seis passes defendidos, uma interceptação e um fumble forçado em 2019. Mas ele está ranqueado apenas na 40ª posição em nota por cobertura de passe pelo site especializado Pro Football Focus. Essa pontuação o deixa na ‘classe média’ entre cornerbacks da NFL.

Essa nota ainda é boa, mas é o pior ranking de sua carreira.

Logicamente os números ainda mostram que Chris Harris merece ganhar um salário de titular, mas não justificam muito o que o camisa 25 vem faturando. Ele é o 12º cornerback mais bem pago da NFL em salário anual, segundo o site ‘Over The Cap’.

– O Carolina Panthers segue buscando seu novo head coach e iniciou a pesquisa entrevistando Mike McCarthy, ex-Green Bay Packers. E a franquia da Carolina do Norte também vai pensar em um candidato de dentro de casa. Conversando com repórteres nesta terça, o técnico interino Perry Fewell confirmou que fará uma entrevista pelo cargo permanente.

A entrevista provavelmente ocorrerá antes do final desta semana e servirá para criar ainda mais base para encontrar um substituto para Ron Rivera, demitido no começo de dezembro, após pouco mais de oito temporadas no comando da organização.

Fewell, que era treinador de defensive backs dos Panthers, foi então promovido ao cargo de head coach interino.

A temporada 2019 foi horrorosa para os Panthers e, recentemente, o tight end veterano Greg Olsen, um dos líderes do elenco, caracterizou o momento vivido pela franquia como “um fracasso muito coletivo, um fracasso organizacional” e disse que os torcedores “merecem mais”.

– Lamar Jackson, quarterback astro do Baltimore Ravens, resolveu dar uma de Papai Noel e surpreendeu seus jogadores de linha ofensiva nesta véspera de Natal com um relógio Rolex para cada um.

“Somos realmente gratos por esse cara. Eu tinha um Bolex, o Rolex falso, que custa cerca de US$30. Este é, de longe, o relógio mais legal que eu tenho – com toda certeza”, declarou o guard Bradley Bozeman.

Em sua primeira temporada como titular em tempo integral, Jackson liderou Baltimore à melhor campanha na NFL (13-2) e ajudou os Ravens a ficarem com a campanha número 1 na Conferência Americana (AFC), sendo a primeira vez que isso ocorre na história da franquia.

Liderando o ataque que mais marca pontos na NFL, Jackson é o único jogador na história da liga a produzir pelo menos 3.000 jardas de passe e 1.000 jardas corridas em uma mesma temporada.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top