NFL

No Huddle – Com pouca barba, Ben Roethlisberger aparece em vídeo lançando bolas

Ben Roethlisberger, quarterback do Pittsburgh Steelers

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O quarterback Ben Roethlisberger, do Pittsburgh Steelers, prometeu que não faria a barba ou cortaria seu cabelo até que ele conseguisse lançar “um passe legítimo de NFL” para um de seus companheiros de equipe. Parece que Big Ben atingiu seu objetivo.

O Twitter oficial dos Steelers publicou um vídeo em que o camisa 7 aparece lançando uma bola oval com os wide receivers JuJu Smith-Schuster e Ryan Switzer, e com o running back James Conner. Então, o QB cortou a barba.

Aparentemente, Big Ben sente que está voltando a lançar passes bons. E o quarterback observou no mês passado que ele estaria pronto para as organized team activities (OTAs) e o minicamp.

Enquanto ele estava lançando bolas em uma carga reduzida nesta offseason, o corte da barba indica que ele sente que agora voltou ao normal.

Este é mais um passo para que Big Ben volte aos seus 100% quando a temporada começar.

– Antes mesmo do encontro virtual de proprietários de times da liga, marcado para esta terça (19), a National Football League já decidiu que vai expandir a chamada Rooney Rule. Agora, será necessário fazer entrevistas adicionais com candidatos de grupos étnicos minoritários.

O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, apurou nesta segunda que a liga exigirá que as franquias entrevistem pelo menos dois candidatos minoritários externos para vagas de head coach e pelo menos um candidato minoritário para qualquer cargo de coordenador, segundo fontes com conhecimento da decisão.

Além disso, as equipes devem entrevistar um candidato minoritário externo para cargos de operações de futebol sênior e general manager. As equipes e o escritório da liga da NFL também devem incluir minorias e/ou mulheres como candidatas a cargos de nível sênior, incluindo cargos de presidente.

As mudanças imediatas nas regras, que entrarão em vigor após as reuniões, ocorrerão enquanto a NFL continua a procurar maneiras de consertar a Rooney Rule após outro ciclo de contratação, onde os candidatos minoritários foram significativamente ignorados, incluindo apenas três das 20 últimas vagas de técnico indo para candidatos pertencentes a grupos minoritários.

– O wide receiver Cody Latimer, do Washington Redskins, foi acusado de três delitos depois de uma discussão durante um jogo de pôquer que o levou a ameaçar seu melhor amigo com uma arma. Isso é o que informa o relatório policial obtido pelo ‘9News Denver’.

Latimer foi detido na madrugada do último sábado (16) e indiciado por agressão de segundo grau, ameaça, descarte ilegal de uma arma de fogo, uso proibido de armas e perigo imprudente.

Segundo o relatório da polícia, Latimer e outro jogador de cartas entraram em uma discussão acalorada durante um jogo de pôquer na casa de Roderick English, que disse à polícia que Latimer é seu melhor amigo. English disse que separou os dois na discussão e ordenou que todos deixassem seu apartamento. Segundo o relatório da polícia, havia sete ou oito pessoas no apartamento. English disse à polícia que ele e Latimer estavam bebendo.

– O defensive tackle Ed Oliver, do Buffalo Bills, vai continuar a participar da offseason virtual do time, como confirmou uma fonte da NFL nesta segunda à ‘NFL Network’ e ao jornalista Marcel Louis-Jacques, da ‘ESPN’ norte-americana.

Oliver foi preso neste último sábado em Houston, sob acusações de dirigir intoxicado e carregar uma arma de fogo de maneira ilegal.

O programa de offseason dos Bills começou em abril e Oliver continuará envolvido enquanto sua situação legal se desenrola.

– Philip Rivers encerrou um longo relacionamento com o Los Angeles Chargers no começo do ano e, em pouco tempo, o quarterback encontrou uma nova casa no Indianapolis Colts. Ele se mudou do sul da Califórnia até a Flórida, depois de assinar um contrato de um ano, com valor de US$ 25 milhões, com os Colts.

Mas, segundo Frank Reich, técnico dos Colts, o relacionamento entre as duas partes pode durar mais do que um ano.

“Posso apenas dizer que realmente acredito que é a intenção de Philip (Rivers) jogar vários anos (com os Colts). Estou muito otimista de que será uma coisa de vários anos”, falou o head coach aos repórteres, segundo Zak Keefer, do ‘The Athletic’.

– O Los Angeles Chargers segue com a intenção de iniciar a temporada com Tyrod Taylor como quarterback titular. E, aparentemente, o time não ficou muito em olho no mercado atrás de um QB veterano.

Mas, segundo o técnico Anthony Lynn, o nome de Cam Newton chegou a ser ventilado.

“Absolutamente, Cam é um quarterback tremendo. Ele é o MVP desta liga, liderou seu time no Super Bowl e agora está saudável pelo que ouvi. Cam vai estar na lista de alguém e ele vai ajudar alguém a ganhar alguns jogos, mas sim, nós demos uma olhada nisso, com certeza”, revelou Lynn, no site da ‘CBS Sports Radio’.

– Os engenheiros da NFL e a empresa de equipamentos esportivos Oakley estão testando protótipos de máscaras faciais modificadas que podem conter material cirúrgico ou N95, disse o diretor médico da NFL Players Association (NFLPA) na segunda-feira.

Falando no The Adam Schefter Podcast de segunda-feira, Thom Mayer disse que “provavelmente haverá uma recomendação” de que a NFL use essas máscaras para proteger os jogadores do coronavírus quando a liga voltar a jogar.

Comments
To Top