NFL

No Huddle – Ben Roethlisberger rasga elogios e A.B. e assume responsabilidade por 2018

Antonio Brown, wide receiver do Pittsburgh Steelers, e o quarterback Ben Roethlisberger

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Depois de pedir desculpas publicamente a Antonio Brown, o quarterback Ben Roethlisberger elogiou o wide receiver e falou sobre a influência do jogador do Oakland Raiders em sua vida. “Vou começar dizendo que você está certo, A.B. fez quem eu sou. Ele foi o melhor wideout com quem joguei. E as coisas que ele fez na liga e que fizemos juntos estão entre as melhores de todos os tempos. É uma honra ser mencionado (entre nomes como Joe Montana e Jerry Rice)”, declarou Roethlisberger.

Além disso, o quarterback comentou a situação complicada que o Pittsburgh Steelers viveu em 2018. “Faltou liderança minha. Porque é meu trabalho ser o líder dessa equipe e nos colocar nos playoffs”.

– Derek Carr não gostou dos rumores de que o Oakland Raiders iria draftar um quarterback apesar de ter dito que confiava que isso não aconteceria. “Honestamente, isso me incomodou por um tempo. E não ajudei a situação ao tentar desafiar as pessoas a discutirem”.

– A reunião dos proprietários na quarta-feira irá considerar a proposta para refinar a nova regra que permite o desafio de pass interference. Além disso, deverá sair o anúncio da próxima sede do draft.

– O quarterback Aaron Rodgers espera que sua experiência lhe ajude a aprender o ataque de Matt LaFleur, novo hea coach do Green Bay Packers. “Acho que provavelmente (será) muito rápida a curva de aprendizado com a experiência de 11 temporadas como titular”.

– Matthew Stafford, quarterback do Detroit Lions, revelou que aprender o novo ataque está lhe ajudando a esquecer os problemas em casa (sua esposa passou por cirurgia no cérebro). “Tem coisas novas que tenho que me aprofundar para ter certeza que estarei no auge. Sem contar que estou esquecendo tudo que está acontecendo em casa”.

– De acordo com a ESPN, o safety Josh Jones, escolhe de segunda rodada em 2017, quer ser trocado pelo Green Bay Packers.

– Patrick Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, acredita que pode fazer algo improvável no Azteca Stadium, estádio no México que conta com altitude. “Provavelmente (um passe de) 100 (jardas). Já tive 8 ou 83 em Denver, então você tem que dobrar isso porque é mais de 3 mil km de altitude”.

– A escolha de segunda rodada Greedy Williams assinou o seu contrato de calouro com o Cleveland Browns.

– Landon Collins, safety do Washington Redskins, afirmou que acredita que o New York Giants o deixou sair da equipe por causa de uma “mudnaça de cultura” e porque ele não se encaixa no esquema do time nova-iorquino. Ele ainda destacou que acredita que saiu junto com atletas como Odell Beckham Jr. e Olivier Vernon porque eles eram muito vocais.

– Um juiz da Flórida garantiu aos promotores a extensão do tempo para eles apresentarem o caso de prostituição contra Robert Kraft, dono dos Patriots que queria resolver o problema antes do início da temporada. No início do mês, um juiz decretou que a evidência de vídeo não poderia ser utilizada no caso e essa seria a única evidência que implicaria na participação de Kraft.

– O running back Senorise Perry será o primeiro jogador do Buffalo Bills a utilizar o número 32 desde O.J. Simpson em 1977.

Comments
To Top