NFL

Nick Mangold anuncia aposentadoria e vai assinar contrato de um dia com os Jets

Nick Mangold, ex-center da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Nick Mangold, ex-center do New York Jets, anunciou sua aposentadoria da National Football League nesta terça-feira (17), após uma passagem pelo time nova-iorquino que durou 11 temporadas no total.

Atualmente com 34 anos de idade, Mangold ficou fora da temporada 2017 da NFL, após ser dispensado pelos Jets em fevereiro do ano passado. Agora, ele vai assinar um contrato de um dia com a franquia no dia 24 de abril para pendurar as chuteiras como um Jet.

Em seu Twitter, o ex-offensive lineman confirmou que está parando.

“Eu declaro aposentadoria! Eu vou assinar um contrato de um dia com o New York Jets na semana que vem para que possa me aposentar como um Jet. Obrigado a vocês todos! Jets! Jets! Jets!”, escreveu na rede social.

Mangold fez uma breve retrospectiva de sua carreira no futebol americano e sobre como foi “viciado” no esporte.

“Tudo que aconteceu, desde o futebol americano infantil passando pelo colegial e até ter a sorte de jogar pela Ohio State University, moldou minha oportunidade de jogar no New York Jets”, relembrou.

O ex-center agradeceu especificamente Woody Johnson, dono dos Jets, e Eric Mangini e Mike Tannenbaum, dupla de técnico/general manager que o draftou em 2006.

“Em meus 11 anos como um Jet, houve muitos altos e baixos, mas, apesar de tudo, eu queria ser o Steady Eddie. Eu queria ser o cara para o qual os outros caras olhavam para ver como se fazia. Eu aprendi esse atributo com os veteranos com quem joguei”, observou. “Meu maior arrependimento é tão ter trazido o Troféu Vince Lombardi para Nova York, mas, ao me aposentar, continuarei meus esforços para trazer o Troféu para casa em uma função diferente. Não tenho ideia de qual será essa função, mas tenho certeza de que vou descobrir no futuro”, prosseguiu.

Nick Mangold foi selecionado pelos Jets na primeira rodada do draft de 2006, com a 29ª escolha geral. O offensive lineman foi um titular imediato na NFL e teve uma carreira brilhante, sendo sete vezes selecionado para o Pro Bowl e duas vezes sendo nomeado para o primeiro time All-Pro.

Mangold atuou em 164 jogos de temporadas regulares em sua trajetória na liga, perdendo apenas 12, sendo oito em sua última temporada na NFL. Ele sofreu uma lesão grave no pé e no tornozelo em 2016 e acabou sendo colocado na injured reserve pelos Jets.

Como parte de uma grande reformulação do elenco, Mangold foi dispensado pelos Jets na offseason passada.

Na ocasião, o center disse que foi pego de surpresa pela decisão e, pouco mais tarde, ele revelou pelas redes sociais que estava no Disney World quando recebeu a ligação da franquia de Nova York para ser informado da dispensa.

Em entrevistas posteriores, Mangold admitiu que o baque durou um ano. O único time que demonstrou interesse em contratá-lo após a dispensa foi o Baltimore Ravens, mas ele decidiu recusar a oportunidade, alegando que sua lesão ainda não estava completamente curada.

Em uma entrevista durante a semana do Super Bowl LII, neste ano, Mangold deixou em aberto a possibilidade de se aposentar.

Agora, ele conclui uma trajetória memorável na maior liga esportiva dos Estados Unidos.

“Eu me lembro da noite anterior ao meu primeiro treino no pee-wee (infantil) como se tivesse acontecido ontem. O desconhecido, a empolgação, e a pequena dose de energia nervosa que fica em sua barriga estavam todos presentes naquela noite. Esses mesmos sentimentos permaneceriam comigo a cada outono pelos próximos 23 anos. O que eu não sabia lá em 1993 é o quanto o futebol americano acabaria significando para mim e como ele moldaria minha vida”, finalizou Nick Mangold, no comunicado de aposentadoria divulgado nesta terça.

Comments
To Top