NFL

NFL vai exigir de Jerry Jones um reembolso de milhões de dólares

Roger Goodell, comissário da NFL, e Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

A National Football League vai exigir um reembolso de custos de mais de US$ 2 milhões de Jerry Jones, como resultado da contenda pública do proprietário do Dallas Cowboys com a liga no ano passado. A informação é dos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Dan Graziano, da ‘ESPN’ norte-americana.

A informação foi trazida à tona na noite desta segunda-feira (26) por uma reportagem do jornal ‘The New York Times’, que descreveu o reembolso erroneamente como uma multa.

Os proprietários de franquias estão mencionando uma regra que está nos livros há mais de duas décadas e essa regra determina que, se um proprietário participar de ações judiciais contra outros proprietários, ele deve reembolsá-los pelas taxas legais.

Jones entrou em um confronto com o comissário Roger Goodell e a liga acerca de várias questões em 2017. O dono dos Cowboys foi um defensor de adiar uma extensão de contrato para o comissário e propôs no dia 1º de dezembro implementar uma moratória de seis meses para finalizar o acordo.

O executivo também ameaçou processar a liga se o comitê de compensação aprovasse a extensão de Goodell e criticou publicamente a suspensão de seis jogos imposta ao running back Ezekiel Elliott, astro dos Cowboys.

A NFL vai exigir que Jones pague todas as taxas que o comitê de competição teve enquanto se defendia legalmente das ameaças do dono dos Cowboys de processar a liga em relação à extensão de contrato do comissário Roger Goodell e que também compense a liga por todas as despesas legais para se defender durante o processo de defesa na suspensão de Elliott.

O ‘New York Times’ noticiou nesta segunda que o valor deve ser cobrado nas próximas semanas e que Goodell vai justificar sua aplicação pelas condutas prejudiciais à liga por parte de Jones.

A ação de reembolso foi gerada pelos proprietários da liga, não por Goodell, e foi aprovada pelo comitê de finanças da NFL, segundo Graziano.

Em meio a essas brigas, Goodell assinou uma extensão de contrato no começo do último mês de dezembro e Elliott acabou cumprindo a suspensão de seis partidas após um longo processo de apelação que se arrastou durante grande parte da temporada 2017.

O Dallas Cowboys não comentou sobre o reembolso ao ser contatado pelo ‘NFL.com’ e pela ‘ESPN’ nesta segunda.

Comments
To Top