NFL

NFL explica por que James Harrison não pode filmar exame; veja manchetes

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– NFL esclarece por que James Harrison não pode gravar teste de drogas obrigatório: desconfiado do processo feito pela NFL para testar seus jogadores, o linebacker do Pittsburgh Steelers acabou tentando filmar o exame. A liga, entretanto, não aprovou a ação de Harrison e contou o porquê. “Um jogador não pode gravar um teste de drogas”, disse o porta-voz Brian McCarthy para o ‘PFT’. “a liga e a NFLPA reconhecem que o conjunto de protocolos são feitos para assegurar a precisão e identificação dos espécimes testados”, acrescentou.

– Ron Rivera, técnico do Carolina Panthers, acredita que Cam Newton ainda tem muito o que melhorar: apesar de ter levado o prêmio de MPV da temporada de 2015, o quarterback ainda não chegou ao máximo de seu potencial, segundo o head coach. “Ele tem um espaço terrivelmente grande para crescer”, disse Rivera sobre Newton em entrevista à rádio ‘ESPN 730 AM’. “Ele realmente pode transcender nesse jogo de várias formas diferentes, por causa da forma como o esporte é jogado hoje em dia”.

– Darrelle Revis dispensa agentes Neil Schwartz e Jonathan Feinsod: o cornerback do New York Jets, que pode encerrar a carreira como um dos jogadores mais bem pagos da liga (sem contar quarterbacks),  se desvinculou de Neil Schwartz e Jonathan Feinsod, seus agentes de longa data. “Nós desejamos para ele toda a sorte do mundo”, disse Schwartz nesta quinta-feira.

– Mark Sanchez espera conseguir participar das OTAs do Denver Broncos: no último final de semana, o quarterback passou por uma cirurgia no dedão e, apesar da recuperação estar prevista para até depois do começo das OTAs dos Broncos, Sanchez não tem pressa. Para o ‘The Denver Post’, o quarterback disse que gostaria de retomar suas atividades na próxima terça-feira (24).

– Kicker do Green Bay Packers revela ânimo do time em relação ao peso de Eddie Lacy: após ter impressionado com um excesso de peso durante a temporada de 2015, o running back malhou nesta offseason e, agora, está chamando atenção pelo oposto. “Ele está ótimo. Ele está matando nas corridas e treinando bastante”, comentou o kicker Mason Crosby.

– NFL irá retornar US$ 723 mil para tributos militares patrocinados: após ser criticada por patriotismo pago, Roger Goodell anunciou que a liga decidiu que irá reembolsar o dinheiro pago aos times para fazerem homenagens aos militares. Segundo o comissário da NFL, o valor será encaminhado para o governo americano.

– Para Jake Plummer, Paxton Lynch precisa de tempo para se desenvolver no Denver Broncos: quarterback recentemente draftado pelo time, o novato ainda não caiu nas graças de Plummer, signal caller que jogou no time de 2003 a 2006. “Espero que as pessoas sejam pacientes, não só pelo desenvolvimento dele, mas também para não forçá-lo cedo demais”, comentou o ex-quarterback.

– Detroit Lions está considerando contratar primeira equipe de líderes de torcida: um de seis times da NFL que nunca tiveram líderes de torcida, os Lions estão pensando seriamente em mudar essa situação. De acordo com Rod Wood, presidente da franquia, o time irá “fazer isso para já”. “Nós queremos fazer isso em termos de estilo”, acrescentou Wood.

– Kirk Cousins está feliz com os jogadores no ataque do Washington Redskins: rumo à temporada de 2016, o quarterback da franquia está animado com os novos talentos no time. “Quando você tem talento à sua volta, alguns quarterbacks medianos podem parecer muito bons, e vice-versa. Quando você é um quarterback muito, muito talentoso, se você não tem muitos caras para te ajudar, vai ser difícil olhar a parte. Felizmente, eu sou um desses caras que tem muito à minha disposição. Eu posso começar a citar nomes, seguir na lista, vamos ficar aqui por um tempo e eu, provavelmente, vou (acabar) deixando alguém de fora”, disse Cousins para o site oficial do time.

– Pai de cinco filhos com quatro mulheres diferentes, Janoris Jenkins é um homem feliz: cornerback do New York Giants, Jenkins revelou para o ‘New York Post’ que dá conta do recado na criação e muito bem. “Não é muito. São só cinco crianças. Demais é algo com o que eu não posso lidar e consigo lidar com cinco crianças”, disse o jogador.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top