NFL

NFL descarta investigação contra Michael Bennett; grupo de policiais de Las Vegas manda carta

Michael Bennett, defensive end do Seattle Seahawks

(Crédito: Instagram/reprodução)

Um grupo de policiais de Las Vegas enviou uma carta para o comissário da NFL, Roger Goodell, pedindo para que a liga investigasse o caso de Michael Bennett, defensive end do Seattle Seahawks, que acusou a polícia de Las Vegas de abuso de sua força e ter excedido no tratamento por causa da cor de sua pele.

Bennett afirmou que os policiais o renderam por “não ter feito nada além de simplesmente ser um homem negro no lugar errado na hora errada”.

Na carta para Goodell, o porta-voz da Associação Protetora da Polícia de Las Vegas, Steve Grammas afirmou que “apesar da NFL apoiar o desrespeito de Bennett pela bandeira americana (o jogador foi um dos que protestaram no momento do hino) e tudo que simboliza, nós esperamos que a liga não ignore as acusações falsas contra os nossos oficiais de polícia.”

Porém, na visão da NFL, Bennett não violou nenhuma questão de comportamento prevista na política que a liga impõe. “E assim, não há base para uma investigação da NFL”, disse Brian McCarthy, porta-voz da liga.

Assim, a questão Michael Bennett e Polícia de Las Vegas ficará entre as duas partes, sem a liga fazendo sua investigação para saber se uma punição ao jogador será necessária.

Comments
To Top