NFL

New York Jets demite o coordenador ofensivo John Morton

John Morton, coordenador ofensivo da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New York Jets resolveu fazer uma mudança mais significativa em sua comissão técnica e demitiu o coordenador ofensivo John Morton nesta quarta-feira (17).

A notícia foi dada em primeira mão pelo jornal ‘New York Daily News’ e confirmada pelo jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Morton trabalhou na franquia nova-iorquina por apenas uma temporada e comandou o ataque que terminou 2017 como o quinto pior da liga de maneira geral, com média de apenas 305,3 jardas por jogo, e o nono pior da NFL em pontos, com 18,6 produzidos por partida.

Porém, vale frisar, foi trabalhando com Morton que o quarterback veterano Josh McCown teve o melhor ano de sua carreira profissional na National Football League, completando 67,3% de seus passes para 2.926 jardas, 18 touchdowns e nove interceptações em 13 jogos como titular dos Jets.

Segundo Rapoport, os Jets esperavam que Morton fosse ser atraído por outro time da NFL. O jornalista da ‘NFL Network’ ainda acrescenta que Jeremy Bates, treinador de quarterbacks dos Jets, é um possível candidato para a vaga de coordenador ofensivo.

Todd Haley, que foi liberado pelo Pittsburgh Steelers nesta quarta, também aparece como um dos possíveis candidatos ao cargo nos Jets, segundo a ‘ESPN’ norte-americana.

O futuro novo coordenador ofensivo será o sexto do New York Jets nos últimos oito anos, o que diz muito sobre o estado da franquia nos últimos anos.

Comments
To Top