NFL

New York Jets declina opção e Ryan Clady se torna um agente livre

New York Jets offensive tackle Ryan Clady

(Crédito: New York Jets/divulgação)

O New York Jets iniciou suas reformas de offseason e resolveu não exercer a opção de 2017 no contrato do left tackle Ryan Clady, o que significa que o atleta de linha defensiva será um agente livre. A informação foi confirmada pela ‘ESPN’ norte-americana na noite desta quarta-feira (15).

Segundo o jornalista Adam Schefter, a franquia nova-iorquina informou ao agente de Clady nesta quarta que não vai pagar o bônus de elenco no valor de US$ 1 milhão e, desta maneira, o jogador ficará livre no mercado.

Ryan Clady, que foi adquirido no ano passado em troca com o Denver Broncos, iria faturar um salário-base não garantido de US$ 10 milhões neste ano, último do contrato que ele assinou em abril de 2016 para facilitar a troca.

Com o corte de Clady, os Jets liberam US$ 10 milhões de espaço no teto salarial, o que deve deixar a franquia abaixo do limite de salary cap. Antes do corte, a projeção era de que a equipe de Nova York estava US$ 7 milhões acima do teto previsto para a temporada 2017.

A dispensa do camisa 78 deve ser a primeira de muitas na offseason da equipe. Outros nomes famosos como o cornerback Darrelle Revis, o center Nick Mangold e o wide receiver Brandon Marshall podem ir para a rua em breve.

Atualmente com 30 anos de idade, Clady perdeu os últimos sete jogos da temporada 2016 depois de sofrer uma ruptura no manguito rotador e, atualmente, ele está se recuperando de cirurgia. Há a chance de os Jets trazerem Clady de volta daqui a algumas semanas por um salário mais baixo.

Clady rompeu o manguito rotador na semana 3, segundo o New York Jets, e jogou com a lesão por um mês, mas o problema se tornou insuportável e o atleta foi colocado na injured reserve após o nono jogo.

Com a saída de Ryan Clady, os Jets agora precisam resolver a posição de left tackle, já que Ben Ijalana, que substituiu o companheiro na função, também deve ser tornar um agente livre e não há outro nome bom para a posição à disposição no elenco atualmente.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2008 (12ª escolha geral) pelo Denver Broncos, Ryan Clady foi a quatro Pro Bowls e foi duas vezes selecionado para times All-Pro durante suas sete temporadas na franquia do Colorado. Por causa de lesões no pé e no joelho, ele atuou em apenas 18 jogos entre 2013 e 2015.

Comments
To Top