NFL

New Orleans Saints dispensa o tight end Coby Fleener; veja mais transações

Coby Fleener, tight end da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New Orleans Saints dispensou o tight end Coby Fleener nesta segunda-feira (7), após apenas dois anos cumpridos de um contrato de cinco anos, com valor de US$ 36 milhões, que o jogador assinou com o time em 2016.

A saída de Fleener da franquia da Louisiana não é uma surpresa, visto que ele fez apenas 22 recepções para 295 jardas e dois touchdowns em 11 jogos disputados na temporada passada antes de terminar o ano na injured reserve devido a uma concussão.

Os Saints trouxeram o velho conhecido Benjamin Watson na free agency deste ano. Vale lembrar que Watson foi substituído por Fleener em 2016.

Ainda não se sabe por que os Saints esperaram até o dia 7 de maio para cortar Fleener, mas é possível que a organização estivesse esperando alguma espécie de liberação médica para poder cortar o atleta de 29 anos de idade.

O TE foi dispensado nesta segunda com uma designação de teste físico falho.

O time de Nova Orleans designou Fleener como um corte pós-1º de junho, uma decisão que permitirá que a franquia libere cerca de US$ 2,5 milhões no salary cap deste ano, com outros US$ 3,2 milhões sendo carregados como ‘dinheiro morto’ no salary cap de 2019.

Fleener pareceu uma boa contratação para os Saints há dois anos, já que ele chegou para ser um tight end com principal função de receber passes, peça que é muito importante no ataque liderado pelo quarterback Drew Brees. Mas Coby nunca foi o jogador que os Saints esperavam que ele fosse.

Em 2016, durante sua primeira temporada na equipe, Fleener fez 50 reccepções para 631 jardas e três touchdowns, mas seu papel no ataque foi reduzido de forma brutal no ano passado.

Uma das prioridades para os Saints nesta offseason era reforçar o corpo de TEs. O time chegou a correr atrás do retorno de Jimmy Graham, que saiu do Seattle Seahawks, mas decidiu que o preço era alto demais e Graham acabou fechando com o Green Bay Packers. Assim, o jeito foi trazer Watson.

New Orleans ainda conta com os veteranos Josh Hill e Michael Hoomanawanui para a posição de tight end e reforçar o setor deve ser uma prioridade ainda maior no ano que vem para os Saints.

Selecionado pelo Indianapolis Colts na segunda rodada do draft de 2012, com a 34ª escolha geral, Coby Fleener passou as primeiras quatro temporadas de sua carreira profissional na franquia de Indiana.

Em seis anos na NFL até agora, o tight end originário da Universidade de Stanford soma 255 recepções para 3.080 jardas e 22 touchdowns.

Em entrevista ao ‘NOLA.com’ no ano passado, Fleener disse que tinha sofrido quatro concussões relacionadas ao futebol americano em sua vida antes da concussão sofrida na temporada 2017.

O tight end tem se envolvido em pesquisa de concussão e esforços para maior segurança dos jogadores de futebol americano. Assim, é válido questionar se ele não pode anunciar sua aposentadoria em breve devido às sucessivas concussões que sofreu.

Confira mais transações na NFL nesta segunda (7):

– O San Francisco 49ers anunciou que dispensou o guard veterano Zane Beadles.

– O tight end Randall Telfer, ex-Cleveland Browns, foi adquirido pelo Indianapolis Colts, como anunciou o time. Telfer foi dispensado na semana passada, depois que uma troca com o Kansas City Chiefs acabou dando errado.

– O Cleveland Browns adquiriu o punter Justin Vogel, como noticiou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, junto a uma fonte.

– O Philadelphia Eagles contratou o quarterback Joe Callahan, ex-Green Bay Packers, fechando um contrato de dois anos com o signal caller.

– O Carolina Panthers anunciou a contratação do running back C.J. Anderson, ex-Denver Broncos.

Comments
To Top